Impactos socioambientais e a conservação do Córrego Bandeira em Campo Grande - MS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/2236130865737

Palavras-chave:

Bacia Hidrográfica, Corpos Hídricos, Expansão Urbana

Resumo

Esse trabalho tem como objetivo analisar os impactos socioambientais que comprometem a conservação do Córrego Bandeira em Campo Grande-MS.  Foram realizados levantamentos bibliográficos, mapeamento da área da pesquisa por imagens de satélite, mapas e tabelas para organização dos dados. O Córrego Bandeira integra a Bacia Hidrográfica do Córrego Bandeira, uma das mais importantes do município de Campo Grande, sendo que nela se localiza a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). O Córrego vem sofrendo constantemente com a expansão urbana e as atividades antrópicas ao seu redor que geram impactos ambientais, a saber: desmatamento de suas margens; assoreamento; alagamento; perca da qualidade de água; poluição as margens e mau cheiro. São necessários mais estudos e a criação e implementação de estratégias de conservação bem como a sensibilização das pessoas para promover a diminuição dos impactos que interferem na qualidade do Córrego.

Biografia do Autor

Felipe Gavioli Diniz, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, MS

Acadêmico de Geografia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Maria do Socorro Ferreira da Silva, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE

Professora Associada do Departamento de Geografia e da Pós-Graduação do Programa de Pós-Graduação em Rede Nacional para o Ensino das Ciências Ambientais (PROFCIAMB) da Universidade Federal de Sergipe. Graduada, Mestre, Doutora e Pós-Doutora em Geografia.

Maria Helena da Silva Andrade, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, MS

Professora associada da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), na Faculdade de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo e Geografia - FAENG. Mestre e doutora em Ecologia.

Referências

BAPTISTA, M.; CARDOSO, A. Rios e Cidades: uma longa e sinuosa história. Revista UFMG, Belo Horizonte, v. 20, n. 2, p. 124-153, dez. 2013.

BARBOSA, E.; SILVA, P. Análise ambiental das bacias hidrográficas do espaço urbano de Campo Grande/MS. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE RECURSOS HÍDRICOS, 21, Brasília. Anais [...] Brasília: ABRH, 2015. p. 1-8.

BELIZÁRIO, W.; S. Impactos Ambientais Decorrentes da Expansão Urbana no Córrego Pipa em Aparecida de Goiânia, Goiás. Mirante, Anápolis, v. 7, n. 2, p. 58-77, dez. 2014.

BRIGANTE, J.; ESPÍNDOLA, E. L. G. Limnologia fluvial: um estudo no rio Mogi-Guaçu. 2° edição. São Carlos: Rima, 2003. 255 p.

CABRAL, J. B. P. Estudo do processo de Assoreamento em reservatórios. Caminhos da Geografia, Uberlândia, v. 14, n. 6, p. 62-69, fev. 2005.

CAMPO GRANDE. Agência Municipal do Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Org.) Diagnóstico Ambiental da Bacia do Córrego Bandeira. Campo Grande, 2017. Disponível em: http://www.campogrande.ms.gov.br/planurb/wpcontent/uploads/sites/18/2020/08/DIAG-BANDEIRA-FINAL.pdf. Acesso em: 1 jan. 2021

CAMPO GRANDE. Qualidade das águas superficiais de Campo Grande – MS. Relatório Anual de 2015. Campo Grande, 2015. Disponível em: http://www.campogrande.ms.gov.br/semadur/canais/corrego-limpo-cidade-vida-relatorios-anuais/. Acesso em: 29 dez. 2020.

CAMPO GRANDE. Qualidade das águas superficiais de Campo Grande – MS. Relatório Anual de 2019. Campo Grande, 2019. Disponível em: http://www.campogrande.ms.gov.br/semadur/canais/corrego-limpo-cidade-vida-relatorios-anuais/. Acesso em: 5 mai. 2020.

CAMPO GRANDE. Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Org.). Bacia Hidrográfica Córrego Bandeira: é bom saber. Campo Grande, 2018. Disponível em: http://www.campogrande.ms.gov.br/planurb/wp-content/uploads/sites/18/2018/11/Folheto-Bandeira.pdf. Acesso em: 5 mai. 2020.

