Matriz de transição para simulação da dinâmica de florestas naturais sob diferentes intensidades de corte.

Carlos Roberto Sanquetta, Doádi Antônio Brena, Humberto Angelo, Jefferson Bueno Mendes

Resumo


É descrito e demonstrado um método quantitativo para auxiliar ao manejador na tomada de decisão quando cortes periódicos são efetuados em povoamentos florestais ineqüiâneos. O método utiliza matriz de transição. Os dados utilizados na construção do simulador são de uma floresta natural do Japão, remedida por 10 anos. Os parâmetros necessários à aplicação do método são a matriz de transição de mudança nas freqüências por classe diamétrica, estimativas de mortalidade natural e por danos, estimativas de aumento de recrutamento com a abertura de dossel e a taxa estimada de aceleração no crescimento provocado por interferências no povoamento. Um exemplo de aplicação do modelo proposto é mostrado, apresentando um cenário das possibilidades de simulação sob diferentes intensidades de corte. Concluiu-se que o modelo proposto é potencialmente um instrumento valioso para o manejador, uma vez que o crescimento e o ciclo de corte de povoamentos florestais ineqüiâneos podem ser preditos.


Palavras-chave


Dynamics, natural forest, model, simulation, transition matrix.

Texto completo:

PDF

Referências


BARRETO, P. & UHL, C. O potencial de produção sustentável de madeira em Paragominas-PA na Amazônia Oriental: Considerações ecológicas e econômicas. In: I CONGRESSO FLORESTAL PAN-AMERICANO e VII CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, Anais... Curitiba, 1993, S.B.S/S.B.E.F., v1, p. 387-392.

BRUNER, H.D., MOSER Jr., J.W. A Markov chain approach to the prediction of diameter distributions in uneven-aged forest stands. Canadian Journal Forest Research, v.3, p. 409-417, 1979.

CAMPOS, J.C.C.; RIBEIRO, J.C. & COUTO, L. Emprego da distribuição diamétrica na determinação da intensidade de corte em matas nativas submetidas ao sistema de seleção. Revista Árvore v.7, n.2, p. 110-122, 1983.

COSTA NETO, F. & COUTO, L. 1990. Subsídios para manejo do cerrado. In: VI CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, Anais... Campos do Jordão, 1990, S.B.S/S.B.E.F., p. 117-126.

DE AZEVEDO, C.P. Predição da distribuição diamétrica de povoamentos florestais ineqüiâneos pelo emprego da matriz de transição. Viçosa, MG, UFV., 1993. 118 p. (Dissertação Mestrado).

DE GRAAF, N. R. A silvicultural system for natural regeneration of tropical rain forest in Suriname. Wageningen Agricultural University, 1986. 250p.

DUBOIS, J. L. C. Silvicultural research in the Amazon. (FAO Report) no. FO: SF/BRA 4. Technical Report 3, 1971.

DURIGAN, G.;GARRIDO, L. M. A. G. & GARRIDO, M. A. O. Manejo silvicultural do cerrado em Assis-SP. In: I CONGRESSO FLORESTAL PANAMERICANO e VII CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, Anais... Curitiba, 1993, S.B.S/S.B.E.F., v.1, p. 374-377.

FREITAS, J.V. de & HIGUCHI, N. 1993. Projeções da distribuição diamétrica de uma floresta tropical úmida de terra firme com a utilização da cadeia de Markov. In: I CONGRESSO FLORESTAL PANAMERICANO e VII CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, Anais... Curitiba, 1993, S.B.S/S.B.E.F., v.2, p. 545-548.

HIGUCHI, N. & VIEIRA, G. Manejo sustentado da floresta tropical úmida de terra firme na região de Manaus - Um projeto de pesquisa do INPA. In: VI Congresso Florestal Brasileiro, Anais... Campos do Jordão, 1990, S.B.S/S.B.E.F., v.11, p. 34-37.

