Corporeidade e ludicidade nas séries iniciais do ensino fundamental: crenças, dúvidas e possibilidades

Lucia Helena Pena Pereira

Resumo


Este estudo teve como objetivo compreender dificuldades encontradas para que a corporeidade e a ludicidade possam ser mais vivenciadas em sala de aula das séries iniciais do Ensino Fundamental. A pesquisa de campo de cunho qualitativo teve a colaboração de quatro professoras de escolas públicas de Minas Gerais. Constatou-se que a corporeidade e a ludicidade são aspectos relevantes na realidade do educador desta etapa e que se faz necessária nova compreensão destes aspectos. As atividades lúdicas se apresentam como possibilidade valiosa de trabalhar a corporeidade, a criatividade e a expressividade tanto do educando quanto do educador. Também se mostram como uma contribuição para o fortalecimento dos laços afetivos professor-aluno e para o desenvolvimento das dimensões afetiva, cognitiva e motora da criança.

Palavras-chave


Corporeality; Playfulness; Initial series of elementary school.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/198464449225

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar