LIBERDADE DE EXPRESSÃO E DISCURSO DO ÓDIO: O CONFLITO DISCURSIVO NAS REDES SOCIAIS

Tatiana Stroppa, Walter Claudius Rothenburg

Resumo


O presente artigo pretende discutir os limites que precisam ser traçados para enfrentar o discurso do ódio intensificado pela utilização da internet e das redes sociais que reduzem, por um lado, a interação social direta entre os atores que passam a ser produtores de mensagens e não apenas receptores, e por outro, potencializam o anonimato e permitem a publicação instantânea de conteúdos com uma velocidade gigantesca. De forma a cumprir esse objetivo, emprega-se uma pesquisa biblio­gráfica complementada com dados jurisprudenciais brasileiros. Conclui-se que, diante da ausência de textos normativos que fixem a responsabilização diante de mensagens de intolerância e discriminatórias, as restrições, que devem ser preservadas para casos extremos, ocorrerão pela ponderação dos interesses em jogo em conformidade com uma metódica de proporcionalidade, de modo a evitar decisões desproporcionais que interditem o debate público. Por fim, apresenta alguns parâmetros objetivos que devem ser seguidos pelo julgador que estiver diante de litígios envolvendo o conflito mencionado.


Palavras-chave


discurso do ódio, liberdade de expressão; redes sociais

Texto completo:

PDF

Referências


APPIAH, Kwame Anthony. O código de honra: como ocorrem as revoluções morais. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

ARTIGO 19. Princípios de Camden sobre Liberdade de Expressão e Igualdade. Londres: Artigo 19, 2009. Disponível em: http://www.refworld.org/cgi-bin/texis/vtx/rwmain/opendocpdf.pdf?reldoc=y&docid=4b5827292. Acesso em: 16 fev. 2015.

ARTIGO 19. Panorama sobre discurso de ódio no Brasil. São Paulo, Artigo 19, n.d. Disponível em: http://artigo19.org/centro/files/discurso_odio.pdf. Acesso em 16 fev. 2015.

BRASIL. Lei nº 12.965 de 23 abril de 2014. Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. In: Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 23 abr. 2014. Disponível em:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l12965.htm. Acesso em: 05 jul. 2014.

BRASIL. Lei n. 7.716, de 5 jan. 1989. Define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor. In: Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 5 jan. 1989. Disponível em:http://www.planalto.gov.br/ccivil/Leis/L7716.htm. Acesso em: 01 jul. 2014.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Ação direta de inconstitucionalidade (ADI) 4815. Julgada procedente por unanimidade. Declaração de inexigibilidade da autorização prévia para a publicação de biografias. Trecho do voto do Min. LUÍS ROBERTO BARROSO, DJU de 10/06/2015. Disponível em: http://www.stf.jus.br/arquivo/cms/noticiaNoticiaStf/anexo/ADI4815LRB.pdf. Acesso em: 04 nov.2015.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Decisão monocrática que negou seguimento ao Mandado de Segurança. Mandado de Segurança nº 30952. Rel.: Min. Luiz Fux. DJ: 19/12/2014. DOU 02/02/2015. Disponível em:http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=4165433. Acesso em: 17 mar. 2015.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Arguição de Descumprimento de preceito fundamental (ADPF) 130. Julgada procedente. Não recepção em bloco da Lei 5250/67. Voto do Relator: Min. Carlos Ayres Britto. Data do julgamento: 30 de abr.de 2009. Disponível em:http:// www.stf.jus.br/arquivo/cms/noticiaNoticiaStf/anexo/adpf130.pdf. Acesso em: 04 nov. 2015.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Habeas corpus. Publicação de livros: antissemitismo. Racismo. Crime imprescritível. Conceituação. Abrangência constitucional. Liberdade de expressão. Limites. Ordem denegada. Habeas corpus 82.424-2. Rel.: Min. Moreira Alves. Data do julgamento: 17/09/2003. DOU 19/03/2004. Disponível em: http://redir.stf.jus.br/paginadorpub/paginador.jsp?docTP=AC&docID=79052. Acesso em: 04 jul. 2014.

BRASIL. Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Decisão interlocutória. Ação Civil Pública nº 0002206-34.2014.4.01.3200. Ministério Público Federal e Ivani Valentim da Silva. Juiz federal substituto Érico Rodrigo Freitas Pinheiro. Seção Judiciária do Estado do Amazonas, DJ: 14 de fevereiro de 2014. Disponível em: http://www.pram.mpf.mp.br/news/2014/Liminar%20Portal%20Apui.pdf. Acesso em:17 de mar. de 2015.

