COMPARAÇÃO DA POTÊNCIA AERÓBIA E ANAERÓBIA MÁXIMA ENTRE ATLETAS JUVENIS DE BASQUETEBOL E HANDEBOL

Guilherme Machado, Lucinar Forner Flores, José Carlos Mendes, Robson Olivoto, Luiz Guilherme Guglielmo, Renan Nunes

Resumo


O objetivo do estudo foi comparar a potência aeróbia e anaeróbia máxima entre atletas de basquetebol e handebol. Onze atletas de basquetebol (17,3±0,8 anos) e doze atletas de handebol (16±0,8 anos) foram submetidos a avaliação antropométrica, questionário pubertário, teste de Capacidade de Sprints Repetidos (CSR) e teste de Carminatti (T-CAR). Foram encontradas diferenças significativas na idade e no tempo médio (CSR) entre os atletas. Entretanto, o T-CAR e o nível maturacional não foram encontradas diferenças. Desta forma, torna-se viável aplicar testes de potência aeróbia e anaeróbia similares para ambas as modalidades, porém, é importante controlar os níveis maturacionais.


Palavras-chave


Potência; Desempenho esportivo; Basquetebol; Handebol.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2316546421873



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.