Características tecnológicas das madeiras de Eucalyptus grandis W.Hill ex Maiden e Eucalyptus cloeziana F. Muell visando ao seu aproveitamento na indústria moveleira.

Joaquim Carlos Gonçalez, Lílian de Cássia S. Breda, João Francisco M. Barros, Denízia Gonçalves Macedo, Gerard Janin, Alexandre Florian da Costa, Ailton Teixeira do Vale

Resumo


Este trabalho se desenvolveu na Universidade de Brasília e no Laboratório de Produtos Florestais (IBAMA), Brasília, DF. Foram estudadas duas espécies de eucalipto (Eucalyptus grandis W.Hill ex Maiden e Eucalyptus cloeziana) para confecção de peças mobiliárias. A madeira de E. grandis apresenta propriedades físicas (densidade e retratibilidade) e mecânicas (flexão estática e dureza) extremamente positivas para a indústria moveleira, sendo complementado por seu bom desempenho perante equipamentos e máquinas, além de receber bem produtos de acabamento. A cor da madeira e o seu desenho levaram os consumidores a mostrar ótima aceitação do móvel fabricado com a espécie. A madeira de Eucalyptus cloeziana, apesar de mostrar propriedades físicas e mecânicas com valores mais elevados que as do Eucalyptus grandis W.Hill ex Maiden, apresenta características desejadas para indústria moveleira. A sua coloração cinza oliva é uma opção para o consumidor. Alguns cuidados especiais com essa espécie deverão ser tomados durante operações com máquinas e equipamentos. Os valores da propriedade dureza apresentados por essa madeira a indicam para fabricação de piso.


Palavras-chave


madeira; eucalipto; propriedades; móveis

Texto completo:

PDF

Referências


ASHLEY, P.N.; OZARSKA, B. Furniniture from young, plantation eucalypts. In: THE FUTURE OF EUCLYPTUS FOR WOOD PRODUCTS, 2000, Launceston, Tasmania. Proceedings.... Launceston : IUFRO, 2000. p. 176-184. 2000.

ANDRADE, E. N. O eucalipto. 2.ed. Jundiaí: Companhia Paulista de Estradas de Ferro,1961. p.667.

BARROS J. F. M. Desdobro e caracterização tecnológica das madeiras de Eucalyptus grandis e Eucalyptus cloeziana para a indústria moveleira. Brasília, 2002. 54f. Dissertação (Mestrado) - Universidade de Brasília, Brasília, 2002.

BREDA L. C. S. Comportamento das madeiras de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden e Eucalyptus cloeziana F. Muell quanto as suas características na fabricação de móveis. Brasília, 2003. Monografia (Projeto final de graduação) - Universidade de Brasília, Brasília, 2003.

CAMARGOS, J. A A; GONÇALEZ J. C. A colorimetria aplicada como instrumento na elaboração de uma tabela de cores de madeira. Brasil Florestal, Ano XX, n. 71, p. 30-41, 2001.

CARVALHO, A. Madeiras portuguesas, estrutura anatômica, propriedades, utilizações. Instituto Florestal, v. 1, 1996.

CASTRO, J. S. Madeira de Eucalipto tendências e usos. In: SEMINÁRIO MADEIRA DE EUCALIPTO: TENDÊNCIAS E USOS, 2001. Anais... Viçosa: Universidade Federal de Viçosa, 2001. p. 29-30.

CINIGLIO, G. Avaliação da madeira serrada de Eucalyptus grandis e Eucalyptus urophylla. Piracicaba, 1998. 73f. Dissertação (Mestrado) – Escola Superior de Agricultura Luiz Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1998.

COMISSION PANAMERICANA DE NORMAS TÉCNICAS. Maderas: selección y collectión de muestras. Caracas: COPANT, 1972. (COPANT; 458)

COMISSION PANAMERICANA DE NORMAS TÉCNICAS. Maderas: acondicionamiento de las maderas destinadas a los ensayos físicos y mecânicos. Caracas: COPANT, 1972. (COPANT; 459)

COMISSION PANAMERICANA DE NORMAS TÉCNICAS. Maderas: método de determinación del peso especifico aparente. Caracas: COPANT, 1972. (COPANT; 461)

COMISSION PANAMERICANA DE NORMAS TÉCNICAS. Maderas: método de determinación de la contracción. Caracas: COPANT, 1972. (COPANT; 462)

COMISSION PANAMERICANA DE NORMAS TÉCNICAS. Maderas: método de determinación de la flexión estática. Caracas: COPANT, 1972. (COPANT 30:1-006)

DEL MENEZZI, C. H. S. Utilização de um método combinado de desdobro e secagem para a produção de madeira serrada de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden e Eucalyptus cloeziana F. Muell. Piracicaba, 1999. 87f. Dissertação (Mestrado) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1999.

