Animalidade, Moral e Subjetivação: pelo reconhecimento da alteridade para além do outro-humano

Rodrigo Avila Colla

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/198464445671


O presente texto discute a animalidade enquanto qualidade intrínseca do humano. Atenta para seu potencial como esfera formativa sensível e a defende como uma via para criação de modos de subjetivação alternativos. Busca desvelar certo condicionamento natural inerente às leis morais e demonstrar como elas recaem, em alguma medida, numa perspectiva segregacionista e acabam por negar a alteridade. Utiliza-se de revisão teórica de autores tais como Friedrich Nietzsche (2005), Friedrich Schiller (2002) e Félix Guattari (1992; 2003). Nietzsche e Schiller ajudam a situar a gênese da moral e as motivações que levam o humano à socialização. Guattari, por sua vez, contribui para a fundamentação de um paradigma alternativo de subjetivação no que tange ao tópico da animalidade. Esse paradigma visa a dar margem a vias de subjetivação heterogêneas e abertas à alteridade absoluta, esfera de infinita alternativas subjetivantes. Por fim, sugere-se que a animalidade seja repensada como elemento de potenciação da sensibilidade na Educação, criando, assim, um contingente expansível de possibilidades de devires que podem contribuir com a educação moral na contemporaneidade.
Palavras-chave: Animalidade; Educação Moral; Subjetivação.


Palavras-chave


Animalidade; Educação moral; Subjetivação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/198464445671

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar