O processo de inclusão de alunos com deficiência nas aulas de Educação Física sob a perspectiva de professores do Município de Araucária/PR

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/1984686X64538

Palavras-chave:

Inclusão Escolar, Educação Física, Estudantes com Deficiência, Araucária.

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo, descrever o processo de inclusão de alunos com deficiência nas aulas de Educação Física no Município de Araucária (PR), na perspectiva dos professores. Sendo um estudo de caráter qualitativo, foram avaliados dez professores de Ensino Fundamental Anos Iniciais. A coleta de dados realizou-se em duas etapas: primeiramente, foi solicitado à Secretaria Municipal de Educação o fornecimento de dados referentes ao panorama geral de alunos da rede pública de ensino. Em seguida, foram realizadas entrevistas com os professores de Educação Física das escolas públicas municipais. Com isso, os resultados mostram que a maioria dos professores não possui formação específica em Educação Física, o que dificulta a atuação deles, além de que, há carência de materiais nas escolas. Observou-se que os alunos incluídos são atendidos por profissionais de apoio, cuja função é mediar o processo ensino-aprendizagem juntamente com o professor regente. Ainda, ressalta-se que os alunos com deficiência participam ativamente das aulas de Educação Física e têm boa relação social com seus pares. Sendo assim, a inclusão dos alunos com deficiência nas aulas de Educação Física vem sendo efetivada por meio da atitude positiva do professor, que realiza atividades embasadas na perspectiva inclusiva e promove a interação entre os estudantes. Conclui-se que a inclusão de alunos com deficiência nas aulas de Educação Física, depende do esforço de todos os envolvidos e, no Município de Araucária, esse processo vem se desenvolvendo e tem se tornado cada vez mais natural.

Biografia do Autor

Bianca Wolski, Universidade Positivo, Curitiba, PR

Graduada pela Universidade Positivo, Curitiba, PR, Brasil.

Pauline Peixoto Iglesias Vargas, Universidade Positivo, Curitiba, PR

Professora mestra da Universidade Positivo, Curitiba, PR, Brasil.

Paula Born Lopes, Universidade Positivo, Curitiba, PR

Professora doutora da Universidade Positivo, Curitiba, PR, Brasil.

Referências

ALVES, Maria Luíza Tanure; DUARTE, Edison. Os caminhos percorridos pelo processo inclusivo de alunos com deficiência na escola: uma reflexão dos direitos construídos historicamente. Revista Educação Especial, Santa Maria, n. 40, p. 207-218, maio/ago. 2011.

ALVES, Maria Luíza Tanure; DUARTE, Edison. A exclusão nas aulas de Educação Física: fatores associados com participação de alunos com deficiência. Movimento, v. 19, n. 1, p. 117-137, 2013.

ALVES, Maria Luíza Tanure et al. Physical Education Classes And Inclusion Of Children With Disability: Brazilian Teachers’perspectives. Movimento, v. 23, n. 4, p. 1229-1244, 2017.

ALVES, Maria Luiza Tanure; FIORINI, Maria Luiza Salzani. Como promover a inclusão nas aulas de educação Física? A adaptação como caminho. Revista da Associação Brasileira de Atividade Motora Adaptada, v. 19, n. 1, 2018.

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION, et al. DSM-5: Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais. Artmed Editora, 2014.

ARAUCÁRIA. Lei nº 673/1986, de 18 de dezembro de 1986. Disciplina o provimento de pessoal nos quadros do magistério público municipal em regime estatuário e toma outras providências. Araucária: Câmara Municipal, 1986. Disponível em: https://leismunicipais.com.br/a/pr/a/araucaria/lei-ordinaria/1986/67/673/lei-ordinaria-n-673-1986-disciplina-o-provimento-de-pessoal-nos-quadros-do-magisterio-publico-municipal-em-regime-estatutario-e-toma-outras-providencias. Acessado em: 31 ago. 2020.

ARAUCÁRIA. Lei nº 1527/2004, de 02 de novembro de 2004. Institui o Conselho Municipal de Educação de Araucária, conforme específica. Araucária: Câmara Municipal, 2004. Disponível em: https://leismunicipais.com.br/a/pr/a/araucaria/lei-ordinaria/2004/152/1527/lei-ordinaria-n-1527-2004-institui-o-conselho-municipal-de-educacao-de-araucaria-conforme-especifica. Acessado em: 29 abril 2020.

