A “TERCEIRA MARGEM” DOS DIREITOS HUMANOS: PARA ALÉM DO PODER PUNITIVO VIA MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO COLETIVO

Marisa Helena D´Arbo Alves de Freitas, Renan Posella Mandarino, Larissa Rosa

Resumo


O trabalho analisa as perversidades do poder punitivo, através da ordem de busca e apreensão coletiva, e as suas consequências na efetividade dos direitos humanos. Como método de abordagem, estabelece-se um “diálogo” com o conto “A terceira margem do rio”, de João Guimarães Rosa, utilizando a literatura brasileira como instrumento de crítica ao direito. Inicialmente, discorre-se sobre as linhas gerais da inversão ideológica dos direitos humanos na perspectiva da tutela penal, com a finalidade de demonstrar as armadilhas existentes na idealização do discurso garantista. Em seguida, perpassa-se ao exame do mandado de busca e apreensão coletivo e seu confronto com os direitos fundamentais. Mais a frente, o trabalho apresenta a literatura rosiana para a compreensão crítica do tema em debate, traçando uma interpretação analógica entre “A terceira margem do rio” e os direitos humanos. A conclusão é que o conteúdo abstrato e normativo dos direitos humanos não limita o controle punitivo.


Palavras-chave


Busca e apreensão coletiva, Direitos humanos, Poder punitivo, Tutela penal.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Vera Regina Pereira de. A ilusão de segurança jurídica: do controle da violência à violência do controle penal. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2003.

BIZZOTTO, Alexandre. A inversão ideológica do discurso garantista: a subversão da finalidade das normas constitucionais de conteúdo limitativo para ampliação do sistema penal. Rio de Janeiro: Editora Lumen Juris, 2009.

BRASIL. Ministério da Justiça Governo Federal. Estatística InfoPen. Disponível em: http://www.justica.gov.br/seus-direitos/politica-penal/transparencia-institucional/estatisticas-prisional/anexos-sistema-prisional/total-brasil-junho-2013.pdf. Acesso em: 20 dez. 2014.

BUHLER, Andréa de Morais Costa. As margens do devaneio: uma análise do conto “A terceira margem do rio” de João Guimarães Rosa. Revista Graphos, João Pessoa, v. 8, nº 1, p.59-62, jan./jul. 2006.

CONSULTOR JURÍDICO. Mandado coletivo revista casas e favelas no Rio de Janeiro. Disponível em: http://www.conjur.com.br/2014-mar-31/justica-mandado-coletivo-revista-casas-favela-rio-janeiro. Acesso em: 05 mar. 2015.

CARVALHO, Salo de. O papel dos atores do sistema penal na era do punitivismo: o exemplo privilegiado da aplicação da pena. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2010.

CARVALHO, Salo dE. Antimanual de criminologia. 4. ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2011.

CORRÊA, Douglas. Mandado de busca coletivo autoriza revista a casas do Complexo da Maré. UOL notícias cotidiano, Rio de janeiro, 30 mar. 2014. Disponível em: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2014/03/30/mandado-de-busca-coletivo-autoriza-revista-a-casas-do-complexo-da-mare.htm. Acesso em: 03 abr. 2015.

COUTINHO, Afrânio. Caminhos do pensamento crítico. 1. ed. Vol. 2. Rio de Janeiro: Americana Prolivro, 1974.

COUTINHO, Afrânio. A literatura no Brasil: era modernista. 4. ed. Vol. 5. São Paulo: Global, 1997.

FALEIROS JÚNIOR, Roberto Galvão. Tutela penal e teoria crítica de direitos humanos: uma intersecção crítico-dialética marginal. 2012. 204 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Franca, 2012.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: história da violência nas prisões. Tradução de Ligia M. Pondé Vassalo. Petrópolis: Vozes, 1987.

FOUCAULT, Michel. Em defesa da sociedade. Tradução de Maria Hermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

G1 GLOBO. SSPDS cumpre mandado de busca e apreensão coletivo em comunidade. Disponível em: http://g1.globo.com/ceara/noticia/2014/08/sspds-cumpre-mandado-de-busca-e-apreensao-coletivo-em-comunidade.html. Acesso em: 19 jan. 2015.

GALLARDO MARTÍNEZ, Helio. Teoría crítica: matriz y posibilidad de derechos humanos. Murcia: Editado por David Sánchez Rubio, 2008.

GARLAND, David. A cultura do controle: crime e ordem social na sociedade contemporânea. Pensamento criminológico, vol. 16. Rio de Janeiro: Revan, 2008.

GIDDENS, Anthony. Modernidade e identidade. Tradução de Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.

GRANDUQUE JOSÉ, Caio Jesus. A construção existencial dos direitos humanos. 2009. 194 f. Dissertação (Mestrado em Direito) – Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Franca, 2009.

HERRERA FLORES, Joaquín. Los derechos humanos como produtos culturales: crítica del humanismo abstracto. Madrid: Los Libros De La Catarata, 2005.

HERRERA FLORES, JoaquíN. La Reinvención de los Derechos Humanos. Colección Ensayando. Sevilla: Atrapasueños, 2007.

LOPES JUNIOR, Aury. Introdução crítica ao Processo Penal: Fundamentos da Instrumentalidade Constitucional. 4. ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2006.

LOPES JUNIOR, Aury. Direito Processual Penal. 11. ed. São Paulo: Saraiva, 2014.

PITOMBO, Cleunice Valentim Bastos. Licitude da prova obtida por meio da busca e da apreensão. In: VILARD, Celso Sanchez; PEREIRA, Flávia Rahal Bresser; NETO, Theodomiro Dias Neto. Direito penal econômico: crimes econômicos e processo penal. São Paulo: Saraiva, 2008.

ROSA, João Guimarães. A terceira margem do rio. In: Primeiras estórias. 40. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1988.

SÁNCHEZ RÚBIO, David. Reversibilidade do direito: os direitos humanos na tensão entre o mercado, os seres humanos e a natureza. Revista de Estudos Criminais, ano VI, nº 22. Porto Alegre: Notadez/PPGCRIm PUCRS/ITEC, 2006.

SÁNCHEZ RÚBIO, David. Encantos e desencantos dos direitos humanos: emancipações, libertações e dominações. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2014.

SARLET, Ingo Wolfgang; NETO, Jayme Weingartner. A inviolabilidade do domicílio e seus limites: o caso do flagrante delito. Revista de Direitos Fundamentais e Democracia, Curitiba, v. 14, nº 14, p. 544-562, jul./dez. 2013.

ZAFFARONI, Eugenio Raúl. Em busca de las penas perdidas: Deslegitimacion y dogmática juridico-penal. 2. ed. Buenos Aires: EDIAR, 1998.

ZAFFARONI, Eugenio Raú; BATISTA, Nilo; ALAGAIA, Alejandro; SLOKAR, Alejandro. Direito penal brasileiro: primeiro volume – parte geral. Rio de Janeiro: Revan, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1981369418759

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

REVISTA ELETRÔNICA DO CURSO DE DIREITO DA UFSM - Qualis A1

RECDUFSM  /  ISSN 1981-3694   /  Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/19813694  http://periodicos.ufsm.br/revistadireito

Revista Qualis A1 área de Direito /  Classificações de Periódicos Quadriênio 2013-2016 (CAPES)