Desenvolvimento de dispositivo assistivo para higiene oral baseado em metodologia de projeto participativo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/1984686X64660

Palavras-chave:

Tecnologia Assistiva, Pessoas com Deficiência, Projeto focado em customização.

Resumo

A Tecnologia Assistiva apresenta impacto positivo no desempenho ocupacional de pessoas com deficiência, incluindo crianças e adolescentes com paralisia cerebral, com evidências de melhora na independência e inclusão social, em contextos de educação, trabalho, lazer e domicílio. Muitos desafios acompanham o desenvolvimento e a implementação de produtos assistivos, sendo que o envolvimento do usuário final é importante para minimizar o abandono e melhorar a usabilidade e funcionalidade. Este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de um dispositivo assistivo para higiene oral e teste dos protótipos funcionais resultantes junto ao usuário final, a fim de avaliar sua satisfação e propor melhorias a partir de sua opinião. Foi adotada uma metodologia de projeto participativo, denominada Projet8-TA, que apresenta três macroetapas, nas quais há um conjunto de tarefas apoiadas por técnicas de projeto. Para sua aplicação houve parceria entre profissionais da engenharia e da área da saúde e foi selecionada uma adolescente com alterações neuromotoras decorrentes de paralisia cerebral, que participou ativamente do desenvolvimento e teste dos protótipos. A satisfação da participante foi avaliada através da versão brasileira do instrumento padronizado Quebec User Evaluation of Satisfacion with Assistive Tecnology (B-QUEST – 2.0). Os resultados demonstraram potencialidade da metodologia utilizada em relação a: tempo de projeto reduzido, maior interação entre equipe e usuário e maior assertividade na solução técnica do dispositivo assistivo. Além disso, a participação do usuário final foi fundamental para o andamento do projeto e para o desenvolvimento da versão final do dispositivo assistivo.

Biografia do Autor

Luciana Bolzan Agnelli Martinez, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP

Professora doutora da Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP, Brasil.

Maraísa Alves dos Santos, Universidade de São Paulo, São Carlos, SP

Graduada pela Universidade de São Paulo, São Carlos, SP, Brasil.

Zilda de Castro Silveira, Universidade de São Paulo, São Carlos, SP

Professora doutora da Universidade de São Paulo, São Carlos, SP, Brasil.

Referências

ALTSHULLER, Genrich Saulovich. Innovation Algorithm: TRIZ, systematic innovation and technical creativity. 2. ed. Translated and edited by Lev Shulyak and Steven Rodman. Worcester: Technical Innovation Center, 2007.

ALVES, Ana Cristina de Jesus; MATSUKURA, Thelma Simões. Percepção de alunos com paralisia cerebral sobre o uso de recursos de tecnologia assistiva na escola regular. Revista Brasileira de Educação Especial, Bauru, v.17(2), p.287-304, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-65382011000200008. Acesso em: 29 nov 2000.

ALVES, Ana Cristina de Jesus; MATSUKURA, Thelma Simões. O uso de recursos de tecnologia assistiva por crianças com deficiência física na escola regular: a percepção dos professores. Cadernos de Terapia Ocupacional da UFSCar, São Carlos, v.20, n.3, p.381-392, 2012. Disponível em: http://dx.doi.org/10.4322/cto.2012.038. Acesso em: 29 nov 2000.

BARBOSA, Ismael Motta. Equipamentos de autoajuda: projeto e validação de um protótipo funcional para sustentação e movimentação de membros superiores. 2016. 191 p. Dissertação (Mestrado) – Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos.

BERSH, Rita. Introdução à tecnologia assistiva. Porto Alegre, 2017, 20p. Disponível em: https://www.assistiva.com.br/Introducao_Tecnologia_Assistiva.pdf. Acesso em: 27 nov. 2020.

BOISSELLE, Angela K.; GRAJO, Lenin C. They Said: A Global Perspective on Access to Assistive Technology. The Open Journal of Occupational Therapy, v.6(3), Article 2, July 2018. Disponível em: https://doi.org/10.15453/2168-6408.1541. Acesso em: 27 nov. 2020.

BRACCIALLI, Lígia Maria Presumido. et al. Influência do assento da cadeira adaptada na execução de uma tarefa de manuseio. Revista Brasileira de Educação Especial [online]. v.14, n.1, p.141-154, 2008. Disponível em: ttp://dx.doi.org/10.1590/S1413-65382008000100011. Acesso em: 29 nov. 2020.

CARVALHO, Karla Emanuelle Cotias; GOIS JÚNIOR, Miburge Bolívar; SÁ, Katia Nunes. Tradução e validação do Quebec user evaluation of satisfaction with assistive technology (QUEST 2.0) para o idioma português do Brasil. Revista Brasileira de Reumatologia, v. 54, n. 4, p. 260-267, Aug 2014. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.rbr.2014.04.003. Acesso em: 29 nov. 2020.

