RENDIMENTO EM LAMINAÇÃO DE MADEIRA DE PARICÁ NA REGIÃO DE PARAGOMINAS, PARÁ

Gilson Fernandes da Silva, Adriano Ribeiro de Mendonça, Raphael Gomes Hoffmann, Luciano Zumerli Zaneti, José Franklim Chichorro, Rinaldo Luiz Caraciolo Ferreira

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar o rendimento em laminação de madeira de paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex. Ducke) em plantios comerciais na região de Paragominas, Pará. A partir de 180 árvores-amostra oriundas de plantios com idades de cinco, seis e sete anos em espaçamento 4 x 4 m, foram avaliados o rendimento médio na atividade levando em consideração os rendimentos por idade e por classe de diâmetro. Foram avaliadas também as perdas em todo o processo de laminação. Os resultados apontaram um rendimento médio de 50,31% na atividade, o que é compatível com espécies dos gêneros Pinus e Eucalyptus. Verificou-se que as árvores com maior idade e diâmetro apresentaram os maiores rendimento e, consequentemente, as menores perdas devido a defeitos e ao rolo-resto.


Palavras-chave


dendrometria; <i>Schizolobium amazonicum</i>; volume comercial.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, R. R.; BORTOLETTO JÚNIOR, G.; JANKOWSKY, I. P. Produção de lâminas a partir da madeira de clones do híbrido Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla.Scientia Forestalis, n. 65, p. 49-58. 2004.

ALMEIDA, N. F. de. Avaliação da qualidade da madeira de um híbrido de Pinuselliotti var. elliotti x Pinuscaribaea var. hondurensis para a produção de lâminas e manufatura de compensados. 2011. 115 p. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) – Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2011.

ALVINO-RAYOL, F. de O.; ROSA, L. dos S.; RAYOL, B. P. Efeito do espaçamento e do uso de leguminosas de cobertura no manejo de plantas invasoras em reflorestamento de Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke (paricá). Revista Árvore, v. 35, n. 3, p. 391-399, 2011.

ARCE, J. E.; MACDONAGH, P.; FRIEDL. R. A. Geração de padrões ótimos de corte através de algoritmos de traçamento aplicados a fustes individuais.Revista Árvore, v. 28, n. 2, p. 207-217. 2004.

ARRUDA, L. M. et al.Estudo preliminar das propriedades de compensados produzidos com lâminas de paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke) modificadas termomecanicamente. Ciência da Madeira, v. 2, n. 1, p. 29-42. 2011.

BONDUELLE, G. M. et al.Estudo sobre os fatores que influenciam no rendimento em laminação de Pinus sp. Floresta e Ambiente, v. 12, n. 2, p. 35-41. 2006.

BORTOLETO JÚNIOR, G. Avaliação da qualidade da madeira de Pinus merkusii. Scientia Forestalis. v. 36, n. 78, p. 95-103. 2008.

BRAND, M. A. et al.Avaliação do processo produtivo de uma indústria de manufatura de painéis por meio do balanço de material e do rendimento da matéria-prima. Revista Árvore. v. 28, n. 4, p. 553-562. 2004.

CARVALHO, C. J. R. de. Respostas de plantas de Schizolobium amazonicum [S. parahyba var. amazonicum] e Schizolobium parahyba [Schizolobium parahybum] à deficiência hídrica. Revista Árvore, v. 29, n. 6, p. 907-914. 2005.

CONEGLIAN, A; SEVERO, E. T. D.; BORTOLETTO JÚNIOR, G. Avaliação do processo de laminação de toras de Eucalyptus grandis,utilizando o tratamento térmico com vapor. Energia na Agricultura. v. 24, n. 2, p. 1-13. 2009.

GERWING, J. et al. Rendimento no processamento de madeira no Estado do Pará. Belém: IMAZON, 38 p. 2001. (Série Amazônica n. 18).

HOFFMANN, R. G. et al. 2011. Caracterização dendrométrica de plantios de paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex. Ducke) na região de Paragominas, PA. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 6, n. 4, p. 675-684. 2011.

IWAKIRI, S. Painéis de madeira reconstituída. Curitiba: FUPEF, 2005.

IWAKIRI, S. et al. Produção de painéis laminados unidirecionais – LVL com lâminas de Schizolobium amazonicum, Eucalyptus saligna e Pinus taeda. Cerne. v. 16, n. 4, p. 557-563. 2010a.

IWAKIRI, S. et al. Avaliação do potencial de utilização da madeira de Schizolobium amazonicum “Paricá” e Cecropia hololeuca “Embaúba” para produção de painéis aglomerados. Acta Amazônica. v. 40, n. 2, p. 303-308. 2010b.

MENDES, M. M.; ALBUQUERQUE, C. E. C. de; IWAKIRI, S. Procedimento prático para cálculo de produção de lâminas de madeira por desenrolamento. Lavras: UFLA, 2000. 21 p. (Boletim Agropecuário).

MENDONÇA, A. R. de et al. Avaliação de um sistema para otimização do sortimento de Eucalyptus sp. Ciência Florestal, v. 18, n. 2, p. 247-258. 2008.

OHASHI, S. T.; YARED, J. A. G.; FARIAS NETO, J. T. de. Variabilidade entre procedências de paricá Schizolobium parahyba var amazonicum (Huber ex Ducke) Barneby plantadas no município de Colares – Pará. Acta Amazônica. v. 40, n. 1, p. 81-88. 2010.

PERES FILHO, O.; DORVAL, A.; BERTI FILHO, E. Preferência de saúva limão, Atta sedens riubropilosa Forel, 1908 (Hymenoptera, Formicidae) a diferentes espécies florestais, em condições de laboratório. Ciência Florestal. v. 12, n. 2, p. 1-7. 2002.

RONDON, E. V. Produção de biomassa e crescimento de árvores de Schizolobium amazonicum (Huber) Ducke sob diferentes espaçamentos na região de mata. Revista Árvore. v. 26, n. 5,p. 573-576. 2002.

ROSA, L. dos S. et al. Emergência, crescimento e padrão de qualidade de mudas de Schizolobium amazonicum Huber ex. Ducke sob diferentes níveis de sombreamento e profundidades de semeadura. Revista Ciências Agrárias. n. 52, p. 87-98. 2009.

TEREZO, R. F.; SZÜCS, C. A. Análise de desempenho de vigas em madeira laminada colada de paricá (Schizolobiumamazonicum Huber ex. Ducke). Scientia Forestalis. n. 87, p. 471-480. 2010.

TSOUMIS, G. Science and technology of wood: structure, properties, utilization. Van Nostrand Reinhold, 1991. 494 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509818464

Licença Creative Commons