COMPATIBILIZAÇÃO DE PROJETO ARQUITETÔNICO, ESTRUTURAL E SANITÁRIO: UMA ABORDAGEM TEÓRICA E ESTUDO DE CASO

Almir Mariano de Sousa Junior, Clivia Corina Lima Lobo Maia, Prisciliane Roberta Paula de Azevedo

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/2236130812787

A urgente necessidade da valorização da atividade de projeto e gestão de projeto tem se destacado no âmbito dos novos avanços e dinâmicas que a construção civil vem adotando no país. Quando atividade de projeto e relegada para segundo plano os erros e patologias nas edificações são indicativos da necessidade de compatibilização de projetos, a fim de amenizar os altos índices de retrabalhos e desperdícios. Embora os diversos avanços nas ferramentas que viabilizam a compatibilização entre projetos, ainda são notórias as dificuldades que algumas empresas têm em adotar, sejam por fatores financeiros ou por desconhecimento da importância da gestão de projetos. No intuito de apresentar a problemática abordada neste artigo, foram utilizadas pesquisas bibliográficas em trabalhos de diversos estudiosos e pesquisadores que abordam o tema da importância da compatibilização de projetos. Foi apresentado também um estudo de caso, onde foram avaliadas e demonstradas as interferências entre projetos de arquitetura e estrutura com os demais projetos complementares. Foi constatado durante a compatibilização realizada que os projetos possuíam diversas interferências entre si que certamente ocasionariam retrabalhos e diversas decisões não planejadas, que seriam tomadas durante a execução da obra no intuito de reparar as diversas interferências devidas a falta de compatibilização.


Palavras-chave


Compatibilização; Gestão de projetos; Importância dos projetos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130812787

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.