Estudos da aptidão motora de atletas de equipes escolares e alunos de Educação Física regular das escolas de Santa Maria-RS

Anderson Daronco

Resumo


Este estudo teve como objetivo verificar se existem diferenças entre os níveis de aptidão motora de atletas de equipe escolar (Handebol e Futsal) e alunos participantes da Educação Física regular. A amostra do estudo foi constituída de 92 alunos do sexo masculino (sendo 30 atletas de equipes escolares de Futsal e 32 alunos participantes das aulas de Educação Física regular), com idade entre 12 e 14 anos, de escolas de ensino fundamental de Santa Maria-RS. Foi utilizada, como instrumento de coleta de dados, uma bateria de testes físicos (Sentar-e-Alcançar, Vai-e-Vem, Impulsão horizontal, Flexão de braços-apoio, Impulsão vertical, Abdominal modificado, 30 metros e 1609 metros). para análise estatística descritiva, Analise de Variância ANOVA ONE WAY e um teste de comparação múltipas de Tukey. Através deste estudo, concluiu-se que os atletas de equipes de handebol encontram-se em nível superiores de aptidão motora quando comparados com alunos de Educação Física regular, possivelmente, devido a ênfase em treinamento das variáveis mensuravas e/ou a qualidade das aulas de Educação Física regular.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/231654647010



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.