PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS: ESTUDO DE CASO EM USINA DE TRIAGEM

Carlos Eduardo Balestrin Flores, Jacson Rodrigues França, Rafael Borth da Silveira, Willian Fernando de Borba, Bruno Acosta Flores, Aline Custódio Ferrão Passini, Pedro Daniel da Cunha Kemerich, Thais Prestes Stein, Alexandre Couto Rodrigues

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/2236130810938

O processo de destinação/disposição ambientalmente adequada dos resíduos sólidos urbanos, tem se tornado alvo de pesquisas e incentivos por parte dos órgãos governamentais. Com base nisso, o presente estudo tem por objetivo analisar o sistema de gestão de resíduos sólidos urbanos em uma unidade de triagem, no município de Seberi - RS. A unidade de estudo é um consórcio formado por 30 municípios, que destinam seus resíduos diariamente para o processo de triagem e disposição final ambientalmente adequado. Foi possível perceber que a maior quantidade de materiais presentes no resíduo reciclável é plástico, sendo o município de Frederico Westphalen o que mais contribui diariamente. Com base nisso, foi possível concluir que os municípios consorciados devem investir pesado em um sistema de coleta seletiva, que acarretaria em melhores condições dos materiais recicláveis, aderindo maiores valores e diminuindo os custos de manutenção da unidade.

 


Palavras-chave


Consórcio público, gestão de resíduos sólidos, triagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130810938

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.