Visibilidade mediada: personalização e promoções na cobertura de futebol1

Cláudia Regina Fonseca Fonseca

Resumo


Este artigo faz uma reflexão sobre o lugar da cobertura jornalística dos esportes no regime de visibilidade mediada que caracteriza a contemporaneidade. A partir da análise da cobertura do Campeonato Carioca de Futebol de 1999 pelo Extra e da Copa do Mundo de 1998 por O Tempo, de Belo Horizonte, apresento a personalização e as promoções como dois modos operatórios característicos da cobertura de futebol nos jornais dos anos 90 e de longa história no jornalismo esportivo brasileiro. Concluo que esse jornalismo contribui para a profusão de imagens destituídas de necessidade que é preciso re-significar para construir sentidos no mundo contemporâneo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/231654648013



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.