ARAUCÁRIA. Resolução CME/Araucária nº 08/2006, de 26 de outubro de 2006. Normas para implantação do Ensino Fundamental de 9 anos de duração na Rede Pública Municipal de Ensino. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1DHkXVwzuEPbbpCEXkoXnXAJeEKSwvqxt/view. Acessado em: 08 out. 2020.

ARAUCÁRIA. Lei nº 1835/2008, de 03 de janeiro de 2008. Institui e disciplina o plano de cargos, carreiras e vencimentos do quadro próprio do magistério de Araucária, conforme específica. Araucária: Câmara Municipal, 2008. Disponível em: https://leismunicipais.com.br/a/pr/a/araucaria/lei-ordinaria/2008/183/1835/lei-ordinaria-n-1835-2008-institui-e-disciplina-o-plano-de-cargos-carreiras-e-vencimentos-do-quadro-proprio-do-magisterio-de-araucaria-conforme-especifica. Acessado em: 29 abril 2020.

ARAUCÁRIA. Diretrizes Municipais de Educação. Prefeitura Municipal de Araucária. Secretaria de Educação, 2012.

ARAUCÁRIA. Resolução CME/Araucária nº 01/2016: Parecer nº 02/2016, de 16 de junho de 2016. Normas para Educação Especial, na perspectiva da Educação Inclusiva do Município de Araucária. Disponível em: https://araucaria.atende.net/?pg=subportal&chave=21#!/tipo/pagina/valor/96. Acessado em: 29 abril 2020.

ARAUCÁRIA. Instrução Normativa nº 05/2018, de 05 de setembro de 2018. Orientações quanto aos critérios e procedimentos para a solicitação de Profissional de Apoio Escolar para atuar com crianças ou estudantes com deficiência matriculados nas Unidades Educacionais da Educação Infantil e do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino de Araucária/PR. Disponível em: http://aplicacoes.araucaria.pr.gov.br/grp/uploads/publicacao/INSTRUCAO_NORMATIVA_00518__SMED_1536759951.pdf. Acessado em: 31 ago. 2020.

ARAUCÁRIA. Resolução CME/Araucária nº 04/2019: Parecer nº 30/2019, de 11 de novembro de 2019. Normas para o funcionamento do Ensino Fundamental da Rede Pública Municipal de Ensino de Araucária. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1azmwjR9g3BoGMpUIRObDHIRztdqEiWJ5/view. Acessado em: 31 ago. 2020.

ARAUCÁRIA. Organização Curricular de Araucária: um compromisso com o direito ao conhecimento. Prefeitura Municipal de Araucária. Secretaria de Educação, 2019. Disponível em: https://araucaria.atende.net/?pg=subportal&chave=21#!/tipo/pagina/valor/148. Acessado em: 29 abril 2020.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRASIL. Lei nº 9.394/1996, 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Brasília, DF, dez. 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acessado em: 20 abril 2020.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acessado em: 20 abril 2020.

BRASIL. Decreto nº 5626, de 21 de dezembro de 2005. Regulamenta a Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais – Libras, e o art. 18 da Lei nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000. Disponível em: www.mec.gov.br/seesp/legislação.shtm. Acessado em: 08 out. 2020.

BRASIL. Educação Infantil: saberes e práticas da inclusão. Dificuldades acentuadas de aprendizagem: deficiência múltipla. 4 ed. Brasília: MEC, Secretaria de Educação Especial, 2006.

BRASIL. Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência (2007). Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência: Protocolo Facultativo à Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência: decreto legislativo nº 186, de 09 de julho de 2008: decreto nº 6.949, de 25 de agosto de 2009. 4 ed. revisada e atualizada. Brasília, 2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/decreto/d6949.htm. Acessado em: 20 abril 2020.

BRASIL. Lei nº 13.005/2014, 25 de junho de 2014. Plano Nacional de Educação 2014 – 2024, Brasília, DF, jun. 2014. Disponível em: http://pne.mec.gov.br/18-planos-subnacionais-de-educacao/543-plano-nacional-de-educacao-lei-n-13-005-2014. Acessado em: 20 abril 2020.

