A CONCEPÇÃO DE CORPO DOS ACADÊMICOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA/ RS.*

Jeferson Lúcio Berguemaier SILVA

Resumo


Esta pesquisa teve por finalidade fazer uma análise da concepção de corpo / por parte dos acadêmicos do Curso de Educação Física da UFSM. Caracterizando-se como sendo uma pesquisa descritiva, utilizou-se como método a análise de conteúdo, preconizado por Bardin (1977), e tendo como técnica a análise categorial e análise de asserção avaliaüva de Saporta, Osgood e Nunnally, apud Barbosa (1996). A metodologia considerou o pressuposto de que a concepção se forma apartir da visão que temos de nosso próprio corpo. Para tanto utilizou-se um questionário proposto por Simões (1994), contendo duas perguntas: O que é corpo para você? e O que é Educação Física para você? Foi considerada como população todos acadêmicos do Curso de Educação Física da UFSM, no ano de 1997, e tendo como amostra 123 respostas, sendo estas analisadas em 4 categorias em dois grupos distintos. Grupo 1- Corpo numa perspectiva dual, 1.1- Corpo máquina/objeto, 1.2 Corpo instrumento expressão da alma. Grupo2-Corpo numa perspectiva unitária, Grupo 2.1- Corpo unidade, Grupo 2.2- Corpo sensível inteligente. As categorias identificadas através das falas não são excludentes entre si encontrando-se respostas em duas ou mais categorias. Na categoria 1.1 esta obteve 66 discursos, a categoria 1.2 obteve 7lfalas sendo a maioria acadêmicos do Io, 2o e 3o semestres, no grupo 2 a categoria 2.1 ficou com 42 discursos, sendo a grande maioria do 4o, 7o e 8o semestres, já a categoria 2.2 obteve 38 discursos sendo a maioria do 7o e 8o semestres. A grande convergência de respostas para o grupo 1 já era de se esperar pois este grupo é hegemônico em nossa cultura estando arraigado em nossa tradição, mas pode-se notar que um arcabouço coerente e intelegível de idéias já se fazem representar pela linguagem como notamos no grupo 2. Concluiu-se através dos discursos, que apesar de todas as influências das ciências Newton Cartesianas e das dificuldades entre teoria /prática, nota- se, principalmente nos dois últimos semestres do curso um discurso unitário e totalizante vindo a contribuir para a formação destes futuros profissionais e sem duvida para quando estes forem trabalhar na pratica junto a vários tipos de corpos.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/231654648181

Direitos autorais



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.