CONTROLE E PREVISÃO DE NÍVEIS DE RUÍDO E VIBRAÇÕES GERADOS PELO DESMONTE DE ROCHAS COM EXPLOSIVOS

Felipe Tavares Dorneles, Luis Eduardo de Souza, Raul Oliveira Neto

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/2236130814410

De maneira geral, os crescimentoseconômico e populacional aumentam a demanda por recursos minerais e, a cadaano, podemos observar pedreiras e mineradoras cada vez maiores e mais próximasàs aglomerações urbanas, de modo que seus efeitos sobre as populações são maisnotados. Dentre os efeitos das atividades mineiras sobre o meio ambiente, osoriundos do impacto do uso de explosivos são geralmente mais lembrados pelaopinião pública, sendo que numa operação de desmonte com explosivos típica,cerca de 20-30% da quantidade total de energia do explosivo é utilizada nafragmentação de rocha, enquanto que o restante é perdido na forma de vibraçõesno terreno, ruído e calor. Desta forma, há um risco real associado com estaoperação, tanto para seres humanos quanto para o meio-ambiente. Além disso,pela sensibilidade humana às vibrações e ao ruído, sempre que uma operação dedesmonte é realizada próxima a uma área urbana, reclamações da comunidade sãouma constante, mesmo que os níveis destes impactos estejam abaixo dos limitesexigidos pela legislação. Nestesentido, este trabalho está inserido no desenvolvimento de um programa demonitoramento dos níveis de vibração e ruído provocados por desmonte comexplosivo, nas várias cavas de calcário atualmente explotadas no município deCaçapava do Sul, com o objetivo de propor um modelo matemático para a atenuaçãodestas vibrações. A partir da obtenção destas equações de atenuação, espera-seelaborar um zoneamento das cargas máximas por espera a serem praticadas nasáreas em estudo, proporcionando melhorias na rotina das empresas no que serefere à fragmentação, além de pautar os níveis de vibração e ruído nos limitesconsiderados toleráveis pela legislação atual.

Palavras-chave


Desmonte de rochas, explosivos, impactos ambientais, ruídos, vibração.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130814410

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.