Em torno de um golpe político: ideologia, formação discursiva e sentido(s)

Augusto Cesar Radde

Resumo


Neste trabalho realizo uma leitura sobre os acontecimentos políticos que delinearam o impeachment da presidenta do Brasil Dilma Rousseff, considerado aqui como golpe político. Para tanto, são trazidas algumas imagens que circularam durante os movimentos sociais que antecederam a destituição da presidenta de seu cargo, os quais ocorreram durante o período de março a maio de 2016. A fim de problematizar a questão do sentido, revisito as noções de ideologia e de formação discursiva, as quais apresentam-se como basilares à Análise de Discurso de Michel Pêcheux, teoria que fundamenta este estudo. As imagens são comparadas com outras que circularam durante o período em que o país viveu sob a ditadura militar, a fim de demostrar o ponto no qual a língua encontra a história e faz perceber as relações de sentidos que subjazem aos golpes ocorridos no Brasil.

 


Palavras-chave


Golpe político; Ideologia; Formação discursiva; Sentidos

Texto completo:

PDF

Referências


ALTHUSSER, L. Sobre a reprodução. Rio de Janeiro, RJ: Vozes, 1999.

ALTHUSSER, L. Aparelhos Ideológicos de Estado: nota sobre os aparelhos ideológicos de Estado (AIE). Tradução de Walter José Evangelista e Maria Laura Viveiros de Castro. 2. ed. Rio de Janeiro, RJ: Edições Graal, 1985.

COURTINE, J-J. Analyse du discours politique. In: Langages, n.. 62, juin, 1981.

FREGE. Ecrits logiques et philosophiques. Paris: Editions du Seuil, 1971.

FUCHS, C.; PÊCHEUX, M. A propósito da análise automática do discurso: atualização e perspectivas. In: GADET, F; HAK, T. (Org.). Por

uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. Tradução de Bethania Mariani .et al. 5. ed. Campinas,

SP: Unicamp, 2014 [1975], p. 159-249.

INDURSKY, F. A fala dos quartéis e as outras vozes. 2. ed. Campinas, SP: Unicamp, 2013 [1997].

INDURSKY, F. A memória na cena do discurso. In: INDURSKY, F.; FERREIRA, M.C.L.; MITTMANN, S. (Orgs.). Memória e história na/da análise do discurso. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2011.

MARX, K.; ENGELS, F. A Ideologia Alemã (Feuerbach). Tradução de José Carlos Bruni e Marco Aurélio Nogueira. 5. ed. São Paulo: Editora Hucitec, 1986.

NICOLA, J.; INFANTE, U. Gramática Contemporânea da Língua Portuguesa. São Paulo, SP: Scipione, 1997.

PÊCHEUX, M. Semântica e Discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Tradução de Eni Puccinelli Orlandi. 4. ed. Campinas, SP: Unicamp, 2009 [1975].

PÊCHEUX, M. O discurso: estrutura ou acontecimento. Tradução de Eni Puccinelli Orlandi. 5. ed. Campinas, SP: Pontes, 2008 [1988].




DOI: https://doi.org/10.5902/2176148531352

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Letras



 

                      

 

                

 

                

 

    

  

   

 

  

 

 

                                     QUALIS/CAPES: Letras A2

                              ISSN Versão Impressa: 1519-3985

                              ISSN Versão Digital: 2176-1485



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.