A gestão por processos e as atividades intensivas em conhecimento: um estudo na indústria de bebidas

Gustavo Fontinelli Rossés, Carla Rosane da Costa Sccott, Leoni Pentiado Godoy, Alexandre Fontinelli da Silva, Claudinei Viero

Resumo


O crescimento da indústria de bebidas no Brasil, considerando os volumes produzidos e consumidos, requer uma constante busca de estratégias, ferramentas e atitudes inovadoras, no qual a gestão por processos e do conhecimento assumem papeis fundamentais nos resultados. Dessa forma, o foco desse estudo está centrado na análise das atividades intensivas do conhecimento, em um determinado processo nas organizações da sociedade do conhecimento, contextualizado, por meio do estudo de caso, em uma indústria de bebidas da Cidade de Santa Maria, no Estado do Rio Grande do Sul.  Métodos qualitativos e descritvos foram necessários para dar o suporte à metodologia.  A coleta de dados, para análise, foi feita por meio de entrevistas, análise documental e observação direta. Isso posto, observou-se que a organização estudada é intensiva em conhecimento e que reconhece a gestão por processos como ferramenta de gestão organizacional orientada para a otimização das estratégias e dos resultados. Destaca-se, porém, que esta mesma organização, ainda carece de estruturação adequada para tais atividades. Sendo assim, após a análise, foi possível contribuir sugerindo um processo mais detalhado e focado nas atividades consideradas intensivas em conhecimento.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1983465910904

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Revista de Administração da UFSM. Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659