Edições anteriores

2017

REGET, V. 21, 2015, EDIÇÃO ESPECIAL: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO – IFRJ – RJ

Esta Edição Especial da REGET apresenta artigos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, IFRJ, Rio de Janeiro.


2015

REGET, V. 19, 2015, EDIÇÃO ESPECIAL: GRUPO DE PESQUISA EM GESTÃO INTEGRADA DE ÁGUAS URBANAS (GIAU) – UEM – CÂMPUS MARINGÁ – PR

O Grupo de Pesquisa Gestão Integrada de Águas Urbanas (GIAU) está cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisas do CNPq desde 2014, quando foi criado. Suas principais linhas de pesquisa são Gestão de Recursos Hídricos, Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, Gestão Integrada da Drenagem Urbana, Gestão Integrada de Abastecimento de Água e Gestão Integrada de Águas Residuárias.

O GIAU tem por objetivo a aplicação dos conceitos da Gestão Integrada de Águas Urbanas nos municípios do Estado do Paraná, notadamente em Maringá, promovendo o bem-estar social e o desenvolvimento sustentável. Outro importante objetivo do grupo é a formação de recursos humanos através da realização de diagnósticos e desenvolvimento de soluções que promovam uma melhor compreensão no âmbito da Engenharia Urbana e do Ambiente, pelo envolvimento de pesquisadores, técnicos e estudantes em atividades de pesquisa, ensino e extensão.

REGET, V. 19, 2015, EDIÇÃO ESPECIAL: UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES – URI – CAMPUS DE FREDERICO WESTPHALEN – RS

A Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI, é uma instituição comunitária, criada em 1992 a partir da integração de instituições de ensino superior da região das Missões e do Alto Uruguai, atuando junto à comunidade, conhecendo e atendendo as necessidades sociais, econômicas e regionais. O Campus de Frederico Westphalen, localizado no Norte do Estado do Rio Grande do Sul, pertence a uma microrregião com predominância agrícola, pequenas empresas, e comunidades indígenas, que constroem a sua trajetória, com objetivos e metas para a valorização da cultura, crescimento econômico e desenvolvimento das comunidades.

2014

REGET, V. 18, 2014, EDIÇÃO ESPECIAL: LABORATÓRIO MULTIDISCIPLINAR DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS (LMGR) – IFRJ – CAMPUS DUQUE DE CAXIAS – RJ

O Laboratório Multidisciplinar de Gerenciamento de Resíduos (LMGR), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) campus Duque de Caxias iniciou suas atividades em julho de 2012. Suas principais linhas de pesquisa estão voltadas para o gerenciamento de resíduos sólidos urbanos e indústrias, desenvolvimento de bioprodutos e sustentabilidade. Em julho de 2013 o laboratório passou a trabalhar em colaboração com o Blog Química Sustentável. Os resultados de pesquisa, palestras, minicursos e encontros, são publicados no blog.

Atualmente o LMGR possui parcerias com a UFRJ, - Instituto de Macromoléculas Professora Eloisa Mano (IMA) – Laboratório de Biopolímeros e Sensores (LABIOS), Laboratório de Produtos Florestais da UFRRJ e o laboratório de Oceanografia Química da UERJ.

A presente edição da Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, traz artigos que resultaram do esforço de investigação de seus professores, parceiros, bolsistas e voluntários nas seguintes temáticas:

• Análise de toxicidade do sabão produzido com óleo vegetal residual.

• Desenvolvimento de bioprodutos a partir do óleo vegetal residual.

• Deterioração de óleos vegetais expostos a diferentes condições de armazenamento.

• Um estudo sobre a composição gravimétrica dos resíduos do IFRJ campus Duque de Caxias.

• Aspectos relacionados ao uso e descarte do esmalte de unhas.

• Técnicas de reciclagem e marmorização de papel.

• Potencialidades do extrato pirolenhoso.

REGET, V. 18, 2014, EDIÇÃO ESPECIAL: ALIMENTAÇÃO E SAÚDE – GRUPO DE PESQUISA EM AGRONEGÓCIOS – UFSM – CAMPUS DE SANTA MARIA – RS

A Edição Especial Alimentação e Saúde abrange trabalhos do Grupo de Pesquisa em Agronegócios da Universidade Federal de Santa Maria e pesquisadores convidados da área.

