Primeira ocorrência de Pythium sp. e Rhizoctonia sp. causando podridão-de-raízes em ervais no Rio Grande do Sul.

Igor Poletto, Marlove Fátima Brião Muniz, Denise Ester Ceconi, Maria Nevis Deconto Weber, Elena Blume

Resumo


Em 2004, algumas plantações de erva-mate (Ilex paraguariensis A. St.-Hil.) do Vale do Taquari, RS, apresentaram estagnação do crescimento, amarelecimento, queda de folhas e necrose no sistema radicular, sintomas típicos da podridão-de-raízes. Amostras de raízes de plantas foram coletadas, em propriedades dos municípios de Ilópolis e Putinga, e enviadas ao Laboratório de Fitopatologia do Departamento de Defesa Sanitária/CCR/UFSM para análise fitopatológica. Foi constatada a presença de fungos dos gêneros Rhizoctonia e Pythium e estes se mostraram patogênicos quando inoculados em plantas de erva-mate. É a primeira constatação desses dois fungos causando podridão-de-raízes em ervais no estado do Rio Grande do Sul, Brasil.


Palavras-chave


Erva-mate; tombamento de mudas; patogenicidade

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, F.M. Diagnóstico da cadeia produtiva da (Ilex paraguariensis A. St.-Hil.) erva-mate. Campinas: Unicamp, 1999. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2001.

BARRETO, M. Doenças do amendoim (Arachis hypogaea L.). In: KIMATI, H.; AMORIM, L.; BERGAMIN FILHO, A.; et al. Manual de fitopatologia: doenças das plantas cultivadas. 3. ed. São Paulo: Ceres, 1997. p. 65-77.

BARNETT, H.L.; HUNTER, B.B. Illustrated genera of imperfect fungi. 4th ed. St. Paul: American Phytopathological Society, 1998. 218p.

BIANCHINI, A.; MARINGONI, A.C.; CARNEIRO, S.M.T.G.; Doenças do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) In: KIMATI, H.; AMORIM, L.; BERGAMIN FILHO, A.; et al. Manual de fitopatologia: doenças das plantas cultivadas. 3.ed. São Paulo: Ceres, 1997. p. 376-399.

BRASIL. Ministério da Agricultura. Divisão de Pesquisas Pedológicas. Levantamento de reconhecimento dos solos do estado do Rio Grande do Sul. Recife, 1973. 431p.

FERNANDES, M.R. Manual para laboratório de fitopatologia. Passo Fundo : EMBRAPA-CNPT, 1993. 128p.

GRIGOLETTI JÚNIOR, A.; AUER, C.G. Podridão de raízes em erva-mate (Ilex paraguariensis A. St.-Hil.) causada por Fusarium sp. Fitopatologia Brasileira, v. 26, p. 572, 2001.

GRIGOLETTI JÚNIOR, A.; AUER, C. G.; ALFENAS, A. C.; CROUS, P. W. Mancha foliar, desfolha e morte de mudas de erva-mate (Ilex paraguariensis A. St.-Hil.) causada por Cylindrocladium spathulatum. Summa Phytopathologica, Jaguariúna, v. 21, n. 1, p. 56, 1995.

KRUGNER, T.L.; AUER, C.G. Doenças do eucalipto (Eucalyptus spp.). In: KIMATI, H.; AMORIM, L.; BERGAMIN FILHO, A.; et al. Manual de fitopatologia: doenças das plantas cultivadas. 3. ed. São Paulo: Ceres, 1997. p. 358-376.

MORENO, J.A. Clima do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Secretaria da Agricultura, 1961. 41p.

POLETTO, I.; CECONI, D.E.; MUNIZ, M.F.B. Ocorrência de Fusarium sp. causando mortalidade de mudas de erva-mate em viveiro na região alta do Vale do Taquari, RS. In: SEMINÁRIO SOBRE REFLORESTAMENTO E RECUPERAÇÃO AMBIENTAL: AMBIENTE E TECNOLOGIA: O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, 2005, Lajeado. Anais..., RS: UNIVATES, 2005. p. 126-132.

POLETTO, I.; MUNIZ, M.F.B.; CECONI, D.E.; et al. Zoneamento e identificação de Fusarium spp. causador de podridão de raízes em plantios de erva-mate (Ilex paraguariensis A. St.-Hil.) na região do Vale do Taquarí-RS. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 16, n. 1, p.1-10, 2006.

STRECK, E.V.; KÄMPF, N.; DALMOLIN, R.S.D.; KLAMT, E.; NASCIMENTO, P.C. DO; SCHNEIDER, P. Solos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: EMATER/RS: UFRGS, 2002. 126p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198050981936

Licença Creative Commons