ANÁLISE DESCRITIVA DA COMPOSIÇÃO CORPORAL DE POLICIAIS DA BRIGADA MILITAR DA CIDADE DE PELOTAS (RS)

Paulo Antônio PAIVA

Resumo


O objetivo da pesquisa foi o de analisar, através da espessura do tecido subcutâneo, a composição corporal de Policiais da Brigada Militar, de ambos os sexos, da faixa etária de 20 a 50 anos. A amostra foi obtida no 4o Batalhão de Policia Militar de Pelotas (RS), onde 262 policiais eram do sexo masculino e 28 do sexo feminino, totalizando 290 policiais, distribuídos em 6 faixas etárias com intervalo de 5 anos. Coletou-se dados referentes a peso corporal (PC), estatura (E), espessura do tecido subcutâneo e diâmetros ósseo, com a finalidade de determinar o percentual de gordura corporal (%G), peso de gordura corporal (PG), peso de gordura corporal (PG), peso ósseo (PO), peso residual (PR) e muscular (PM). Utilizou-se a estatística descritiva e o teste “t” Student para amostras independentes para comparar as médias coletadas nas variáveis estudadas. Com os resultados obtidos, pode-se salientar que os policiais do sexo masculino apresentaram valores médios de E, PC, PO e PM superiores aos do sexo feminino, ocorrendo o inverso nas variáveis %G, PG e PR, em todas as faixas etárias estudadas. Comparando-se os sexos, verificou-se que ocorreram diferenças estatisticamente significativas, ao nível de 5%, nas faixas etárias de 20 a 24 anos, nas variáveis E, %G e PM; na de 25 a 29 anos, em todas com exceção do PR; na de 30 a 34 anos, no %G, PG, PO e PM; e na de 45 a 49 anos, na E, %G, PO e PM.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/231654648127

Direitos autorais



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.