CAVALCANTI, Alessandra. et al. Adaptive eating device: performance and satisfaction of a person with Parkinson's Disease. Canadian Journal of Occupational Therapy, v.87(3), p. 211-220, May 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1177/0008417420925995. Acesso em: 29 nov. 2020.

CHAVARRIAGA, Ricardo; HURTADO, Maria N.; AGUILAR-ZAMBRANO, J. Multidisciplinary design of suitable assistive technologies for motor disabilities in Colombia. In: IEEE GLOBAL HUMANITARIAN TECHNOLOGY CONFERENCE (GHTC 2014), San Jose, CA, p. 386-391, 2014. Disponível em: https://infoscience.epfl.ch/record/200117. Acesso em: 05 dez. 2020.

CHENG, Lin Chi; MELO FILHO, Leonel Del Rey. QFD - Planejamento da Qualidade. Editora Edgard Blücher. 568p., 2007.

CLAUSING, Don. Total quality development: a step-by-step guide to world-class concurrent engineering. New York: ASME Press, 1994. 506 p.

COOK, Albert M.; POLGAR, Janice Miller. Assistive Technologies: Principles and Practice. 3.ed. Maryland Heights: Mosby, 2008. 592 p.

COWAN, Donna. M.; KHAN, Yasmin. Assistive technology for children with complex disabilities. Current Paediatrics, v.15, n.3, p.207-212, jun 2005. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.cupe.2005.02.003. Acesso em: 01 dez. 2020.

DE COUVREUR, Lieven; GOOSSENS, Richard. Design for (every) one: co-creation as a bridge between universal design and rehabilitation engineering. CoDesign, v.7, n.2, p.107-121, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.1080/15710882.2011.609890. Acesso em: 01 dez. 2020.

DEMERS, Louise; WEISS-LAMBROU, Rhoda; SKA, B. The Quebec User Evaluation of Satisfaction with Assistive Technology (QUEST 2.0): an overview and recent progress. Technology and Disability, v.14, n.3, p.101-105, 2002.

DIETRICH, Ursula. Toothbrush with curved handle, United States Patent. 4109339, 1977, 5p. Disponível em: https://patents.google.com/patent/US4351080A/en. Acesso em: 01 dez. 2020.

GELÁNYI, László. Active hand orthosis, WO 2018/138537 A1, 2018, 30p. Disponível em: https://patentscope.wipo.int/search/en/detail.jsf?docId=WO2018138537. Acesso em: 25 nov. 2020.

GHERARDINI, Francesco. et al. A co-design method for the additive manufacturing of customized assistive devices for hand pathologies. Journal of Integrated Design and Process Science, v.22, n.1, p. 21-37, 2018. Disponível em: http://doi: 10.3233/jid-2018-0002. Acesso em: 03 dez. 2020.

GRAY, David B.; COOK, Albert M. Assistive technology. Encycloaedia Britannica, May 2017. Disponível em https://www.britannica.com/science/assistive-technology. Acesso em 05 dez. 2020.

HIRATUKA, Erika; MATSUKYRA, Thelma; PFEIFER, Luzia Iara. Adaptação transcultural para o Brasil do sistema de classificação da função motora grossa (GMFCS). Revista Brasileira de Fisioterapia, São Carlos, v.14, n.6, p.537-44, nov./dez. 2010. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-35552010000600013. Acesso em: 01 dez. 2020.

HU, Jack S. Evolving paradigms of manufacturing: from mass production to mass customization and personalization. Procedia CIRP, v.7, p.3-8, 2013.

ITS Brasil – Instituto de Tecnologia Social. Tecnologia Assistiva nas Escolas – Recursos básicos de acessibilidade sócio-digital para pessoas com deficiência. Ministério da Ciência e Tecnologia, Brasil, 2008. Disponível em: https://docs.wixstatic.com/ugd/85fd89_1484aef95a4544debaa6cdb8343b678b.pdf . Acesso em: 25 nov. 2020.

KANEKO, Paula M. Desenvolvimento de solução construtiva e mock-up de uma órtese infantil de mão e punho para auxílio em atividades diárias. 89 p. Qualificação (Mestrado em Engenharia Mecânica) – Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2018.

KARLSSON, Petra; JOHNSTON, Christine; BARKER, Katrina. Achieving classroom goals using assistive technology: perspectives from students with cerebral palsy and their parentes. Developmental Medicine & Child Neurology, v.58, p.94-95, September 2016. Disponível em: https://doi.org/10.1111/dmcn.22_13225. Acesso em: 01 dez. 2020.

