ENVIRONMENTAL PERFORMANCE ASSESSMENT IN MACHINERY MANUFACTURER

Juliano Angeli Reis, Miguel Afonso Sellitto

Abstract


The purpose of this article is to assess the environmental performance of a machine manufacturer. The specific objectives of the article were modeling the environmental impact of the object; measure the object after a questionnaire; and interpret the results from the perspective of the operational strategy of the company. Environmental performance is a measure that describes how an anthropogenic organization manages its relationship with the environment. Environmental performance is an inherently multidimensional measure. In the model adopted in this article, the measured dimensions are compliance with legislation, the consumption of materials and energy resources, air emissions, effluents, and solid waste. The environmental performance is measured on a scale ranging from zero to 100%. The assessment was based on environmental performance indicators, in separate constructs, and judged by categorical questionnaire. Its measurement can be used as input for the planning of energy and environmental policies. The outcome of the case was higher than 70%.


Keywords


Environmental Performance; Environmental Indicators, Environmental Impact Assessment; Sustainability; Solid Waste.

References


ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Sistemas de gestão ambiental: diretrizes gerais sobre princípios, sistemas e técnicas de apoio. NBR ISO 14004. Rio de Janeiro, 1996.

ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Redes de Distribuição Interna para Gases Combustíveis em Instalações Residenciais e Comerciais: Projeto e Execução. NBR 15526. Rio de Janeiro, 2007.

ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR ISO 14031 - Gestão Ambiental - Avaliação de Desempenho Ambiental: diretrizes. Rio de Janeiro, 2004.

ANEEL – AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA. RESOLUÇÃO N.º 456, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2000. Estabelece, de forma atualizada e consolidada, as Condições Gerais de Fornecimento de Energia Elétrica. Disponível em http://www.aneel.gov.br/cedoc/res2000456.pdf. Acesso em 20.06.2008..

BASTOS FILHO, G.; LOPES, I.; BILL, D.; BALE, M. Gestão Ambiental no Brasil: Experiência e Sucesso. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1998.

BORCHARDT, M.; POLTOSI, L.; SELLITTO, M.; PEREIRA, G. Considerações sobre ecodesign: um estudo de caso na indústria eletrônica automotiva. Ambiente & Sociedade, v. 11, n. 2, p. 341-353, 2008.

BRASIL. Ministério de Minas e Energia. Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético. Plano decenal de expansão de energia: 2007/2016. Brasília: MME, 2007.

CALLENBACH, E. Sistema de Gerenciamento Ecológico. 2 ed. São Paulo: Editora Cultrix, 1998.

CAMPOS, L.; MELO, D. Indicadores de desempenho dos Sistemas de Gestão Ambiental (SGA): uma pesquisa teórica. Produção, v. 18, n. 3, p. 540-555, 2008.

CONAMA. Resolução nº 273 de 29 de novembro 2000. Disponível em: Acesso em 30.06.2008.

CHIAVENATO, I. Administração: Teoria, processo e prática. R. Janeiro: Elsevier, 2007.

CHIUMMO, L. Desempenho Ambiental e Processo de Comunicação: estudo de caso nos setores químico e petroquímico. São Paulo: EP, 2004. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção), Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, 2004.

GOMES, L.; PERUZATTO, M.; SANTOS, V.; SELLITTO, M. Indicadores de sustentabilidade na avaliação de granjas suinícolas. Engenharia Sanitária e Ambiental, v. 19, n. 2, p. 143-154, 2014.

DONAIRE, D. Gestão Ambiental na Empresa. São Paulo: Atlas, 1999.

EMBRAPA, ISO 14000 – Gestão Ambiental, 2002. Disponível em < http://www.cnpma.embrapa.br/projetos/prod_int/iso_14000.html>, acessado em 13 de fevereiro de 2009.

EPELBAUM, M. A Influência da Gestão Ambiental na Competitividade e no Sucesso Empresarial. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção). Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, 2004.

FIGUEIREDO, M. O Uso de Indicadores Ambientais no Acompanhamento nos Sistemas de Gerenciamento Ambiental. Produção, v.6, n.1, p.33-34, 1996.

FINOTTI, A.; SCHNEIDER, V.; CAGLIARI, J. Transversal: capacitação de gestores em saneamento ambiental. Caxias do Sul: ReCESA, 2008. 345p.

FROTA, A.; SCHIFFER, S. Manual de conforto térmico. S. Paulo: Studio Nobel, 2001.

