Avaliação de desempenho na educação superior: uma abordagem utilizando a Análise Envoltória de Dados

Authors

DOI:

https://doi.org/10.5902/2179460X66024

Keywords:

Avaliação de desempenho, Educação superior, Conceito Preliminar de Curso.

Abstract

O Conceito Preliminar de Curso (CPC) é considerado o principal indicador de qualidade da educação superior brasileira. As principais críticas ao CPC encontradas na literatura estão relacionadas aos pesos atribuídos às diferentes componentes do indicador e ao fato de não levar em conta a heterogeneidade das instituições de ensino superior (IES). Levando em consideração os componentes do CPC, este artigo tem como objetivo avaliar o desempenho dos cursos de graduação por meio de um indicador compósito construído com base na Análise Envoltória de Dados (DEA).  Nesta abordagem, os pesos das componentes resultam de um processo de otimização. Por isso, são menos propensos à subjetividade, ao mesmo tempo em levam em consideração as prioridades das políticas institucionais. Como resultado, pode-se obter estimativas de desempenho que permitem comparabilidade entre cursos semelhantes de diferentes IES. Uma das vantagens do uso de DEA neste contexto é que tornou-se possível identificar os cursos com baixo desempenho e, simultaneamente, identificar cursos de referência que podem ser considerados exemplos de melhores práticas (benchmarks). Com o intuito de demonstrar as vantagens deste método alternativo de cálculo do CPC, foi conduzida uma análise de cursos de Administração em IES brasileiras da esfera pública com dados do ano-base de 2018.

Author Biographies

Andreia Zanella, Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-graduação em Métodos e gestão em Avaliação.

Professora no Departamento de Informática e Estatística da Universidade Federal de Santa Catarina.

Professora Permanente no Programa de Pós-graduação em Métodos e Gestão em Avaliação.

Doutora em Engenharia Industrial e Gestão.

Renata Melo e Silva de Oliveira, Universidade do Estado do Pará, Belém, PA

Professora no Departamento de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade do Estado do Pará.

Doutora em Engenharia Industrial e Gestão.

References

ANDRIOLA WB. Avaliação institucional na Universidade Federal do Ceará (UFC): Organização de sistema de dados e indicadores da qualidade institucional. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior. 2004;9(4):33-54.

ANDRIOLA WB, ARAÚJO AC. Uso de indicadores para diagnóstico situacional de Instituições de Ensino Superior. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação. 2018;26(100)645-663.

BARREYRO GB, ROTHEN, JC. Percurso da avaliação da educação superior nos Governos Lula. Educação e Pesquisa. 2014;40(1):61-76.

BITTENCOURT HR, VIALI L, RODRIGUES AC, CASARTELLI AO. Mudanças nos pesos do CPC e seu impacto nos resultados de avaliação em universidades federais e privadas. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas).2010;15(3):147-166.

BRASIL. Lei n. 10.861, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – Sinaes e dá outras providências. Brasília-DF. 2004.

BRASIL. Portaria Normativa n. 4, de 5 de agosto de 2008. Regulamenta a aplicação do conceito preliminar de cursos superiores – CPC, para fins dos processos de renovação de reconhecimento respectivos, no âmbito do ciclo avaliativo do Sinaes. Brasília-DF. 2008.

BRASIL. Nota técnica n. 18/2018. Metodologia de cálculo do Conceito Preliminar de Curso (CPC). Brasília-DF. 2018.

BRASIL. Nota técnica n. 45/2019. Metodologia de cálculo do Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD) referente ao ano de 2018. Brasília-DF. 2019.

CHARNES A, COOPER WW, RHODES E. Measuring the efficiency of decision making units. European Journal of Operational Research. 1978;2(6):429-444.

CHERCHYE L, MOESEN W, ROGGE N, VAN PUYENBROECK T. An Introduction to ‘Benefit of the Doubt’ Composite Indicators. Social Indicators Research. 2007;82(1):111-145.

COOK WD, KRESS M. A data envelopment model for aggregating preference rankings. Management Science. 1990;36(11):1302-1310.

COOPER WW, SEIFORD LM, TONE K. Introduction to Data Envelopment Analysis and its uses. New York: Springer Science & Business Media, 2006.

FERREIRA CMC, GOMES AP. Introdução à Análise Envoltória de Dados. Viçosa: Editora UFV, 2009.

GRIBOSKI CM, FERNANDES IR. Avaliação da Educação Superior: como avançar sem desqualificar. Observatório Universitário. 2016;1:1-31.

HOFFMANN C, ZANINI RR, CORRÊA ÂC, SILUK JC, SCHUCH Jr. VF, ÁVILA LV. O desempenho das universidades brasileiras na perspectiva do Índice Geral de Cursos (IGC). Educação e Pesquisa. 2014;40(3):651-665.

IKUTA CYS. Sobre o Conceito Preliminar de Curso: concepção, aplicação e mudanças metodológicas. Estudos em Avaliação Educacional; 2016;27(66)938-969.

LACERDA LLV, FERRI C. Conceito Preliminar de Curso: conceito único para uma realidade educacional múltipla. Estudos em Avaliação Educacional. 2017;28(69):748-772.

NARDO M, SAISANA M, SALTELLI A, TARANTOLA S, HOFFMAN A, GIOVANNINI E. Handbook on Constructing Composite Indicators: Methodology and user guide. Organisation for Economic Co-operation and Development, 2008.

ROTHEN JC, BARREYRO GB. Avaliação da educação superior no segundo governo Lula: “provão II” ou a reedição de velhas práticas? Educação & Sociedade; 2011;32(114):21-38.

SCHWARTZMAN S. O Conceito Preliminar e as boas práticas de avaliação do ensino superior. Estudos - Revista da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior. 2008;26(38):9-32.

THANASSOULIS E, PORTELA MC, ALLEN R. Incorporating Value Judgments in DEA. In: Handbook on Data Envelopment Analysis. Boston: Kluwer Academic Publishers, 2004.

VERHINE RE, DANTAS LM. A avaliação do desempenho de alunos de educação superior: uma análise a partir da experiência do ENADE. In: Dazzani, M. V. e Lordêlo, J. A. C. Avaliação Educacional: destando e reatando nós. Salvador: SciELO Books, 2009. p. 173–199.

WONG YHB, BEASLEY JE. Restricting Weight Flexibility in Data Envelopment Analysis. The Journal of the Operational Research Society. 1990;41(9):829-835.

ZANELLA A, CAMANHO AS, DIAS TG. Undesirable outputs and weighting schemes in composite indicators based on Data Envelopment Analysis. European Journal of Operational Research. 2014;245:517-530.

Published

2021-08-25

How to Cite

Zanella, A., & Oliveira, R. M. e S. de. (2021). Avaliação de desempenho na educação superior: uma abordagem utilizando a Análise Envoltória de Dados. Ciência E Natura, 43, e81. https://doi.org/10.5902/2179460X66024

Most read articles by the same author(s)