Análise jurídico fundiária em cidades da mesorregião potiguar: apontamentos de Instrumentos legais para a promoção da regularização fundiária de interesse social

Carla Caroline Alves Carvalho, Almir Mariano de Sousa Junior, Daniela de Freitas Lima, Manoel Mariano Neto da Silva

Resumo


Considerando o predominante quadro de informalidade urbana no Brasil é importante notar que esse fato está associado com a ocupação da população em situação de vulnerabilidade socioecômica. A moradia regular é um direito social que integra outros direitos constitucionais como o trabalho, lazer, educação e saúde. Nessa perspectiva, é a partir da implantação da regularização fundiária de interesse social que surge a oportunidade de mudar a história, dado que ao morar regularmente é possível fazer parte efetivamente da cidade. Portanto, estudar a área a ser regularizada observando todos os seus aspectos é imprescindível para a determinação de um instrumento que melhor se adeque a cada realidade e assim reduzir custos, tempo e ganhar qualidade no serviço prestado.  Diante disso, essa pesquisa tem como objetivo realizar uma análise jurídico fundiária de municípios da mesorregião potiguar, Estado do Rio Grande do Norte e a partir de então apontar os instrumentos legais a serem utilizados na regularização Fundiária de Interesse Social. Para efetivação dessa pesquisa adota-se quanto ao método de abordagem um estudo qualitativo e quantitativo, quanto ao objetivo um estudo de caso e por fim, quanto aos procedimentos adotados na coleta de dados trata-se de uma pesquisa documental e de campo.


Palavras-chave


Regularização Fundiária de Intesse Social; Análise Jurídico Fundiária; Instrumentos legais; Mesorregião Potiguar

Texto completo:

PDF

Referências


Appolinário, F. Dicionário de Metodologia Científica. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2011. 295p.

BRASIL. Constituição (1988). Artigo nº 6, de 5 de outubro de 1988. Constituição da República Federativa do Brasil. São Paulo: Saraiva, 1990.

BRASIL. Lei nº 11977, de 07 de julho de 2009. Dispõe sobre o Programa Minha Casa, Minha Vida – PMCMV e a regularização fundiária de assentamentos localizados em áreas urbanas. Brasília, DF.

BRASIL. Ministério das Cidades. Secretaria Nacional de Habitação e Secretaria Nacional de Programas Urbanos. Regularização Fundiária Urbana: como aplicar a Lei Federal n° 11.977/2009. Brasília: 2010. Disponível em: . Acesso em: 01 mar. 2015.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. IBGE. Característica Urbanísticas dos Entornos dos Domicílios. Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro: IBGE, 2012.

FERNANDES, Edésio. Regularização de Assentamentos Informais na América Latina. Cambrige: Lincoln Institute Of Land Policy, 2011.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MARICATO, Emínia. Conhecer para resolver a cidade ilegal. In: ASTRIOTA, L.B. (org.) Urbanização Brasileira: Redescobertas. Belo Horizonte: editora Arte, 2003. p. 78-96.

MARICATO, E.; et al. Cidades Rebeldes: passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil. 1ª Ed. São Paulo: Boitempo: Carta Maior, 2013.

PAIVA, João Pedro Lamana. Regularização Fundiária de Interesse Social. São Paulo: Iribid, 2012.

PROGRAMA ACESSO À TERRA URBANIZADA. Meta 1: Produtos: Capacitação da Equipe; Trabalho Social; Cartografia Básica; Regularização da Base Imobiliária.. Pau dos Ferros: Daniela, 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130821329

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.