LIVROS INFANTIS, GÊNERO E PRÁTICAS CORPORAIS: UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA EM EDUCAÇÃO FÍSICA A PARTIR DO LIVRO LEILA MENINA

Mariana Zuaneti Martins, Tuffy Felipe Brant

Resumo


Este artigo tem por objetivo apresentar uma proposta pedagógica de possibilidades entre a literatura infantil e as práticas corporais, em especial atividades expressivas e rítmicas, para a tematização do gênero. Para isso, usamos o livro Leila Menina, de Ruth Rocha, e construímos a proposta para os primeiros ciclos do ensino fundamental. Consideramos a literatura infantil como artefatos produtores de significados, sentidos e experiências na educação, a partir de diferentes dimensões. Elas possibilitam um trabalho educativo com o livro a partir de perspectivas éticas e estéticas, gerando experiências e saberes que podem problematizar e romper as fronteiras e estereótipos de gênero.


Palavras-chave


Gênero. Ensino fundamental. Práticas corporais. Atividades expressivas e rítmicas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2316546422232



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.