WASTE COLLECTORS COOPERATIVES AND REVERSE LOGISTICS NETWORKS: DOUBLE CASE STUDY

Francieli Aparecida de Almeida, Ana Paula Severo Viana, Ágata Maitê Ritter, Miguel Afonso Sellitto

Abstract


The objective of the article was to analyze the functioning of two cooperatives that provide processed waste required by industries in the city of São Leopoldo, RS. The research method was the double case study. Two out of the six cooperatives in operation in the city were studied. Documentation of the cooperative and produced by the municipal public authority were consulted, non-participant observations and interviews with the Presidents of cooperatives were made. One of the cooperatives receives only materials from selective collection, while the other receives the entire home collection. The cooperative that receives selected stuff, despite being more recent and less structured, provides more income to their members. The material recovered by both cooperatives is sold to intermediaries who give scale to the operation and sell to industry as recovered raw material. It was concluded that the role of cooperatives in the reverse chain is to retrieve post-consumer materials and act as a supplier of raw materials for industry. Additionally, cooperatives play social role to low-income communities, by providing jobs and income alternatives, and environmental role, by contributing to the reduction of pressure on landfills and incineration of municipal solid waste.


Keywords


Cooperatives, Solid Waste, Reverse Logistics, Recycling Landfills.

References


ABRELPE. Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais. Panorama de Resíduos Sólidos no Brasil. 2012. São Paulo. Disponível em http://www.abrelpe.org.br/Panorama/panorama2012.pdf, acesso em out/2013.

ADLMAIER, D.; SELLITTO, M. Embalagens retornáveis para transporte de bens manufaturados: um estudo de caso em logística reversa. Produção, v.17, n.2, p.395-406, 2007.

ANDRADE, R.; FONSECA, C.; MATTOS, K. Geração e destino dos resíduos eletrônicos de informática nas instituições de ensino superior de Natal-RN. HOLOS, v.26, n.2, p.100-112, 2010.

AQUINO, I.; CASTILHO JR., A.; PIRES, T. A organização em rede dos catadores de materiais recicláveis na cadeia produtiva reversa de pós-consumo da região da grande Florianópolis: uma alternativa de agregação de valor. Gestão & Produção, v.16, n.1, p.15-24, 2009.

BALLOU, R. Gerenciamento da cadeia de suprimentos: planejamento, organização e logística empresarial. Porto Alegre: Bookmann, 2005.

BARKER, T.; ZABINSKY, Z. A multicriteria decision making model for reverse logistics using analytical hierarchy process. Omega, v.39, n.5, p. 558–573, 2011.

BELTRAME, T.; LHAMBY, A.; NUNES, A.; SCHMIDT, A. Diagnóstico dos resíduos gerados e viabilidade de implantação da coleta seletiva em um município do Rio Grande do Sul/RS. Anais do III Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental. Goiânia: 2012

BEULLENS, P. Reverse logistics in effective recovery of products from waste materials. Reviews in Environmental Science & Bio/Technology. (2004) 3:4 283–306

BORCHARDT, M.; POLTOSI, L.; SELLITTO, M.; PEREIRA, G. Considerações sobre ecodesign: um estudo de caso na indústria eletrônica automotiva. Ambiente & Sociedade, v.11, n.2, p.341-353, 2008.

CELERE, M.; OLIVEIRA, A.; TREVILATO, T.; MUÑOZ, S. Metais presentes no chorume coletado no aterro sanitário de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil, e sua relevância para saúde pública. Cadernos de Saúde Pública, v.23, n.4, p.939-947, 2007.

CEMPRE - COMPROMISSO EMPRESARIAL PARA A RECICLAGEM. Pesquisa Ciclosoft: Radiografando a coleta seletiva. São Paulo: CEMPRE, 2008.

CHAVES, G. Diagnóstico da logística reversa na cadeia de suprimentos de alimentos processados no oeste paranaense. Dissertação (Mestrado em Agronegócios). Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Toledo: 2005.

CHAVES, G.; BATALHA, M. Os consumidores valorizam a coleta de embalagens recicláveis? Um estudo de caso da logística reversa em uma rede de hipermercados. Gestão & Produção, v.13, n.3, p.423-434, 2006.

