O método como conteúdo: o ensino de história com fontes patrimoniais

Evandro Cardoso do Nascimento

Resumo


Este artigo apresenta resultados de uma pesquisa realizada com alunos da 3ª série do ensino médio de um colégio de Matinhos/PR em 2013. Partindo da concepção proposta por Zaragoza (1989) que a inserção do método histórico como conteúdo é fator indispensável a uma aprendizagem histórica significativa, optou-se por utilizar fontes patrimoniais em sala de aula objetivando o desenvolvimento da consciência histórica dos alunos (RÜSEN, 2001). A metodologia de ensino foi a Aula Oficina (BARCA, 2004) em que o professor é caracterizado como o organizador das atividades problematizadoras e os alunos agentes de sua própria formação. Os resultados acendem um método para a utilização de fontes primárias no ensino onde o patrimônio é posto em evidência.


Palavras-chave


Educação Histórica; Literacia Histórica; Patrimônio Histórico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/1984644415169

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar