Agricultura familiar: sua relevância para o Brasil, o estado de Mato Grosso do Sul e o município de Ponta Porã

Carlos Otávio Zamberlan, Karoline Cavalcanti

Resumo


A agricultura foi a base da organização produtiva no Brasil durante praticamente toda sua história, apenas no século XX, com o processo de industrialização essa realidade começa a mudar. Todavia, a agropecuária exerceu papel importante na segurança alimentar e na geração de divisas. A agricultura familiar, que congrega um conjunto de indivíduos de uma família em unidades produtivas para o autoconsumo e também para o mercado, tem seu papel nesse contexto. Esse artigo tem como objetivo analisar a relevância produtiva de alimentos que compõem a alimentação do Brasileiro por parte da agricultura familiar para o Brasil, para o estado de Mato Grosso do Sul e, em particular, para o município de Ponta Porã. Por meio de um estudo baseado em publicações científicas e levantamento de dados do Censo agropecuário e da Produção Agropecuária Municipal, fornecidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), pode-se constatar a importância da lógica de produção familiar nas esferas analisadas, mas salienta-se a necessidade de rever as definições acerca da agricultura familiar para não tomá-la com menor importância, quando associada a conceitos sem adequada fundamentação que podem levar a uma impressão errônea de sua importância e de sua participação na produção de alimentos.


Palavras-chave


Agricultura familiar, campesinato, segurança alimentar

Texto completo:

PDF

Referências


ALFATIN, I. Reflexões sobre o conceito de agricultura familiar. Brasília: CDS/UnB, 2007.

ATLAS SOCIOECONÔMICO DO RIO GRANDE DO SUL. Economia. Arroz. 2011. Disponível em: http://www.atlassocioeconomico.rs.gov.br/conteudo.asp?cod_menu_filho=819&cod_menu=817&tipo_menu=ECONOMIA&cod_conteudo=1490. Acesso em: 03 jul. 2016.

BRASIL, Lei nº 11326. Estabelece as diretrizes para a formulação da Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais. 24 de julho de 2006. Congresso Nacional. Disponível em: http://www.camara.gov.br/sileg/integras/837541.pdf. Acesso em: 26 jun. 2016.

CONTI, I. L.; BAZOTTI, A.; RADOMSKY, G. F. Agricultura familiar e segurança alimentar e nutricional: um estudo sobre a relação produção-consumo nos municípios de Toledo (PR) e Contagem (MG). Extensão Rural, Santa Maria, v.22, n.1, p.56-86, jan./mar. 2015. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/extensaorural/article/view/11935/pdf. Acesso em 03 jul. 2016.

FAO, Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura. (2014). O que é Agricultura Familiar? Disponível em: http://www.fao.org/family-farming-2014/home/what-is-family-farming/pt/. Acesso em: 26 jun 2016.

GUANZIROLI, C. E.; BUAINAIN, A. M.; SABBATO, A. Dez anos de evolução da agricultura familiar no Brasil: (1996 e 2006). Rev. Econ. Sociol. Rural v.50 n.2 Brasília, apr./jun. 2012.

GUANZIROLI, C. et al. Agricultura familiar e reforma agrária no século XXI. Rio de Janeiro, Garamond, 2001.

GUILHOTO, J.M. et.al. A importância da agricultura familiar no Brasil e em seus Estados. ENCONTRO DA ANPEC: área 10, Economia Agrícola e do Meio Ambiente, 2007.

HOFFMANN, R. A agricultura familiar produz 70% dos alimentos consumidos no Brasil? Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas, 2014.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo Agropecuário 2006. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/agropecuaria/censoagro/agri_familiar_2020_2/default.shtm. Acesso em: 26 de jun. 2016.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Produção Agrícola Municipal. Lavoura temporária. 2014. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/temas.php?lang=&codmun=500660&idtema=149&search=mato-grosso-do-sul|ponta-pora|producao-agricola-municipal-lavoura-temporaria-2014. Acesso em: 26 de jun. 2016.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Produção Agrícola Municipal. Lavoura permanente. 2014a. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/temas.php?lang=&codmun=500660&idtema=148&search=mato-grosso-do-sul|ponta-pora|producao-agricola-municipal-lavoura-permanente-2014. Acesso em: 26 de jun. 2016.

