Antropometria e Composição corporal em mulheres militares

Nivia Marcia Velho

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar as características antropométricas e da composição corporal de mulheres militares. Fizeram parte da amostra 112 policiais militares, sendo 30 da cidade de Santa Maria, RS, e 82 de Florianópolis, SC, com idades entre 18 e 30 anos. Foram determinados o peso e a estatura corporal. Utilizou-se o adipômetro Lange, para mensurar os valores das dobras cutâneas nas regiões subescapular, supra-ilíaca e coxa. Para o cálculo da densidade (D) utilizou-se a equação de regressão proposta por Guedes (1985). O percentual de gordura (%G) foi obtido através da equação de Brozek e cols. (1963). O teste t de Student foi utilizado para comparação e amostras independentes. Os resultados permitiram concluir que: a) Mulheres militares da cidade de Santa Maria, RS, e de Florianópolis, SC, apresentam características antropométricas e da composição corporal similares, b) Os valores elevados de massa corporal magra (músculos, óssos e resíduos) parecem ser característicos da população militar, c) Em termos absolutos e corrigidos pela estatura, os valores de gordura % da região anterior média da coxa, são maiores em mulheres militares de Santa Maria, RS, em relação às catarinenses, d) Proporcionalmente, as militares de Santa Maria apresentam quantidades de gordura um pouco elevadas em relação à sua estatura corporal.


Texto completo:

Sem título


DOI: https://doi.org/10.5902/2316546410128



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.