LAYTON, Natasha. et al. Opening the GATE: systems thinking from the global assistive technology aliance. Disability and Rehabilitation: Assistive Technology, v.15(5), p. 484-490, Apr 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1080/17483107.2020.1738565. Acesso em: 25 nov. 2020.

LINO, Thaís Breternitz. et al. Efeitos do Uso de Recursos de Tecnologia Assistiva para Promover Independência em Atividades de Vida Diária para uma Criança com Paralisia Cerebral. Revista Brasileira de Educação Especial, Bauru, v.26, n.1, p.35-50, Jan.-Mar., 2020.

LOUREIRO, Isabela Morcelli. Projeto e desenvolvimento do protótipo funcional de um prato de alimentação adaptado para pessoas com distúrbios neuromotores e tremor essencial. 2019. 102 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Engenharia de Materiais e Manufatura), Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos.

MAIA, Fernanda do Nascimento; FREITAS, Sidney Fernandes. Proposta de um fluxograma para o processo de desenvolvimento de produtos de Tecnologia Assistiva. Cadernos de Terapia Ocupacional da UFSCar, v.22, n.3, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.4322/cto.2014.078 Acesso em: 30 nov 2020.

MANZINI, Mariana Gurian; ASSIS, Carolina Penteado; MARTINEZ, Claudia Maria Simões. Contribuições da Terapia Ocupacional na área da comunicação suplementar e/ou alternativa. Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional da UFSCar, São Carlos, v.21, n.1, p.59-73, 2013.

MARTINEZ, Barbara dos Santos. Projeto e avaliação de satisfação de um dispositivo assistivo universal, para auxiliar atividades terapêuticas com pintura. 2020. 142 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Engenharia de Materiais e Manufatura), Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos.

OLIVEIRA, Franciane Teixeira de; BRACCIALLI, Lígia Maria Presumido. Influência do mobiliário nas atividades lúdicas em escolares com paralisia cerebral. Revista Brasileira de Crescimento e Desenvolvimento Humano, São Paulo, v.18, n.3, p.308-320, dez. 2008.

OMS - Organização Mundial da Saúde. CIF: Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde. Centro colaborador da OMS para a Classificação de Doenças em português/USP, Editora da Universidade de São Paulo: São Paulo, 2003.

OMS - Organização Mundial da Saúde. Global Cooperation on Assistive Technology - About us. Disponível em: https://www.who.int/phi/implementation/assistive_technology/phi_gate/en/The GATE initiative, 2017. Acesso em: 30 nov 2020.

OSTENSJO, Sigrid; CARLBERG, Eva Brogren; VOLLESTAD, Nina K. The use and impact of assistive devices and other environmental modifications on everyday activities and care in young children with cerebral palsy. Disability and Rehabilitation, v.27, n.14, p.849-861, jul 2005. Disponível em: https://doi.org/10.1080/09638280400018619. Acesso em: 30 nov 2020.

OSTUZZI, Francesca. et al. + TUO project: low cost 3D printers as helpful tool for small communities with rheumatic diseases. Rapid Prototyping Journal, v.21, n.5, p.491-505, 2015.

PAHL, Gerhard. et al. Engineering Design: A Systematic Approach. Springer Science & Business Media, 2007.

PALISANO, Robert. Development and reliability of a system to classify gross motor function in children with cerebral palsy. Developmental Medicine and Child Neurology. v.39, n.4, p.214-23, Apr 1997. Disponível em: https://doi.org/10.1111/j.1469-8749.1997.tb07414.x. Acesso em: 30 nov 2020.

PELOSI, Miryam Bonadiu; NUNES, Leila Regina d’Oliveira de Paula. Caracterização dos professores itinerantes, suas ações na área de tecnologia assistiva e seu papel como agentes de inclusão escolar. Revista Brasileira de Educação Especial [online], v.15, n.1, p.141-154, 2009. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1413- 65382009000100010 Acesso em: 30 nov 2020.

PLAK-VAC, Oral Suction Evacuator Brush. Disponível em: https://www.medline.com/product/Plak-Vac-Oral-Brush-Evacuators-by-Trademark-Corp/Z05-PF38799. Acesso em: 16 jul. 2020.

PLOS, Ornella. et al. A universalist strategy for the design of assistive technology. International Journal of Industrial Ergonomics, v.42, n.6, p.533-541, 2012.

PORTNOVA, Alexandra A. et al. Design of a 3D-printed, open-source wrist-driven orthosis for individuals with spinal cord injury. PloS one, v. 13, n. 2, p. e0193106, 2018. Disponível em: https://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0193106. Acesso em: 16 jul. 2020.

