Perfil antropométrico e composição corporal de jovens futebolistas de nível regional

Vanessa Menezes Menegassi, Paulo Henrique Borges, Wilson Rinaldi, Leandro Rechenchosky

Resumo


O estudo objetivou avaliar o perfil antropométrico e a composição corporal de jovens futebolistas de nível regional. A amostra foi composta por 55 jogadores das categorias sub 13, sub 15 e sub 17 classificados também por posição de jogo. Para comparação foram adotados os testes ANOVA One-Way e post-hoc de Bonferroni. A categoria sub 17 apresentou maiores valores (p<0,05) nas variáveis relacionadas ao crescimento e desenvolvimento físico. O percentual de gordura corporal permaneceu estável entre as categorias e posições. A homogeneidade verificada sugere que a manutenção destes índices é resultante dos similares níveis de esforço exigidos na modalidade.


Palavras-chave


Jovens Futebolistas; Antropometria; Composição Corporal

Texto completo:

PDF

Referências


AMARANTE, A. A. A.; SIRINO, F.; MINUZZI, L. G. Índice de obesidade, sobrepeso e risco cardiovascular em escolares de 11 A 14 anos da cidade de Abelardo Luz (SC). Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 10, n. 2, p. 128-139, 2011.

BUSCARIOLO, F. F. et al. Comparação entre os métodos de bioimpedância e antropometria para avaliação da gordura corporal em atletas do time de futebol feminino de Botucatu/SP. Revista Simbio-Logias, Botucatu, v. 1, n. 1, p. 122-129, 2008.

CANHADAS, I. L. et al. Anthropometric and physical fitness characteristics of young male soccer players. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, Florianópolis, v. 12, n. 4, p. 239-245, 2010.

CBF. Relatório final do plano de modernização do futebol brasileiro. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas e Confederação Brasileira de Futebol, 2000.

DAMIANI, D.; DAMIANI, D.; OLIVEIRA, R. G. Obesidade – fatores genéticos ou ambientais. Pediatria Moderna, v. 38, n. 3, p. 57-80, 2002.

FIFA. FIFA big count 2006: 270 million people active in football. Retrieved February, v. 20, 2007.

GEROSA-NETO, J. et al. Análise da composição corporal de atletas da elite do futebol brasileiro. Motricidade, v. 10, n. 4, p. 105-110, 2014.

GIL, S. et al. Selection of young soccer players in terms of anthropometric and physiological factors. Journal of Sports Medicine and Physical Fitness, v. 47, n. 1, p. 25-32, 2007.

GUEDES, D. P.; GUEDES, J. E. R. P. Manual prático para avaliação em educação física. 1. ed. Barueri: Editora Manole, 2006.

GUEDES, D. P.; GUEDES, J. E. R. P. Proposição de equações para predição da quantidade de gordura corporal em adultos jovens. Semina, Londrina, v. 12 n. 2, p. 61-70, 1991.

JAIME, M. O. et al. A importância do futebol em atividades extensionistas: um relato de experiência do cerfut/def/uem. Conexões: Revista da Faculdade de Educação Física da UNICAMP, Campinas, v. 13, n. 4, p. 155-164, 2015.

LAZZOLI, J. K. et al. Atividade física e saúde na infância e adolescência. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 4, n. 4, p. 107-109, 1998.

MANTOVANI, T. V. L. et al. Composição corporal e limiar anaeróbio de jogadores de futebol das categorias de base. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 7, n. 1, p. 25-33, 2009.

MATTA, M. O.; GRECO, P. J. O processo de ensino-aprendizagem-treinamento da técnica esportiva aplicada ao futebol. Revista Mineira de Educação Física, Viçosa, v. 4, n. 2, p. 34-50, 1996.

MATTA, R. (Orgs.) Universo do futebol: esporte e sociedade brasileira. 1. ed. Rio de Janeiro: Edições Pinakotheke, 1982.

MORAES, M. V.; HERDY, C.; SANTOS, M. Análise dos aspectos antropométricos em jovens atletas de alto rendimento praticantes da modalidade futebol. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 17, n. 2, p. 100-107, 2009.

NATIONAL STRENGTH AND CONDITIONING ASSOCIATION (NSCA). Guia de condicionamento físico: diretrizes para elaboração de programas. 1. ed. Barueri: Editora Manole, 2015.

OLIVEIRA, J. M. S. et al. Avaliação antropométrica, composição corporal, idade biológica e cronológica de meninos púberes praticantes de futebol. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 21-31, 2009.

PAOLI, P. B. et al. Representações identitárias no processo de seleção de talentos. Movimento, Porto Alegre, v. 16, n. 4, p. 135-150, 2010.

PERINI, T. et al. Cálculo do erro técnico de medição em antropometria. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v. 11, n. 1, p. 81-85, 2005.

PRADO, W. L. et al. Perfil antropométrico e ingestão de macro nutrientes em atletas profissionais brasileiros de futebol, de acordo com suas posições. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São

Paulo, v. 12, n. 2, p. 61-65, 2006.

RÉ, A. H. N. Crescimento, maturação e desenvolvimento na infância e adolescência: Implicações para o esporte. Motricidade, v. 7, n. 3, p. 55-67, 2011.

REIS, V. A. B.; AZEVEDO, C. O. E.; ROSSI, L. Perfil antropométrico e taxa de sudorese no futebol juvenil. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano, Florianópolis, v. 11, n. 2, p. 134-141, 2009.

RIBEIRO, F. et al. Características cineantropométricas de jogadores de futebol profissional de minas gerais: comparações entre as diferentes posições. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, João Pessoa, v. 9, n. 30, p. 9-16, 2012.

SANTOS, M. G. et al. Fatores de risco no desenvolvimento da aterosclerose na infância e adolescência. Arquivo Brasileiro de Cardiologia, São Paulo, v. 90, n. 4, p. 301-308, 2008.

SLAUGHTER, M. H. et al. Skinfold equations for estimation of body fatness in children and youths. Human Biology, Detroit, v. 60, p. 709-23, 1988.

THIENGO, C. R. et al. Perfil antropométrico, aptidão motora e aeróbia de jogadores de futebol profissionais e juniores de Trinidad e Tobago. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 20, n. 2, p. 14-24, 2012.

THOMAS, J. R.; NELSON, J. K.; SILVERMAN, S. J. Métodos de Pesquisa em Atividade Física. 6. ed. Porto

Alegre: Artmed, 2012.




DOI: https://doi.org/10.5902/2316546421724



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.