CONAMA. Resolução nº 057, de 15 de março de 2005. Brasília. 18 mar. 2005. p. 58-63.

CONFALONIERI, U.; HELLER, L.; AZEVEDO, S. Água e Saúde: Aspectos Globais e Nacionais. In: BICUDO, C. E. M; TUNDISI, J. G; SCHEUENSTUHL, M. C. B. (Org.). Águas do Brasil: análises estratégicas. São Paulo: Academia Brasileira de Ciências e Instituto de Botânica, 2010. p. 25-38.

CRISPIM, A. B.; SOUZA, S. N. Degradação, impacto ambiental e uso da terra em Bacias Hidrográficas: o contexto da Bacia do Pacoti/CE. Acta Geográfica, Boa Vista, v. 10, n. 22, p. 17-33, jan./abr. 2016.

ECONSERVATION. Avaliação e Análise dos Impactos Ambientais. São Mateus, 2017. 21 p.

IBGE. 2008. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/geociencias/cartografia/default_dtb_int.shtm. Acesso em: 15 dez. 2020.

OLIVEIRA, C. V. C. Impactos ambientais por urbanização acelerada no Lago do Amor em Campo Grande/MS. 2018. 83 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade Brasil, São Paulo, 2018.

PIRES, J. S. R.; SANTOS, J. E.; DEL PRETTE, M. E. A Utilização do Conceito de Bacia Hidrográfica para a Conservação dos Recursos Naturais. In: SCHIAVETTI, A; CAMARGO, A. F. M. (Org.). Conceitos de Bacias Hidrográficas: teorias e aplicações. 2° edição. Ilhéus: Editus, 2002. p. 17 - 35.

PROEMA. 5. Identificação e avaliação dos impactos ambientais. São Luiz, 2015. 63 p.

ROCHA, A. A.; VIANNA, P. C. G. Bacia Hidrográfica como Unidade de Gestão de Água. In: SEMILUSO, 2° edição, João Pessoa. Anais [...] João Pessoa: MMA, 2008. p. 1-8.

SILVA, R. F.; SANTOS, V. A.; GALDINO, S. G. Análise dos impactos ambientais da Urbanização sobre recursos hídricos na sub-bacia do Córrego Vargem Grande em Montes Claros - MG. Caderno de Geografia, Montes Claros, v. 26, n. 47, p. 966-978, jul. 2016.

SANTOS, A. L. Diagnóstico de percepção sanitária e ambiental dos moradores próximo ao curso baixo do Córrego Jacaré no jardim Ipanema em Várzea Grande-MT. 2016. 41 f. TCC (Graduação de Gestão Ambiental) - IFMT, Cuiabá, 2016.

SANTOS, A. R. Recuperação de rios assoreados e identificação de poluentes e métodos de controle de despoluição. In: SANTOS, A. R. Disciplina de Climatologia. Vitória: Ufes, 2013. p. 1-244.

SOBRINHO, T. A. O Lago do Amor em questão - UMFS. Campo Grande: HEroS, UFMS - FAENG, 2017. 4 p.

SOUZA, A.; BERTOSSI, A. P. A.; LASTORIA, G. Diagnóstico temporal e espacial da qualidade das águas superficiais do Córrego Bandeira, Campo Grande, MS. Revista Agro@mbiente On-line, Boa Vista, v. 9, n. 3, p. 227-234, set. 2015.

TUCCI, C. E. M. Água no meio urbano. In: REBOUÇAS. A. C; BENEDITO, B; TUNDISI, J. G (Org). Águas doces no Brasil: capital ecológico, uso e conservação. 1ª edição. São Paulo: Escrituras Editora, 1997. p. 475 - 508.

Downloads

Publicado

2021-07-02

Como Citar

Diniz, F. G., Silva, M. do S. F. da, & Andrade, M. H. da S. (2021). Impactos socioambientais e a conservação do Córrego Bandeira em Campo Grande - MS. Revista Monografias Ambientais, 1, e5. https://doi.org/10.5902/2236130865737

Edição

Seção

PROBLEMAS AMBIENTAIS