ALTERAÇÕES BIOQUÍMICAS PROVOCADAS POR CONTRACEPTIVOS HORMONAIS DURANTE A ATIVIDADE FÍSICA AQUÁTICA MODERADA EM RATAS

Marilú Gonçalves MACHADO

Resumo


Este trabalho objetivou analisar alterações bioquímicas provocadas por contraceptivos hormonais em ratas da raça Wistar, durante atividade física aquática moderada. Vinte e três ratas (60 dias de idade e peso de 212,17 ± 28,03 gramas no início do experimento) foram utilizadas, divididas em 4 grupos, sendo 2 experimentais e 2 controle. Os grupos experimentais foram treinados em exercício aquático moderado durante 9 semanas e receberam contraceptivo hormonal ou placebo aquoso através de sonda orogástrica. Os grupos controle, receberam as mesmas soluções contendo contraceptivo hormonal ou placebo através de sonda orogástrica, mas permaneceram sedentárias até o momento do sacrifício. As concentrações de lactato foram maiores nos grupos de ratas sedentárias (p<0,03), independente de utilizarem medicamento ou placebo. As concentrações de glicogênio hepático estiveram em níveis maiores no grupo de ratas experimentais (p<0,000001) e, dentro deste grupo, as ratas que receberam contraceptivo hormonal apresentaram maiores concentrações (p<0,001) quando comparadas com o grupo experimental que recebeu placebo. Nas variáveis glicose (p<0,148), ácidos graxos livres (p<0,686) e glicogênio muscular (p<0,872), não foram encontradas diferenças significativas entre os grupos. Concluiu- se que os contraceptivos hormonais, usados durante atividade física, podem beneficiar a performance, no que se refere as concentrações de glicogênio hepático.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/231654648122

Direitos autorais



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.