COSTA, L.; MAGALHÃES, F; CARMO, D.; NASSAR, C; PEREIRA, C.; GONÇALVES, C.; MENEZES, A.; WILKER, W.; OLIVEIRA, A.; MARIANO, F.; NASCIMENTO, L.; VENEROSO, F.; CAIS, T.; SERVIDONE, L.; BATISTA, C.; ROJAS, K. Caracterização e Percepção Ambiental Dos Resíduos Sólidos Urbanos nas Diferentes Classes Sociais no Município de Alfenas–MG. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, v.5, n.2, p.25-49, 2012.

FRÉSCA, F. Estudo da geração de resíduos sólidos domiciliares no município de São Carlos, SP, a partir da caracterização física. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental). USP. São Carlos: 2007.

GEORG, P.; MITSUEDA, N.; LOPES, J. Sensibilidade ambiental: consumo e separação de materiais recicláveis em um bairro de Maringá-PR. Revista em Agronegócios e Meio Ambiente, v.2, n.2, p.139-154, 2009.

GIL, A. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. São Paulo: Atlas, 2010.

GONÇALVES-DIAS, S. Há vida após a morte: um (re) pensar estratégico para o fim da vida das embalagens. Gestão & Produção, v.13, n.3, p.463-474, 2006.

GONÇALVES-DIAS, S.; TEODÓSIO, A. Estrutura da cadeia reversa:" caminhos" e" descaminhos" da embalagem PET. Produção, v.16, n.3, p.429-441, 2006.

GUIDE, V.; WASSENHOVE, L. Managing product returns for remanufacturing. Production and Operations Management, v.10, n.2, p.142-155, 2001.

HIRAMA, A.; SILVA, S. Coleta seletiva de lixo: uma análise da experiência do município de Maringá-PR. Revista Tecnológica, v.18, n.1, p.11-24, 2009.

IBGE. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa Nacional de Saneamento Básico. 2010. Disponível em http://www.brasil.gov.br/governo/2010/08/ibge-divulga-pesquisa-nacional-de-saneamento-basico-1. Acesso em out/2013.

JACOBI, P. Educação ambiental, cidadania e sustentabilidade. Cadernos de Pesquisa, n.118, v.2, p.189-205, 2003.

KOCHE, J. Fundamentos de Metodologia Científica. 14. ed. Petrópolis: Vozes, 1997.

LEITE, C.; BERNARDES, R.; OLIVEIRA, S. Método Walkley- Black na determinação da matéria orgânica em solos contaminados por chorume. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.8, n.1, p.111-115, 2004.

LEITE, M. A taxa de coleta de resíduos sólidos domiciliares: uma análise crítica. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil). Escola de Engenharia de São Carlos da USP. São Carlos: 2006.

LEITE, P. Logística Reversa: Meio Ambiente e competitividade. São Paulo: Prentice Hall, 2009

LIMA, J. Sistemas Integrados de Destinação Final de Resíduos Sólidos Urbanos, ABES, Paraíba, 2005.

MACHADO, P. Princípios da política nacional de resíduos sólidos. Revista do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, v. 24, n. 7, p. 25-33, 2012.

MAZZEI, B.; CRUBELLATE, J. Autogestão em empreendimentos econômicos solidários: um estudo comparativo de casos em cooperativas de reciclagem de Maringá - PR. Anais do ENANPAD. Rio de Janeiro: Anpad, 2007.

MESQUITA JÚNIOR, J. Mecanismo de desenvolvimento limpo aplicado a resíduos sólidos: Gestão integrada de resíduos sólidos. Brasilia: Ministério do Meio-Ambiente e Ministério das Cidades, 2007.

MONTEIRO, J.; ZVEIBIL, V. Manual de Gerenciamento Integrado de resíduos sólidos. Rio de Janeiro: IBAM, 2001.

MORAES, F. ACAMART: autogestão e participação na cadeia produtiva. é possível? Revista Geográfica de América Central, v.2, n. 47, p.1-14, 2011.

MORAES, F.; SILVA, K.; LEAL, A. Coleta Seletiva no Município de Martinópolis–SP. Anais do VI Seminário Latino Americano e II Seminário Ibero Americano de Geografia Física. Martinópolis: 2006.

