Diretrizes de universidades públicas: estudo sobre regras e comportamento estudantil

Victor Henrique Souza Cunha, Raphael Nunes Teixeira, Janine Coelho Correa, Kester Carrara

Resumo


Estatutos e regimentos são documentos utilizados pelas universidades públicas para estabelecer normas sobre o funcionamento do sistema acadêmico em vários âmbitos. Esta pesquisa tratou de identificar, descrever e analisar, no Estatuto e Regimento da Unesp, com referencial teórico da Análise do Comportamento, regras relacionadas ao ensino na graduação, utilizando a contingência de três termos como unidade de análise. A partir da seleção de termos, foram identificadas e analisadas 15 contingências. Dos resultados conclui-se que esse procedimento pode indicar como as regras (comportamentais), aplicadas à dimensão educacional, no planejamento do ensino superior na universidade estudada, poderiam ser mais claras, efetivas e mais democráticas em suas prescrições.

Palavras-chave


Diretrizes normativas; Educação superior; Behaviorismo

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, L. C. de; PARACAMPO, C. C. P. Análise do controle por regras. Psicologia USP, v. 21, n. 2, p. 253–273, jun. 2010.

ALBUQUERQUE; L. C.; MESCOUTO; W. A.; PARACAMPO, C. C. P. Controle por regras: efeitos de perguntas, sugestões e ordens. Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento, Veracruz, v. 19, n. 1, p. 19-42, 2011. Disponível em: . Acesso em: 29 de maio de 2016

BAUM, W.M. Compreender o Behaviorismo: comportamento, cultura e evolução. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006. 312 p. (Original em inglês, publicado em 2005)

BRASIL. Lei Nº 9.503, de 27 de Setembro de 1997. Institui o Código de Trânsito Brasileiro. Brasília: 1997. Disponível em: . Acesso em: 1 de maio de 2017.

BRASIL. Lei Nº 4.657, de 4 de Setembro de 1942. Lei de Introdução às normas do Direito Brasileiro. Rio de Janeiro: 1942. Disponível em: . Acesso em: 2 de maio de 2017.

DANTAS, L Z.; TEIXEIRA JÚNIOR, R. R. T. Regras em uma resolução da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e seus efeitos no comportamento de alunos e professores. Universitas: Ciências da Saúde, Brasília, v. 12, n. 1, p. 15-27, jan./jun. 2014.

KUBO, O. M.; BOTOMÉ, S. P. A transformação do conhecimento em comportamentos profissionais na formação do psicólogo: as possibilidades nas diretrizes curriculares. In: BRANDÃO, M. Z. et al. (Org.). Sobre comportamento e cognição: a história e os avanços, a seleção por consequências em ação. Santo André: ESETec, 2003. v. 11. p. 483-496.

CABRAL, C. Z. Descrição e análise das contingências presentes na proposta de estatuto da pessoa com deficiência. 178 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Universidade Estadual Paulista, Bauru, 2007.

DITTRICH, A. Behaviorismo radical, ética e política: aspectos teóricos do compromisso social. 480 f. Tese (Doutorado em Filosofia) – Departamento de Filosofia e Metodologia das Ciências, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2004.

DITTRICH, A. Sobrevivência ou colapso? B. F. Skinner, J. M. Diamond e o destino das culturas. Psicologia: Reflexão e Critica, Porto Alegre, v. 21, n.2, p. 252-260, 2008. Disponível em: . Acesso em: 29 de maio de 2016.

GLENN, S. S. Metacontingencies in Walden Two. Behavior Analysis and Social Action, v. 5, ns, p. 2–8, 1986.

LOURENCETTI, L. A. Descrição e Análise de Contingências Presentes em Legislações Referentes à Mobilidade Urbana. 2015. 196f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - UNESP, Faculdade de Ciências, Bauru, 2015.

MATOS, M. A. Comportamento governado por regras. Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva, São Paulo, v. 3, n. 2, p. 51-66, 2001

Moreira, M. B., Medeiros, C. A. Princípios básicos de análise do comportamento. Porto Alegre: Artmed, 2007.

PARACAMPO, C. C. P.; ALBUQUERQUE; L. C. Comportamento controlado por regras: revisão crítica de proposições conceituais e resultados experimentais. Interação em Psicologia, Curitiba, v. 9, n. 2, p. 227-237, 2005. Disponível em: . Acesso em: 29 de maio de 2016

SIDMAN, M. Coerção e suas implicações. Tradução de Maria Amália Andery e Tereza Maria Sério. Campinas: Editora Livro Pleno, 2009. 301 p. (Original em inglês, publicado em 1989).

SKINNER, B. F. Ciência e Comportamento Humano. 11. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003. 489 p. (Original em inglês, publicado em 1953).

SKINNER, B. F. Contingências do Reforço: Uma Análise Teórica. Em: Os pensadores. 2. ed. São Paulo: Abril Cultural, 1984, p. 161-396. (Original em inglês, publicado em 1969).

SKINNER, B. F. Selection by Consequences. Science, v. 213, n. 4507, p. 501-504, 1981.

SKINNER, B. F. Sobre o Behaviorismo. Tradução de Maria da Penha Villalobos. 15. ed. São Paulo: Editora Cultrix, 2009. 216 p. (Original em inglês, publicado em 1974).

SOUZA, V. B.; CARRARA, K. Delineamentos culturais: transferência de controle de reforçadores arbitrários a naturais e de imediatos a atrasados. Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 83-98, 2013. Disponível em: . Acesso em: 29 de maio de 2016.

TODOROV, J. C.; MOREIRA, M. B.; MOREIRA, M. Contingências entrelaçadas e contingências não-relacionadas. In: J. C. TODOROV; R. C. MARTONE; M. B. MOREIRA Metacontingências: comportamento, cultura e sociedade. Santo André, SP: ESETec. p. 55-59, 2005.

TODOROV, J. C.; MOREIRA, M.; PRUDÊNCIO, M. R. A.; PEREIRA, G. C. C. O Estatuto da Criança e do Adolescente como metacontingência. In: M. Z. S. BRANDÃO; F. C. S. CONTE; F. S. BRANDÃO; Y. K. INGBERMAN; V. M. DA SILVA; S. M. OLIANE. (Org.). Sobre comportamento e cognição: contingências e metacontingências, contextos socioverbais e o comportamento do terapeuta. 1ª ed. Santo André: ESETec, Vol. 13, p. 44 -51, 2004

UNESP, Sobre a UNESP - Perfil. Disponível em: . Acesso em: 28 de maio de 2016.

UNESP. Estatuto da UNESP. Resolução UNESP nº 21, de 21 de fevereiro de 1989. Disponível em: . Acesso em: 29 de maio de 2016.

UNESP. Regimento Geral da UNESP. Aprovado pelo decreto nº 10.161, de 18 de agosto de 1977. A UNESP rege-se por seu Estatuto e por esse Regimento Geral. São Paulo. 1977. Disponível em: . Acesso em: 29 de maio de 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1984644427721

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao

 


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

 

Periodicidade – Publicação contínua

 

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar