A formação de Professores Reflexivos: a docência como objeto de investigação

Altair Alberto Fávero, Carina Tonieto, Marisa Fátima Roman

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/198464445483

 

A formação continuada de professores tornou-se assunto obrigatório em nosso tempo. Há um consenso entre os professores e dirigentes escolares que é necessário “educar os educadores”, pois os saberes racionais que foram aprendidos nos processos formativos não são suficientes para enfrentar a complexidade e a diversidade dos problemas que o trabalho docente exige. É necessário e urgente, em qualquer área de atuação, refletir sobre novas formas de exercer os saberes necessários para a prática profissional. No que se refere ao trabalho docente, a reflexão na e sobre a prática possibilita que o educador reveja sua própria atuação. Trabalhos recentes de pensadores e educadores tais como Donald Schön, Isabel Alarcão, António Nóvoa, J. Gimeno Sacristán, Angel Pérez Gómez, dentre outros, projetaram o conceito de profissional reflexivo e com isso a reabilitação da razão prática, o resgate da experiência no processo de aprendizagem, o destaque da intuição nos processos de conhecimento e a centralidade que a reflexão na ação e sobre a ação possui nos processos educacionais. Todo este movimento em torno do conceito de professor reflexivo dá espaço a um conjunto de questionamentos: o que significa ser um professor reflexivo? Em que situações devemos reflexivos? Sobre o que devemos ser reflexivos? Como ser reflexivo? De que maneira podemos tornar a docência objeto de reflexão? O presente texto tem como principal foco analisar a formação continuada de professores a partir do paradigma do professor reflexivo, abordando algumas dessas questões. O texto, além das considerações iniciais, está dividido em duas partes: primeiramente aborda a formação docente a partir da racionalidade técnico-intrumental que prevaleceu nos processo de formação de professores nas três últimas décadas do século XX, mostrando as insuficiências deste processo formativo; na segunda parte sistematiza os principais pressupostos que caracterizam um processo formativo baseado no paradigma do professor reflexivo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/198464445483

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar