Irrigação e fertirrigação no desenvolvimento de eucalipto

Vitor Gabriel Marinho de Faria Pereira, Adriano da Silva Lopes, Isabela Braga Belchior, Eder Duarte Fanaya Júnior, Arthur Pacheco, Kelvin Rosalvo Melgar Brito

Resumo


O objetivo do trabalho foi avaliar a influência da irrigação localizada e da fertirrigação sobre o desenvolvimento do híbrido de eucalipto Grancam, no quarto ano após a sua implantação. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com parcelas subdivididas. As parcelas foram dois sistemas de irrigação localizada (microaspersão e gotejamento) e um tratamento sem irrigação e, as subparcelas, a adubação convencional e a fertirrigação. Foram avaliados: altura de plantas, diâmetro a altura do peito e volume de madeira. Os resultados foram submetidos à análise de variância e teste Tukey a 5% de significância. A altura das plantas foi 13% maior no sistema gotejamento e 11% no sistema de microaspersão em relação à área sem irrigação. A irrigação promoveu maiores valores de diâmetro a altura do peito, resultando em aumento de 19,8% na produção volumétrica de madeira quando irrigada por microaspersão e 17,7% quando irrigada por gotejamento, em relação à área sem irrigação. A irrigação localizada aumenta a produção volumétrica de madeira para o híbrido Grancam, além disso, quando utilizada a irrigação por gotejamento, há aumento da eficiência do uso da água na produção volumétrica de madeira. A fertirrigação pode substituir a adubação convencional em florestas irrigadas.


Palavras-chave


Grancam; Irrigação localizada; Manejo florestal; Volume de madeira

Texto completo:

PDF

Referências


ALLEN, R. G. et al. Crop evapotranspiration: guidelines for computing crop requirements. Roma: FAO, 1998. 301 p.

ALVES, M. E. B. et al. Estimate of the crop coefficient for Eucalyptus cultivated under irrigation during initial growth. Cerne, Lavras, v. 19, p. 247-253, 2013.

ANDRADE, L. R. M. Corretivos e fertilizantes para culturas perenes e semiperenes. In: SOUSA, D. M. G.; LOBATO, R. (ed.). Cerrado: correção do solo e adubação. 2. ed. Brasília: EMBRAPA Informação Tecnológica, 2004. p. 317-366.

ASLAM T. J. et al. Impacts of eucalypt plantation management on soil faunal communities and nutrient bioavailability: trading function for dependence. Biology Fertility Soils, Berlin, v. 51, p. 637-644, 2015.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PRODUTORES DE FLORESTAS PLANTADAS. Anuário estatístico ABRAF 2013 ano base 2012. Brasília: ABRAF, 2013. 148 p.

BERNARDO, S.; SOARES, A. A.; MANTOVANI, E. C. Manual de irrigação. 8. ed. Viçosa, MG: UFV, 2006. 625 p.

BORGES, A. L. et al. Fertirrigação da bananeira. Cruz das Almas: EMBRAPA, 2006. (Circular Técnica, 84).

CONSELHO DE INFORMAÇÕES SOBRE BIOTECNOLOGIA. Guia do Eucalipto oportunidades para um desenvolvimento sustentável. [S. l.: s. n.], 2008. 19 p.

COVRE, A. M. et al. Distribuição do sistema radicular de cafeeiro conilon irrigado e não irrigado. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 50, n. 11, p. 1006-1016, 2015.

DOMBROSKI, J. L. D. et al. Ecophysiology of water stressed Handroanthus impetiginosus (Mart. Ex. DC Mattos) Seedlings. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 42, p. 155, 2014.

FERNANDES, A. L. T.; THAILA, M. F.; FARIA, M. F. Análise biométrica de florestas irrigadas de eucalipto nos cinco anos iniciais de desenvolvimento. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 16, n. 5, p. 505-513, 2012.

FERNANDES, E. T.; CAIRO, P. A. R.; NOVAES, A. B. Respostas fisiológicas de clones de eucalipto cultivados em casa de vegetação sob deficiência hídrica. Ciência Rural, Santa Maria, v. 45, n. 1, p. 29, 2015.

FONSECA, S. M. et al. Manual prático de melhoramento genético do eucalipto. Viçosa: UFV, 2010. 200 p.

FREITAS, P. C. et al. Efeito da disponibilidade hídrica e da aplicação de potássio e sódio nas características anatômicas do lenho juvenil de Eucalyptus grandis. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 39, n. 2, p. 405-416, 2015.

GONÇALVES, J. L. M. et al. Assessing the effects of early silvicultural management on long-term site productivity of fast-growing eucalypt plantations: the Brazilian experience. Southern Forests, South África, v. 70, n. 2, p. 105-118, 2008.

INDÚSTRIA BRASILEIRA DE ÁRVORES. Relatório IBÁ 2014. Brasília: Pöyry, 2014. 100 p.

INDÚSTRIA BRASILEIRA DE ÁRVORES. Relatório IBÁ 2015. Brasília: Pöyry, 2015. 80 p.

LOPES, J. L. W. et al. Nutrição mineral de mudas de eucalipto produzidas sob diferentes lâminas de irrigação e substratos. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 31, n. 4, p. 713-722, 2007.

