COMPOSTAGEM COMO ALTERNATIVA DE DESTINAÇÃO PARA O LODO FLOTADO DE ABATEDOURO DE FRANGOS

Cristiane Graepin, Andrise Janaína Follmann, Joseane Kölzer Schroeder, Francieli Neuhaus, Alexandre Couto Rodrigues, Pedro Daniel da Cunha Kemerich

Resumo


Qualquer atividade humana leva à produção de resíduos, no entanto a sociedade exige continuamente a manutenção e melhoria das condições ambientais, onde diversas técnicas de reaproveitamento ou transformação de resíduos podem ser utilizadas. Uma das técnicas que vem sendo amplamente empregada é a compostagem, onde ocorre a degradação biológica, aeróbica ou anaeróbica de resíduos orgânicos, de modo a produzir uma substância húmica para condicionar o solo. Os abatedouros de frangos constituem-se de grandes fontes geradores de poluição principalmente das águas. Dessa forma o presente trabalho relata a aplicação da compostagem como forma de disposição do lodo gerado no tratamento de efluentes de um abatedouro de frangos. Foram aplicados três tratamentos diferenciados e avaliou-se alguns parâmetros como temperatura, odor, moscas, formigas, larvas na leira, chorume e larvas no chorume e umidade, pH, Nitrogênio, Fósforo, Carbono e potássio. Os resultados apresentaram-se satisfatórios, havendo para cada parâmetro suas particularidades em aspectos positivos e negativos.


Palavras-chave


resíduos, matéria orgânica, abatedouro de frangos, destinação ambientalmente correta.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130815161

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.