MATTEI, L. O papel e a importância da agricultura familiar no desenvolvimento rural brasileiro contemporâneo. Rev. Econ. NE, Fortaleza, v. 45, p. 71-79, 2014.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO (MDA). SFA – Importante para o desenvolvimento dos municípios e dos agricultores familiares. 2014. Disponível em http://www.mda.gov.br/sitemda/secretaria/saf-suasa/importante-para-o-desenvolvimento-dos-munic%C3%ADpios-e-dos-agricultores-familiares. Acesso em: 03 jul. 2016.

MOURA, M. A. T. Comparativo entre agricultura familiar teórica e normativa no Brasil. UFRGS, Porto Alegre, 2011.

OLIVEIRA, N, S. Agricultura familiar do agronegócio do leite em Rondônia, importância e características. In: 48º SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 48., 2010, Campo Grande. Anais... Campo Grande, UFMS, 2010.

SANGALLI, A. R.; SCHLINDWEIN, M. M. A contribuição da agricultura familiar para o desenvolvimento rural de mato grosso do sul – Brasil. REDES - Rev. Des. Regional, Santa Cruz do Sul, v. 18, n. 3, p. 82 - 99, set/dez. 2013.

SANTOS, N C.; BRANDÃO, A. A. P. CENTRO COMUNITÁRIO DE PRODUÇÃO DE PONTA PORÃ-MS: efeitos positivos de um projeto de geração de renda sobre questões de gênero, saúde e educação? In: VII JORNADA INTERNACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS, UFMA, 2015.

SCHNEIDER, S. Teoria Social, Agricultura familiar e Pluriatividade. RBCS, v. 18 n. 51, fev. 2003.

STALOCH, R.; ROCHA, I. O. Agricultura familiar e a permanência no campo: a experiência de um projeto realizado e a percepção dos jovens sobre o município de Santa Terezinha (Santa Catarina). Extensão Rural, Santa Maria, v.25, n.3, p. 89-112, jul./set. 2018. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/extensaorural/article/view/36130/pdf. Acesso em: 18 jul. 2019.

WANDERLEY, M. N. Agricultura familiar e campesinato: rupturas e continuidade. Estudos Sociedade e Agricultura (UFRJ), Rio de Janeiro, v. 21, p. 42-61, 2003.




DOI: https://doi.org/10.5902/2318179634776

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Licença Creative Commons
Extensão Rural está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

...................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

*** DESDE 2014 O PERIÓDICO É PUBLICADO TRIMESTRALMENTE***

.....................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

Geral: 10.5902/23181796 (os especificos estão nos RESUMOS - clique sobre o titulo do trabalho, no sumário) 


Periódico Extensão Rural

ISSN impresso: 1415-7802

ISSN on-line: 2318-1796

.........................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

INDEXADORES -  INDEXERS

INTERNACIONAL: 1- AGRIS 2- Latindex-Directorio 3- Diretório Luso-Brasileiro 4- REDIB 5- Journals for Free 6- EZB Nutzeranfragen 7- OAJI 8 - ROAD - 9- MIAR 

NACIONAL: 10- AGROBASE 11- Portal livRe! 12- Sumários.org 13- Diadorim 14- Portal SEER 15- Portal de Periódicos CAPES 16- Rede Cariniana 17- Google Scholar 18- Sabiia

 ...................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

CONTATO:
E-mail: atendimento.extensao.rural@gmail.com- Campus Universitário - Departamento de Educação Agrícola e Extensão Rural/Centro de Ciências Rurais/Universidade Federal de Santa Maria - Prédio 44 (CCR II) - 1º Piso - CEP: 97105-900 - Santa Maria - RS - BRASIL. 

 

"Os trabalho publicados na revista Extensão Rural são de responsabilidade dos seus autores e não representam necessariamente a opinião dos editores. Reprodução dos trabalhos é permitida, desde que a fonte seja citada."

.........................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

Visite nosso perfil no Facebook

Visite nossa página no Facebook


Baseado no trabalho disponível em https://periodicos.ufsm.br/extensaorural.