Movimento, atividade e exercício físico

Flavio Medeiros Pereira

Resumo


No setor cultural onde se insere a Educação Física, percebe-se o uso teórico - de modo particularizado - de conceitos gerais, como movimento, atividade e exercício. O propósito do presente é contribuir com a discussão sobre o tema, objetivando epistemologicamente elaborar uma distinção e determinação conceituai de movimento, atividade física e exercício físico. O movimento é concebido como uma categoria fundamental do materialismo dialético, que compreende todos os processos que ocorrem no universo. Sem movimento não há vida. Sob a perspectiva especificamente humana, o movimento toma a forma de atividade física. No todo corporal humano, a atividade é a forma de existência do homem, sua relação com o mundo, variando de acordo com a posição do homem na sociedade, em última instância com o modo de

produção da vida material, dentre um somatório de outros fatores. As atividades físicas humanas, especificamente voltadas para a educação corporal com preocupações com o pedagógico, o belo, e a eficiência motriz dentre outras, se diferenciam e tomam forma e conteúdo particulares, transformando-se em exercícios físicos. O exercício físico é concebido como objetivação pedagógica, variação quantitativa- qualitativa dos movimentos humanos, forma desenvolvida da atividade física. Dentre outros pontos, os exercícios físicos incorrem em: objetivações, subjetividades, contradições, realizações motrizes de caráter técnico-econômico, processos, repetições, totalidade e educação social humana.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/231654648425



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.