NAIME, R.; ABREU, E.; ATTILIO, D. Proposição para o Gerenciamento de Resíduos da Construção e Demolição de Cuiabá. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, v.15, n.15, p.2902-2911, 2013.

OLIVEIRA, F.; ALVES, M.; OLIVEIRA, C. Favorabilidade de áreas para implantação de aterros controlados no município de Campos dos Goytacazes/RJ utilizando sistema de informação geográfica. Revista Brasileira de Cartografia, v.64, n.1, p.33-44, 2012.

PEDROSO, M.; ZWICKER, R. Sustentabilidade na cadeia reversa de suprimentos: um estudo de caso do Projeto Plasma. RAUSP, v.42, n.4, p.414-430, 2007.

PEREIRA NETO, T. A Política Nacional de Resíduos Sólidos: Os Reflexos nas Cooperativas de Catadores e a Logística Reversa. Diálogo, v.18, n.1, p. 77 - 96, 2011.

PEREIRA, A.; BOECHAT, C.; TADEU, H.; JERSONE, T. Logística Reversa e Sustentabilidade. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

PFEIFFER, S. Subsídios para a ponderação de fatores ambientais na localização de aterros de resíduos sólidos, utilizando o Sistema de Informações Geográficas. 2001. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos/SP, 2001.

POKHAREL, S.; MUTHA, A. Perspectives in reverse logistics: A review. Resources, Conservation and Recycling, v.53, n.2, p.175–182, 2009.

ROCHA, D. Uma análise da coleta seletiva em Teixeira de Freitas–Bahia. Caminhos de Geografia, v.13, n.44, p.140-155, 2012.

RODRIGUES, D.; SELLITTO, M. Práticas logísticas colaborativas: o caso de uma cadeia de suprimentos da indústria automobilística. RAUSP, v.43, n.1, p.97-11, 2008.

ROESCH, S. Projeto de Estágio do Curso de Administração: guias para pesquisa, projeto, estágio e trabalhos de conclusão de curso. São Paulo: Atlas, 1996.

ROGERS, D.; MELAMEDI, B.; LEMBKES, R. Modeling and Analysis of Reverse Logistics, Journal of Business Logistics, v.33, n.2, p.107–117, 2012.

SANTIAGO, L.; DIAS, S. Matriz de indicadores de sustentabilidade para a gestão de resíduos sólidos urbanos. Engenharia Sanitária e Ambiental, v.17, n.2, p.203-212, 2012.

SANTOS, J. A logística reversa como ferramenta para a sustentabilidade: um estudo sobre a importância das cooperativas de reciclagem na gestão dos resíduos sólidos urbanos. REUNA, v.17, n.2, p.81-96, 2012.

SARKIS, J.; HELMS, M.; HERVANI, A., Reverse Logistics and Social Sustainability. Corporate Social Responsibility and Environmental Management, v.17, n.6, p.337–354, 2010.

SOUZA, M.; PAULA, M.; SOUZA-PINTO, H. papel das cooperativas de reciclagem nos canais reversos pós-consumo. Revista de Administração de Empresas, v.52, n.2, p.246-262, 2012.

SOUZA, O.; FEDERIZZI, M.; COELHO, B.; WAGNER, T.; WISBECK, E. Biodegradação de resíduos lignocelulósicos gerados na bananicultura e sua valorização para a produção de biogás. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.14, n.4, p.438-443, 2010.

SRIVASTAVA, S.; SRIVASTAVA, R. Managing product returns for reverse logistics. International Journal of Physical Distribution and Logistics Management, v.36, n.7, p.524–546, 2006.

TEIXEIRA, E.; BIDONE, F. Metodologias e técnicas de minimização, reciclagem e reutilização de resíduos sólidos urbanos. Rio de Janeiro: ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental, 1999.

VILLARES, M. Gestão Ambiental e Destinação Final de Resíduos Sólidos Urbanos no Município de Miguel Pereira - RJ: um estudo de caso. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental). Faculdade de Engenharia. UERJ. Rio de Janeiro: 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236117010911



This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: