APLICAÇÃO DE INDICADORES DE FRAGILIDADE DO SISTEMA DE NATUREZA AMBIENTAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CINTRA-MG

Valdevino José dos Santos Júnior, Carolina Oliveira Santos

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/2236130814863

Os problemas decorrentes da urbanização desordenada são devido à inexistência de políticas de desenvolvimento urbano, como os planos diretores (RIBEIRO e ROOKE, 2010). Neste contexto, o objetivo deste estudo é utilizar Indicadores de Fragilidade do Sistema (IFS) de natureza ambiental e aplicá-los na bacia hidrográfica do rio Cintra em Montes Claros-MG, com intuito de identificar os fatores que interferem no sistema de drenagem pluvial urbano bem como o grau de fragilidade da bacia. Para isto, foram selecionados três pontos de estudo (PEs) na bacia, a citar: nascente, médio curso e foz do rio, para a aplicação dos indicadores de fragilidade do sistema de natureza ambiental. Na bacia identificou-se processos erosivos, interações negativas dos sistemas de drenagem com efluentes domésticos, resíduos sólidos, dentre outros. Os Índices Geral de Fragilidade (IGFs) encontrados foram 57, 49 e 72, respectivamente para a nascente, médio curso e foz do rio, caracterizando alto grau fragilidade sob o aspecto ambiental, variando entre Forte a Muito Forte. Conclui-se que a utilização de indicadores de fragilidade é de suma importância para a gestão pública, sobretudo como uma ferramenta para a identificação de fatores intervenientes e de fragilidade dos sistemas de drenagem pluvial urbano.


Palavras-chave


Drenagem Urbana; Avaliação ambiental; Percepção ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130814863

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.