BRASIL. Tribunal Regional Federal da 2ª Região. Acórdão de decisão que deu provimento parcial ao Agravo de Instrumento. Agravo de Instrumento 201400001010430. Rel. Reis Friede. DJ: 28/08/2014. DOU 16/09/2014. Disponível em:http://jurisprudencia.trf2.jus.br/v1/search?q=cache:yIqisGVvtIYJ:www.trf2.com.br/idx/trf2/ementas/%3Fprocesso%3D201400001010430%26CodDoc%3D293472+retirada+dos+v%C3%ADdeos+listados+pelo+MPF+da+rede+mundial+de+computadores+&client=jurisprudencia&output=xml_no_dtd&proxystylesheet=jurisprudencia&lr=lang_pt&ie=UTF-8&site=ementas&access=p&oe=UTF-8. Acesso em: 17 de mar. de 2015.

BRUGGER, Winfried. Proibição ou proteção do discurso do ódio? Algumas observações sobre o direito alemão e o americano. Trad. Maria Angela Jardim de Santa Cruz Oliveira. Revista de Direito Público, v. 15 n. 117, jan./mar. 2007. Disponível em: http://www.direitopublico.idp.edu.br/index.php/direitopublico/article/view/521/919. Acesso em: 03 jul.2014.

CANOTILHO, José Joaquim Gomes; MACHADO, Jónatas Eduardo Mendes; GAIO JÚNIOR, Antônio Pereira. Biografia não autorizada versus liberdade de expressão. Curitiba: Juruá, 2014.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. volume I; 8 edição revista e ampliada; tradução de Roneide Vanancio Majer com colaboração de Klauss Brandini Gerhardt. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

CHEQUER, Cláudio. Liberdade de expressão como direito fundamental preferencial "prima facie". Disponível em: www.cartaforense.com.br/conteudo/artigos/liberdade-de-expressao-como-direito-fundamental-preferencial-prima-facie/5776. Acesso em: 24 jan.2013.

FISS, Owen M. A ironia da liberdade de expressão: Estado, regulação e diversidade na esfera pública. Rio de Janeiro: Renovar, 2005.

GUTIÉRREZ, David Ortega. Manual de derecho de la información. Madri: Centro de Estudios Ramon Areces, 2003.

HIJAZ, Tailine Fátima. O discurso do ódio racial como limitação à liberdade de expressão no Brasil: o caso das bandas White Power. Revista Brasileira de Direito, n. 10, 2014, p. 15-32. Disponível em: http://file:///C:/Users/User/Downloads/599-2686-1-PB.pdf. Acesso em: 10 mar. 2015.

MACHADO, Jónatas Eduardo Mendes. Liberdade de expressão: dimensões constitucionais da esfera pública no sistema social. Coimbra: Coimbra, 2002.

NOWAK, John E.; ROTUNDA, Ronald D. Constitutional law. 7. ed. St. Paul: West Publishing Co., 2004.

OBSERVATÓRIO DA PRIVACIDADE E VIGILÂNCIA. Monitoramento em massa para combater crimes de ódio gera polêmica. Disponível em: http://www.cartacapital.com.br/sociedade/monitoramento-em-massa-para-combater-crimes-de-odio-gera-polemica-1118.html. Acesso em 12 mar. 2015.

RIOS, Roger Raupp. Direito da antidiscriminação: discriminação direta, indireta e ações afirmativas. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2008.

ROTHENBURG, Walter Claudius. Direitos fundamentais. São Paulo: Método, 2014.

ROTHENBURG, Walter Claudius. Princípio da proporcionalidade. In: OLIVEIRA Neto, Olavo de; LOPES, Maria Elizabeth de Castro (Org.). Princípios processuais civis na Constituição. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008, p. 283-319.

SARLET, Ingo Wolfgang; MARINONI, Luiz Guilherme; MITIDIERO, Daniel. Curso de direito constitucional. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013.

SARMENTO, Daniel. Livres e iguais. Estudos de Direito Constitucional. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2006.

SILVA, Rosane Leal da et al . Discursos de ódio em redes sociais: jurisprudência brasileira. Rev. direito GV, São Paulo, v. 7, n. 2, Dec. 2011. p.445-468. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808 4322011000200004&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 05 maio 2014.

STROPPA, Tatiana. As dimensões constitucionais do direito de informação e o exercício da liberdade de informação jornalística. Belo Horizonte: Fórum, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1981369419463

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

REVISTA ELETRÔNICA DO CURSO DE DIREITO DA UFSM - Qualis A1

RECDUFSM  /  ISSN 1981-3694   /  Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/19813694  http://periodicos.ufsm.br/revistadireito

Revista Qualis A1 área de Direito /  Classificações de Periódicos Quadriênio 2013-2016 (CAPES)