PHILLIPS, Betsy; ZHAO, Hongxin. Predictors of assistive technology abandonment. Assistive technology, v. 5, n. 1, p. 36-45, 1993. Disponível em: https://doi.org/10.1080/10400435.1993.10132205. Acesso em: 06 dez. 2020.

POULSON, David; RICHARDSON, Simon. USERfit–a framework for user centred design in assistive technology. Technology and Disability, v. 9, n. 3, p. 163-171, 1998.

RIEMER-REISS, Marti L.; WACKER, R. R. Factors associated with assistive technology discontinuance among individuals with disabilities. Journal of Rehabilitation, v.66, n.3, p.44-50, 2000.

ROCHA, Aila Narene Dahwache Criado; DELIBERATO, Débora. Tecnologia assistiva para a criança com paralisia cerebral na escola: identificação das necessidades. Revista Brasileira de Educação Especial [online], v.18 (1), p. 71-92, 2012. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-65382012000100006 Acesso em: 06 dez 2020.

ROCHA, Eucenir Fredini; CASTIGLIONI, Maria do Carlo. Reflexões sobre recursos tecnológicos: ajudas técnicas, tecnologia assistiva, tecnologia de assistência e tecnologia de apoio. Revista de Terapia Ocupacional da USP, São Paulo, v.16, n.3, p.97-104, 2005. Disponível em: https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v16i3p97-104 Acesso em: 30 nov 2020.

SANTOS, Artur Valadares de Freitas. Proposta de metodologia, da perspectiva da engenharia, para o projeto de dispositivos assistivos com abordagem centrada no usuário e o auxílio da manufatura aditiva, no contexto da Tecnologia Assistiva. 2020. 316 p. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica), Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos.

SANTOS, Artur Valadares de Freitas; SILVEIRA, Zilda. C. T-d8sign: methodology to support development of assistive devices focused on user-centered design and 3D technologies". Journal of the Brazilian Society of Mechanical Sciences and Engineering. 2020. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s40430-020-02347-w Acesso em: 30 nov 2020.

SANTOS, Artur Valadares de Freitas. et al. User-centered design of a customized assistive device to support feeding. In: CIRP DESIGN, 29th, 2019. Procedia CIRP: Elsevier, v.84, p.743-748. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.procir.2019.04.318 Acesso em: 30 nov 2020.

SILVA, Ana Isabel T. et al. Perfil funcional de crianças com paralisia cerebral na escola regular segundo tipo de escola e comprometimento motor. Temas sobre desenvolvimento, São Paulo, v.13, n.74, p. 5-13, 2004.

SOUZA, Alessandra Cavalcanti de Albuquerque. Avaliação dos dispositivos destinados ao uso de sustentação e movimentação de membros superiores e proposta da melhoria do projeto baseada na integração QFD e Análise Funcional, 2016. 178 f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação Interunidades em Bioengenharia – EESC/FMRP/IQSC, Universidade de São Paulo, São Carlos.

SMITH, Roger O. et al. Assistive technology products: a position paper from the first global research, innovation, and education on assistive technology (GREAT) summit. Disability and Rehabilitation: Assistive Technology, v.13(5), p.473-485, Jul 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1080/17483107.2018.1473895 Acesso em: 25 nov 2020.

SQUIRES, Luke A.; WILLIAMS, Nefyn; MORRISON, Val L. Matching and accepting assistive technology in multiple sclerosis: A focus group study with people with multiple sclerosis, carers and occupational therapists. Journal of Health Psychology, v.24(4), p. 480-494, Mar 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1177/1359105316677293 Acesso em: 30 nov 2020.

SUNG-SHAN, Peng. Toothbrush, US. Pat. 4429434, 1984, 6p. Disponível em: https://patents.google.com/patent/CN102356944B/en Acesso em: 30 nov 2020.

ULLMAN, David G. The mechanical design process. 4th ed. New York: McGraw-Hill, 2010.

ULRICH, Karl T.; EPPINGER, Steve D. Product design and development. 6th ed. New York: McGraw-Hill Education, 2015.

WESSELS, R. et al. Non-use of provided assistive technology devices, a literature overview. Technology and Disability, v. 15, n. 4, p. 231-238, 2003.

WU, F. G.; MA, M. Y.; CHANG, R. H. A new user-centered design approach: a hair washing assistive device design for users with shoulder mobility restriction. Applied Ergonomics, v. 40, n. 5, p. 878-886, 2009.

Downloads

Publicado

2021-08-31

Como Citar

Martinez, L. B. A., Santos, M. A. dos, & Silveira, Z. de C. (2021). Desenvolvimento de dispositivo assistivo para higiene oral baseado em metodologia de projeto participativo. Revista Educação Especial, 34, e39/1–28. https://doi.org/10.5902/1984686X64660