INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DA DOR NAS COSTAS

Jorge Luiz de SOUZA

Resumo


Avaliar a dor nas costas constitui-se em uma tarefa difícil para os pesquisadores que se propõem a investigá-la. O questionário apresentado neste estudo tem como objetivo medir a intensidade e a freqüência da dor nas costas em sete regiões corporais (cervical, ombros, braços, dorsal, lombar, glúteos e pernas). Para verificar sua fidedignidade foi realizado um estudo com 14 indivíduos portadores de algias vertebrais crônicas na faixa etária de 28 a 40 anos. O mesmo avaliador distribuiu os questionários para cada indivíduo no início da jornada de trabalho (pré-teste), e o reaplicou após um intervalo de 5 (cinco) horas (pós-teste). Para o tratamento estatístico foi utilizado a correlação de Pearson. Os resultados das variáveis investigadas, exceto a intensidade da dor na região dorsal, apresentaram índices de correlação ® superiores a 0,70 e níveis de significância (p) inferiores a 0,01. Para verificar sua validade, o instrumento foi analisado por três experts na área de dor e coluna vertebral, o qual foi considerado adequado para os fins a que se propunha. Conclui-se, de acordo com os resultados, que este instrumento é fidedigno e válido para avaliação da dor nas costas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/231654648090

Direitos autorais



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.