GONÇALEZ, J. C. Caracterisation technologique de quatre espéces peu connues da la forêt Amazonienne: anatomie, chimie, couleur, propriétés physiques et mécaniques. Nancy, 1993. 446f. : il. Thèse (Doctorat) - Ecole Nationale du Génie Rural des Eaux et des Forêts, Nancy, 1993.

GONÇALEZ, J. C. ; JANIN, G. ; SANTORO, A C. S. ; COSTA, A F. ; VALLE, A T. Colorimetria Quantitativa: uma técnica objetiva de determinar a cor da madeira. Brasil Florestal, Ano XX, n. 72, p. 47-58, 2001.

IBAMA/DIRPED/LPF. Madeiras da Amazônia: características e utilização. Brasília: IBAMA, 1997. 141p. Vol. 3 : Amazônia Oriental.

IBDF/LPF. Madeiras da Amazônia: características e utilização. Brasília: Estação Experimental de Curuá-Una, 1982. Vol. 2.

LELLES, J.G.; SILVA, J.C. Problemas e soluções sobre rachaduras de topo de madeiras de Eucalyptus spp. nas fases de desdobro e secagem . Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v. 18, n. 186, p. 62-69, 1997.

LPF/IBAMA. Relatório. Descrição anatômica de lenho de seis espécies de eucalipto. Brasília: IBAMA, 1998. 13p.

MACEDO D. G. Aspecto mercado lógico da madeira de Eucalyptus grandis e Eucalyptus cloeziana para a indústria moveleira. Brasília, 2002. 57f. Dissertação (Mestrado) - Universidade de Brasília, Brasília, 2002.

MANGIERI, H.R.; DIMITRI, M. J. Los eucaliptos en la silvicultura. Buenos Aires: ACME, 1958. 213p.

MELO, J. E.; CORADIN, V. T. R.; MENDES, J. C. Classes de densidade para madeiras da Amazônia brasileira. In: CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, 6.,1990, Campos do Jordão. Anais... São Paulo: Sociedade Brasileira de Silvicultura, 1990. V.3, p. 695-699.

MENDONZA, I. E. L. Experiência chilena em el utilization de eucalipto. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE UTILIZAÇÃO DA MADEIRA DE EUCALIPTO PARA SERRARIA, 1995. Piracicaba. Anais... Piracicaba: IPEF/ IPT/ IUFRO/ LCF : ESALQ–USP, 1995. p. 92-108.

OLIVEIRA, J. T. S. Problemas e oportunidades com a utilização da madeira de eucalipto. In: WORKSHOP: TÉCNICAS DE ABATE, PROCESSAMENTO E UTILIZAÇÃO DA MADEIRA DE EUCALIPTO. Anais... Viçosa: UFV,1999. p. 39-52.

PEREIRA, J. C. D.; STURION, J.A.; HIGA, A.R.; HIGA, R.C.V.; SHIMIZU, J.Y. Características da madeira de algumas espécies de eucalipto plantadas no Brasil. Colombo: Embrapa Florestas, 2000. 113p.

ROCHA, M.P. Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden e Eucalyptus dunnii Maiden como fontes de matéria prima para serrarias. Curitiba, 2000. 185f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal, Curitiba, 2000.

SPSS. SPSS 10.0. Chicago: SPSS, 2004. Disponível em Acesso em: 27 ago. 2004.

SLOOTEN, H. J. V; LISBOA C. D. J.; SOBRAL M.; PASTORE, F. Espécies florestal da Amazônia: características, propriedades e dados de engenharia da madeira. Brasília: LPF. PNUD/FAO/IBDF/BRA-45, 1976. 89p. (Série Técnica; n. 6)

TRUGILHO, P.F.; MENDES, L.M.; SILVA, J.R.M. da; LIMA, J. T. Influência da idade nas características físicas, químicas e anatômicas da madeira de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden. In: IUFRO CONFERENCE ON SILVICULTURE AND IMPROVEMENT OF EUCALYPT, 1997, Salvador. Proceedings... Colombo: Embrapa, 1997. p. 269-275.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198050981912