A AQUISIÇÃO ORTOGRÁFICA DAS VOGAIS DO PORTUGUÊS: RELAÇÕES COM A FONOLOGIA E A MORFOLOGIA

Ana Ruth Moresco Miranda

Resumo


Neste  estudo,  a  produção  de  crianças  em  fase  de  aquisição/aprendizagem da  escrita  é  analisada,  especificamente  dados  relacionados  à  grafia  das  vogais  átonas finais do português brasileiro. São feitas referências à fonologia das vogais átonas (Câmara Jr., 1970); ao status morfológico desses segmentos (Harris, 1991); e a dois estudos sobre aquisição das vogais (Alcântara, 2005 e Rangel, 2002). os resultados mostram que as crianças tratam de modo distinto em suas grafias o ‘e’ e o ‘o’, possivelmente por influência da diferença relativa ao estatuto morfológico dessas vogais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2176148511971

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



 

                      

 

                

 

                

 

    

  

   

 

  

 

 

                                     QUALIS/CAPES: Letras B2

                              ISSN Versão Impressa: 1519-3985

                              ISSN Versão Digital: 2176-1485



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.