ESPORTE ESCOLAR NO BRASIL: CONTRADIÇÕES E POSSIBILIDADES

Jonatas Maia da Costa

Resumo


O presente artigo analisa parte da produção teórica do esporte no contexto escolar e aprincipal política pública do esporte escolar brasileiro – as Olimpíadas Escolares. Com umpropósito crítico, o texto destaca a política do esporte escolar no Brasil e expõe as tensõesentre esporte escolar e esporte de rendimento. Por meio de entrevistas estruturadas comprofessores com ampla experiência em jogos escolares e documentos que orientam aorganização destes, reflete as ações contraditórias do evento. Na sequência, problematizaalgumas possibilidades de reestruturação da política de esporte escolar no país.

Palavras-chave


Esporte Escolar; Educação física; Jogos escolares.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2316546418228



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.