O acontecimento Victor de Aveyron: esboço de uma genealogia da psiquiatrização da infância

Lilia Ferreira Lobo

Resumo


O que aqui se denomina como “acontecimento Victor de Aveyron” inaugura, no contexto das práticas do século XVIII, novas questões para os saberes e as práticas médicas e pedagógicas, enovos problemas para este estranho objeto de conhecimento: ‘homem’.Este texto pretende traçar, a partir dos relatórios de Jean Marc Itard sobre a tarefa que desenvolve na tentativa de educar o menino selvagem encontrado nos bosques de Aveyron, um esboço de uma genealogia histórica, segundo a perspectiva do pensamento de Michel Foucault. Trata-se do processo de construção da aliança médico-pedagógica e seus dispositivos de poder disciplinar e de normalização que deram origem à expansão da psiquiatria, processo que não passou pela criança louca, mas pela criança idiota. Se o aparecimento de Victor para as luzes da civilização provocou a produção de um saber colonizador sobre o corpo resistente à normalização, a busca do limite do corpo selvagem, tão incapaz quanto o idiota, provocou também o surgimento do dispositivo da aliança médico-pedagógica que até hoje observamos incidir sobre os corpos infantis, mesmo considerando as diferenças de objetivos, de recursos técnicos, das práticas institucionais, das tentativas de inclusão social.


Palavras-chave


Acontecimento; Menino selvagem; Genealogia; Aliança médico-pedagógica; Expansão da psiquiatria.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/1984686X22489

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação Especial agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

__________________________________________________