Erros em Testes e Medidas

Renan M. F. Sampedro

Resumo


Parece impraticável, ou demasiadamente idealista, esperar que pesquisas envolvendo testes e medidas sejam apresentadas totalmente livres de erros. o maior problema não é eliminar o erro, ao contrá­rio, é evitar o erro que possa resultar em má interpretação dos re­sultados. em uma consideração mais ampla, é possível classificar erros em pesquisa como sendo resultantes de : (a) falta de lógica; (b) generalizações sem justificativa; e (c) falta de exatidão nas medidas. cada um destes aspectos têm recebido consideração de alguma forma, por parte de vários autores (Brozek & Alexander, 1947; Cureton, Wickens & Elder, 1935).

O propósito da presente discussão é o de, primeiramente, consi­derar o erro de medidas, sua avaliação e seu controle.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2316546410332



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.