ACERCA DO INTERESSE DE HANS-GEORG GADAMER PELO DIREITO

Mariana Pimentel Fischer Pacheco, Alessandra Macedo Asfora

Resumo


No segundo pós-guerra, na Alemanha, juristas como Josef Esser, Friedrich Müller e Arthur Kaufmann se interessaram pela hermenêutica filosófica gadameriana e, inspirados nela, buscaram repensar a interpretação da norma jurídica. O contexto de recepção os levou, contudo, a descuidarem de certos aspectos do trabalho do filósofo: curiosamente, esses juristas forneceram pouca atenção às reflexões específicas de Gadamer sobre o direito. É justamente essa dimensão obscurecida do pensamento gadameriano que buscaremos, aqui, trazer à tona. Lembraremos que, partir de um questionamento acerca de ontologia e ética, Gadamer observa a atividade do jurista e a conecta à phrónesis aristotélica. Concluiremos que os juristas, hoje, têm muito a aprender com suas lições acerca do componente ético presente na necessária tarefa de adaptação da norma ao caso concreto.


Palavras-chave


Direito; Ética; Hermenêutica; Prudência.

Texto completo:

PDF

Referências


ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. São Paulo: Atlas, 2009.

BARBOSA, Samuel. Jus Cogens como aporia: o crepúsculo do direito internacional clássico. Revista Brasileira de Filosofia, v. 58, n 233, p 37-85, 2009.

BETTI, Emilio. Teoria generale dell´interpretazione. 2 vols. Milão: Giuffrè, 1955.

CALSAMIGLIA, Albert. Postpositivismo. In: Doxa, n. 17/18. Alicante: Universidad de Alicante, 2005

DUTT, Carsten. En conversación con Hans-Georg Gadamer – Filosofia, estética e filosofia prática. Madri: Editorial Tecnos, 1998.

ESSER, Josef. Precomprensione e scelta del método nel processo di individuazione del diritto. Camerino: Edizioni Scientifiche Italiane, 1983.

GADAMER, Hans Georg. A razão na época da ciência. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1983.

GADAMER, Hans Georg. O problema da consciência histórica. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2003.

GADAMER, Hans Georg. A ideia da filosofia prática. In: Hermenêutica em retrospectiva III. Petrópolis: Vozes, 2007.

GADAMER, Hans Georg. A ideia do bem entre Platão e Aristóteles. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

GADAMER, Hans Georg. Verdade e método I; traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. Petrópolis: Ed. Vozes, 2002.

GADAMER, Hans Georg. Verdade e método II – Complementos e Índice. Petrópolis: Vozes, 2002.

GRONDIN, Jean. Gadamer: una biografia. Milão: Bompiani, 2004.

GRONDIN, Jean. La hermenéutica como ciencia rigurosa según Emilio Betti (1890-1968). Revista Co-herencia Vol. 8, No 15 Julio - Diciembre 2011, pp. 15-44. Medellín, Colombia.

GRONDIN, Jean. Gadamer’s Interest for legal hermeneutics. In: Law’s hermeneutics: other investigations, Routledge : Oxford, 2017. pp. 48-62.

HERMANN, Nadja. Ética e estética: a relação quase esquecida. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2005.

JUST, Gustavo. Interpretando as teorias da interpretação. São Paulo: Saraiva, 2014

SALDANHA, Nelson: Ordem e Hermenêutica. Rio de Janeiro: Renovar, 2003.

SAVIGNY, Friedrich Carl von. Sistema del Derecho Romano Actual. Alicante: Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1981369435161

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

REVISTA ELETRÔNICA DO CURSO DE DIREITO DA UFSM - Qualis A1

RECDUFSM  /  ISSN 1981-3694   /  Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/19813694  http://periodicos.ufsm.br/revistadireito

Revista Qualis A1 área de Direito /  Classificações de Periódicos Quadriênio 2013-2016 (CAPES)