HUSCH, B., MILLER, C.I., & BEERS, T.W. Forest mensuration. 2.ed. New York, Ronald Press, 1972. 410 p.

JONKERS, W. B. J. Options for silvicultural and management of the mixed dipterocarp forest of Sarawak. (FAO Report) no. FO: FAO/MAL/76/008, Working Paper 1.

LIMA, M. F.; RODRIGUES, S. R. S. & BUSSONS, N. L. Estudo da recuperação da caatinga submetida ao manejo visando produção sustentada de lenha. In: I CONGRESSO FLORESTAL PANAMERICANO e VII CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, Anais... Curitiba, 1993, S.B.S/S.B.E.F., v.1, p. 356-358.

MEYER, H.A. Structural, growth and drain in balanced uneven-aged forest. Journal of Forestry, v.50, p. 85-92, 1952.

NINOMIYA, I., TOMITA, E., TSUJITA, A. & OGINO, K. Diversity of species composition and stand structure in a natural secondary fir-hemlock forest. The Bulletin of the Ehime University Forest (em japonês, com resumo em inglês), v.23, p. 59-76, 1985..

SANQUETTA, C.R. Stand structure and dynamics of a natural secondary fir-hemlock forest. III. Simulation of duiameter distribution by a matrix model. In: CII CONGRESSO FLORESTAL DO JAPÃO, 1991, p.539-540.

SANQUETTA, C.R. A model of natural regeneration process of a fir-hemlock forest, southwestern Japan. Universidade de Ehime, Japão, 1994. 136p. (Tese Doutorado)

SANQUETTA, C.R., NINOMIYA, I., TSUJITA, A. & OGINO, K. Dynamics during a 6-year period in a natural secondary fir-hemlock forest. The Bulletin of the Ehime University Forest, v.29, p. 1-14, 1991.

SANQUETTA, C.R., NINOMIYA, I. & OGINO, K. Age structural analysis of the natural regeneration process of a fir-hemlock secondary forest in southwest Japan. Journal of the Japanese Forestry Society, v.76, n.6, p. 506-515, 1994.

SANQUETTA, C.R.; ANGELO H.: BRENA, D.A. & MENDES J.B.. Predição da distribuição diamétrica, mortalidade e recrutamento da floresta natural com matriz markoviana de potência. Revista Floresta, v.24, n.1/2 , p. 23-37, 1995.

SCOLFORO, J.R. & SILVA, S.T. O conceito de floresta balanceada de Meyer como opção para intervenção em cerrado senso stricto. In: I CONGRESSO FLORESTAL PANAMERICANO e VII CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, Anais... Curitiba, 1993, S.B.S/S.B.E.F., v.1, p. 378-381.

SILVA, J.N.M. The behavior of the tropical rain forest of the Brazilian Amazon after logging. Universidade de Oxford, 1989. 302 p. (Tese Doutorado).

SOLOMON, D.S., HOSMER, R.A. & HYSLETT Jr., H.T. A two-stage matrix model for predicting growth of forest stands in the Northeast. Canadian Journal of Forest Research, v.16, p. 521-28, 1986.

TOKUI, O. & SAKAUE, M. Notes on the trees and shrubs in the Komenono University Forest. The Bulletin of the Ehime University Forest (em japonês, com resumo em inglês), v2, p. 27-54, 1964.

TSUJITA, A., NINOMIYA, I. & OGINO, K. Relation between the physical and chemical properties of forest soil and slope topography in a natural fir-hemlock forest of the Ehime University Forest. The Bulletin of the Ehime University Forest (em japonês, com resumo em inglês), v.24, p. 59-76, 1986.

YAMANAKA, T. Abies firma and Tsuga sieboldii forest in Shikoku (Forest climaxes in Shikoku). Research Reports of Kochi University, Nature Series, v.10, p. 1-14, 1961.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19805098326

Licença Creative Commons