GUERRA, A.; CUNHA, S. (Org.). Impactos ambientais urbanos no Brasil. R. Janeiro: Bertrand Brasil, 2004.

JASCH, C. Environmental performance evaluation and indicators. Journal of Cleaner Production, v.8, n.1, p.79-88, 2000.

JORGE, F. Avaliação do desempenho ambiental: Proposta metodológica e diretrizes para aplicação em empreendimentos civis e de mineração. Tese (doutorado). 2002. Escola Politécnica da Universidade de S. Paulo. S. Paulo.

LUZ, S.; SELLITTO, M.; GOMES, L. Medição de desempenho ambiental baseada em método multicriterial de apoio à decisão: estudo de caso na indústria automotiva. Gestão & Produção, v.13, n.3, p.367-381, 2006.

MEYER, M. Gestão Ambiental no Setor Mineral: um estudo de caso. Florianópolis: UFSC, 2000. Dissertação (Mestrado em Engenharia da Produção) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2000.

MOURA, L. Qualidade e Gestão Ambiental: Sugestão para a implantação das normas ISO 14.000 nas empresas. São Paulo: Juarez de Oliveira, 2000.

PEARSON, J.; BARNES, T. Improve Environmental Performance Through Community Action. Eco-Management and Auditing, v.6, n.1, p.76-79, 1999.

PEGADO, C.; MELO J.; RAMOS, T. Ecoblock: Método de avaliação do desempenho ambiental, 2001. Disponível em: < http://gasa.dcea.fct.unl.pt/ecoblock/Apea_01.pdf > Acesso em: 18 de dezembro de 2008.

SÁ, A. Contabilidade Ambiental, 2002. Disponível em . Acesso em 12 de fevereiro de 2009.

SCHERER. Sistema de Gestão Ambiental: Guia Geral sobre Princípios, Sistemas e Técnicas de Apoio. Manual de apoio da Empresa IGARAS Papéis e Embalagens S.A., 1996.

SEIFFERT, M. ISO 14001 Sistemas de Gestão Ambiental: Implantação Objetiva e Econômica. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2007.

SELLITTO, M. Inteligência artificial: uma aplicação em uma indústria de processo contínuo. Gestão & Produção, v.9, n.3, p.363-376, 2002.

SELLITTO, M.; BORCHARDT, M.; PEREIRA, G. Avaliação de desempenho ambiental em duas operações de manufatura. In: XXVIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2008, Rio de Janeiro. Anais do XXVIII ENEGEP, 2008.

SELLITTO, M.; BORCHARDT, M.; PEREIRA, G. Modelagem para avaliação de desempenho ambiental em operações de manufatura. Gestão & Produção, v. 17, n. 1, p.95-109, 2010.

VALLE, C. Qualidade ambiental: como ser competitivo protegendo o meio ambiente. São Paulo: Pioneira, 1995.

YIN, R. Estudo de caso: planejamento e métodos. P. Alegre: Bookman, 2005.




DOI: https://doi.org/10.5902/2236117017886



DEAR AUTHORS,

PLEASE, CHECK CAREFULLY BEFORE YOUR SUBMISSION:

- IF ALL AUTHORS "METADATA" (ORCID, LINK TO LATTES, SHORT BIOGRAPHY, AFFILIATION) WERE ADDED,

- THE CORRECT IDIOM YOUR SECTION,

- IF THE HIGHLIGHTS WERE ADDED,

- IF THE GRAPHIC ABSTRACTS WAS ADDED,

- IF THE REVIEWERS INDICATION WAS DONE,

- IF THE REFERENCES FORMAT ARE CORRECT(ABNT)

- IF THE RESOLUTION YOUR FIGURES (600 DPI) ARE SUITABLE

*******************************

PREZADOS AUTORES,

POR FAVOR, VERIFIQUE ATENTAMENTE ANTES DA SUBMISSÃO: 
- SE OS METADADOS (ORCID, LINK PRO LATTES, CURTA BIOGRAFIA E AFILIAÇÃO) DE "TODOS" OS AUTORES FORAM ADICIONADOS, 
- IDIOMA, 
- SE OS HIGHLIHTS FORAM ADICIONADOS, 
- SE O GRAPHICAL ABSTRACT FOI ADICIONADO, 
- SE A INDICAÇÃO DOS REVISORES FOI FEITA, 
- SE O FORMATO DAS REFERÊNCIAS ESTÁ ADEQUADO (ABNT) 
- SE A RESOLUÇÃO SUAS FIGURAS (600 DPI) ESTÁ ADEQUADA.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: