ESTRUTURA DA ASSEMBLEIA DE SCOLYTINAE (COLEOPTERA: CURCULIONIDAE) EM AREAS FLORESTADAS COM Eucalyptus spp. NO SUL DO RIO GRANDE DO SUL

Jutiane Wollmann, Mauro Silveira Garcia, Carlos Alberto Hector Flechtmann, Elder Finkenauer, Flávio Roberto Mello Garcia

Resumo


O objetivo deste trabalho foi contribuir para o conhecimento da assembleia de besouros Scolytinae associada a plantios de eucalipto no sul do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil e determinar espécies de importância à cultura. Amostras quinzenais foram retiradas de cinco fazendas da Fibria Celulose S/A, florestadas com Eucalyptus spp., no período de fevereiro de 2006 a dezembro de 2010, com armadilhas de interceptação de voo iscadas com etanol a 95%. Foram coletados 7.365 exemplares em 76 espécies, 18 gêneros e sete tribos. Corthylini, representada pelos gêneros Corthylus, Monarthum, Amphicranus, Metacorthylus, Microcorthylus e Tricolus e Xyleborini, por Ambrosiodmus, Dryocoetoides, Xyleborinus, Xyleborus e Xylosandrus foram as tribos mais representativas, com 42,1% e 31,6% espécies, respectivamente. Xylosandrus retusus e Xyleborinus saxeseni foram as espécies mais abundantes com 52,64% e 27,98% do total de espécimes amostradas, seguida por Corthylus antennarius, com 4,15% besouros coletados. Quinze espécies foram comuns a todos os locais, incluindo Xyleborus ferrugineus, considerada praga desta cultura, enquanto 25 espécies foram encontradas exclusivamente em apenas um local. A fazenda Cerro Alegre apresentou a maior riqueza de espécies e maior quantidade de espécies exclusivas; São Manoel demonstrou o maior índice de diversidade e equitabilidade; Aroeira teve a maior frequência de Scolytinae e São Francisco evidenciou a maior abundância e dominância. O estudo das assembleias de Scolytinae evidenciou o predomínio das espécies Xylosandrus retusus e Xyleborinus saxeseni em todos os ambientes estudados.


Palavras-chave


besouros-da-ambrosia; análise faunística; diversidade; eucalipto.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509830299

Licença Creative Commons