2013

REGET, V. 16, N. 16, NOV., 2013, EDIÇÃO ESPECIAL: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA (PPGE) – UNISINOS – RS

O Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE), da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), foi criado em 2006 e é constituído pela área de concentração Organização Industrial e Economia Internacional. Uma de suas linhas de pesquisa é Integração Econômica Internacional e seus pesquisadores têm investigado os efeitos teóricos e empíricos da integração econômica em relação ao comércio e às variáveis estudadas pela macroeconomia da economia aberta. No comércio, estão sendo analisados os impactos da integração econômica internacional, tanto de forma discriminatória (preferencial, via blocos econômicos) como não discriminatória (não preferencial, via OMC), especialmente sobre variáveis como fluxos de bens e serviços, bem estar e crescimento econômico. Em relação à macroeconomia da economia aberta, regimes cambiais, coordenação de políticas macroeconômicas e fluxos de capitais são examinados mais detalhadamente. Além disso, o corpo docente também têm desenvolvido pesquisas vinculadas à questão energética, que se apresenta como uma problemática atual na agenda de pesquisa dos economistas brasileiros.

A presente edição da Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, voltada para a produção dessa linha de pesquisa, traz artigos que resultaram do esforço de investigação de seus professores e discentes nas seguintes temáticas:

• Relações comerciais;

• Ciclos econômicos;

• Políticas macroeconômicas;

• Questão energética.

REGET, V. 14, N. 14, SET., 2013, EDIÇÃO ESPECIAL: CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE DO RS (CESNORS) – UFSM – CAMPUS DE PALMEIRA DAS MISSÕES E CAMPUS DE FREDERICO WESTPHALEN – RS

Para a presente edição da Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, foram selecionados trabalhos conduzidos por pesquisadores do Centro de Educação Superior Norte do Rio Grande do Sul (CESNORS) os quais contribuem para fomentar essa discussão em dois eixos principais:

- Educação ambiental e científica;

- Gestão urbana e rural;

Além de apresentar reflexões sobre a problemática ambiental, através de artigos originais, relatos de experiência ou revisão de literatura, essa coletânea de trabalhos tem o intuito de chamar a atenção da comunidade científica para grupos de pesquisa emergentes, atuando muitas vezes de modo interdisciplinar, os quais aceitaram o desafio do pioneirismo e estão realizando pesquisas na área ambiental em novas unidades universitárias.

Grupos como estes têm se multiplicado em todo o país, e especial apoio e atenção deve ser dada aos mesmos para que persistam e prosperem na tarefa de consolidação de grupos de pesquisa fortes e pesquisa de qualidade em novas unidades universitárias, contribuindo para a real democratização do saber.

REGET, V. 11, N. 11, JUN., 2013, EDIÇÃO ESPECIAL: PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EXTENSÃO RURAL, ECONOMIA E DESENVOLVIMENTO, TECNOLOGIA DOS ALIMENTOS E ENGENHARIA FLORESTAL (UFSM) E PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO RURAL (UFRGS) – RS

A Edição Especial da Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental Edição de junho de 2013 reúne um conjunto de artigos desenvolvidos pelos Grupos de Pesquisa em Agronegócio, Grupo de Pesquisa em Extensão Rural Aplicada e pelo Grupo de Estudos em Ciências Contábeis e do Grupo de Pesquisa em Recuperação de Áreas Degradadas (NEPRADE).

As diversas temáticas abordadas em seus 26 artigos envolveram professores pesquisadores e seus orientandos em nível de graduação, mestrado e doutorado dos Programas de Pós-Graduação em Extensão Rural, Economia e Desenvolvimento, Tecnologia dos Alimentos e Engenharia Florestal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

REGET, V. 9, N. 9, FEV., 2013, EDIÇÃO ESPECIAL: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FÍSICA AMBIENTAL – UFMT – CAMPUS DE CUIABÁ – MT

A Edição Especial desta Revista Eletrônica On-line reúne um conjunto de estudos que buscam informações quanto à questão microclimática de sistemas urbano local e suas influências no meio ambiente.

Em 12 artigos, envolvendo professores pesquisadores e seus orientandos em nível de doutorado, mestrado e iniciação científica do Programa de Pós-graduação em Física Ambiental do Instituto de Física da Universidade Federal de Mato Grosso relatam como as edificações e ambientes externos vêm respondendo as mudanças climáticas na cidade de Cuiabá / MT assim como avaliar suas necessidades de adequação ao clima local.

Com a apresentação desses artigos fica possível mostrar ao meio científico e acadêmico a importância e os cuidados que devemos ter quando vamos projetar e construir em nossa cidade.




1 a 33 de 33 itens