AS POLÍTICAS PÚBLICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES: UM ESTUDO DE REVISÃO DO BANCO DE TESES DA CAPES

Leandro Oliveira Rocha, Vicente Molina Neto, Fabiano Bossole, Elisandro Schultz Wittizorecki

Resumo


Este estudo de revisão discute as políticas públicas de formação deprofessores a partir dos estudos depositados no Banco de Teses da CAPESaté setembro de 2012. Visa identificar como essas pesquisas contribuem paraentender a relação entre as políticas públicas de formação de professores e aprática docente. Por meio da análise, foram identificadas as influências daperspectiva neoliberal e dos organizações internacionais sobre as políticas deformação no Brasil e a necessidade de desenvolver pesquisas sobre ocotidiano escolar, uma vez que, o resultado desta relação promoveria umasérie de implicações nos processos formativos. Ao final, argumentamos à favorda etnografia e dos estudos autorreferentes, juntamente com uma potenteanálise de documentos, como procedimentos metodológicos que condicionama análise crítica, possibilitam compreender melhor o cotidiano das escolas epermitem problematizar as práticas pedagógicas e as propostas políticas.

Palavras-chave


Políticas Públicas de Formação de Professores; Formação em Educação Física; Prática pedagógica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2316546417526



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.