LOPES, A. S. et al. Distribution of the root system of peach palm under drip irrigation. Acta Scientiarum Agronomy, Maringá, v. 36, n. 3, p. 317-321, 2014.

MADEIRA, M.; ARAUJO, M. C.; PEREIRA, J. S. Effect of water and nutrient supply on amount and on nutrient concentration of litterfall and forest floor litter in Eucalyptus globulus plantations. Plant and Soil, The Hague, v. 168, p. 287–295, 1995.

MAROUELLI, W. A.; SILVA, H. R.; SILVA, W. L. C. Irrigação do tomateiro para processamento. Brasília: EMBRAPA Hortaliças, 2012. 22 p. (Circular Técnica ,102).

MINHAS P. S. et al. Effect of long-term irrigation with wastewater on growth, biomass production and water use by Eucalyptus (Eucalyptus tereticornis Sm.) planted at variable stocking density. Agricultural Water Management, Amsterdam, v. 152, p. 151-160, 2015.

MORONI, M. T.; WORLEDGE, D.; BEADLE, C. L. Root distribution of Eucalyptus nitens and Eucalyptus globulus in irrigated and droughted soil. Forest Ecology and Management, Amsterdam, v. 177, p. 399-407, 2003.

OLIVEIRA, F. A. et al. Calibração de extratores providos de cápsula porosa para monitoramento da salinidade e da concentração de íons. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 31, n. 3, p. 520-528, 2011.

OLIVEIRA NETO, S. N. et al. Crescimento e distribuição diamétrica de Eucalyptus camaldulensis em diferentes espaçamentos e níveis de adubação na região de Cerrado de Minas Gerais. Revista Floresta, Curitiba, v. 40, n. 4, p. 755-762, 2010.

PACHECO, A. et al. In-ground irrigation and fertirrigation irrigation system in the hybrid eucalyptus grancam. Journal of Agronomy, Pakistan, v. 15, p. 76-82, 2016.

PAES, F. A. S. V. et al. Impacto do manejo dos resíduos da colheita, do preparo do solo e da adubação na produtividade de eucalipto. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 37, p. 1081-1090, 2013.

PAULA, R. R. et al. Propriedades edáficas e desenvolvimento de eucalipto em topossequência na flona Mário Xavier-RJ. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 19, n. 3, p. 344-351, 2012.

PEGORARO, R. F. et al. Fenóis derivados da lignina, carboidratos e amino açúcares em serapilheira e solos cultivados com eucalipto em sistemas convencional e fertirrigado. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 37, n. 3, p. 519-529, 2013.

PEREIRA, J. C. D. et al. Características da madeira de algumas espécies de eucalipto plantadas no Brasil. Colombo: EMBRAPA Florestas, 2000. 113 p. (Documentos, 38).

REIS, G. G. et al. Crescimento de raízes e da parte aérea de clones de híbridos de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla e de Eucalyptus camaldulensis x Eucalyptus spp. submetidos a dois regimes de irrigação no campo. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 30, n. 6, p. 921-931, 2006.

RODRIGUES, L. C. E. Gerenciamento da produção florestal. Piracicaba: Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Departamento de Ciências Florestais, 1991. v. 13 (Documentos Florestais).

RÖTZER, T. et al. Tree species and size drive water consumption of beech/spruce forests - a simulation study highlighting growth under water limitation. Plant Soil, Dordrecht, v. 418, n. 5, p. 1-20, 2017.

SANTOS, A. B.; FAGERIA, N. K.; ZIMMERMANN, F. J. P. Atributos químicos do solo afetado pelo manejo da água e do fertilizante potássico na cultura de arroz irrigado. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 6, n. 1, p. 12-16, 2002.

SCHIAVO, J. A. et al. Caracterização e classificação de solos desenvolvidos de arenitos da formação Aquidauana-MS. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 34, p. 881-889, 2010.

SOUZA, C. R. et al. Comportamento da Acacia mangium e de clones de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla em plantios experimentais na Amazônia Central. Scientia Forestalis, Piracicaba, n. 65, p. 95-101, 2004.

SOUZA, M. J. H. et al. Disponibilidade hídrica do solo e produtividade do eucalipto em três regiões da Bacia do Rio Doce. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 30, n. 3, p. 399-410, 2006.

TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia Vegetal. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009. 848 p.

THONGO M’BOU, A. et al. Root elongation in tropical Eucalyptus plantations: effect of soil water content. Annals of Forest Science, French, v. 65, p. 609, 2008.

VALADARES, J.; PAULA, N. F.; PAULA, R. C. Physiological changes in Eucalyptus hybrids under different irrigation regimes. Revista Ciências Agronômica, Fortaleza, v. 45, n. 4, p. 805-814, 2014.

VILAS BÔAS, O.; MAX, J. C. M.; MELO, A. C. G. Crescimento comparativo de espécies de Eucalyptus e Corymbia no município de Marília, SP. Revista do Instituto Florestal, São Paulo, v. 21, p. 63-72, 2009.

WHITE, D. et al. Wood production per evapotranspiration was increased by irrigation in plantations of Eucalyptus globulus and Eucalyptus nitens. New Forests, Dordrecht, v. 47, p. 303, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509823362