BRASIL. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, de 5 de dezembro de 2014. Brasília, DF, MEC/SECADI, 2014. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/dezembro-2014-pdf/16690-politica-nacional-de-educacao-especial-na-perspectiva-da-educacao-inclusiva-05122014. Acessado em: 20 abril 2020.

BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. Lei Brasileira de Inclusão. Lei Brasileira de Inclusão: Estatuto da Pessoa com Deficiência, Brasília, DF, jul. 2015. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm. Acessado em: 11 maio 2020.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2020. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/abase/. Acessado em: 30 out. 2020.

CAIMI, Flávia Eloisa; LUZ, Rosângela Nunes. Inclusão no contexto escolar: estado do conhecimento, práticas e proposições. Revista Educação Especial, Santa Maria, n. 62, p. 665-682, jul./set. 2018.

CARVALHO, Camila Lopes de; ARAÚJO, Paulo Ferreira de. Inclusão escolar de alunos com deficiência: interface com os conteúdos da Educação Física. Educación Física y Ciencia, Universidad Nacional de La Plata, v. 20, n. 1, 2018.

DARIDO, Suraya Cristina. Avaliação em educação física na escola. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Prograd. Caderno de formação: formação de professores didática geral. São Paulo: Cultura Acadêmica, v. 16, p. 127-140, 2012.

DE OLIVEIRA MERCADO, Elisangela Leal; FUMES, Neiza de Lourdes Frederico. Base Nacional Comum Curricular e a educação especial no contexto da inclusão escolar. Encontro Internacional de Formação de Professores e Fórum Permanente de Inovação Educacional, v. 10, n. 1, 2017.

FIORINI, Maria Luiza Salzani; MANZINI, Eduardo José. Inclusão de alunos com deficiência na aula de Educação Física: identificando dificuldades, ações e conteúdos para prover a formação do professor. Revista Brasileira Educação Especial, Marília, n. 3, p. 387-404, jul./set. 2014.

FIORINI, Maria Luiza Salzani; MANZINI, Eduardo José. Prática Pedagógica e inclusão escolar: concepção dos professores de Educação Física. Revista da Sobama, Marília, v. 16, n. 2, p. 15-22, jul./dez. 2015.

FIORINI, Maria Luiza Salzani; MANZINI, Eduardo José. Dificuldades e sucessos de professores de Educação Física em relação à inclusão escolar. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 22, n. 1, p. 49-64, 2016.

FOLLE, Alexandra; NASCIMENTO, Juarez Vieira do. Preocupações ao longo da carreira docente: estudos de caso com professores de educação física do magistério público estadual. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Porto Alegre, v. 33, n. 4, p. 841-856, dez. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32892011000400004&lng=en&nrm=iso. Acessado em: 15 out. 2020.

GREGUOL, Marcia; MALAGODI, Bruno Marson; CARRARO, Attilio. Inclusão de Alunos com Deficiência nas Aulas de Educação Física: Atitudes de Professores nas Escolas Regulares1. Revista Brasileira de Educação Especial, v. 24, n. 1, p. 33-44, 2018.

GUEDES, Nelzira Prestes da Silva; TADA, Iracema Neno Cecilio. A Produção Científica Brasileira sobre Autismo na Psicologia e na Educação. Psic.: Teor. e Pesq., Brasília, v. 31, n. 3, p. 303-309, set. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-37722015000300303&script=sci_arttext&tlng=pt. Acessado em: 07 out. 2020.

GUTIERRES FILHO, Paulo José Barbosa, et al. Concepções, opiniões e atitudes docentes associadas à inclusão da pessoa com deficiência na Educação Física: uma revisão da produção científica brasileira. Liberabit, v. 17, n. 1, p. 19-30, 2011.

HWANG, Yoon-Suk; EVANS, David. Attitudes towards inclusion: Gaps between belief and practice. International journal of special education, v. 26, n. 1, p. 136-146, 2011.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: https://educa.ibge.gov.br/jovens/conheca-o-brasil/populacao/20551-pessoas-com-deficiencia.html#:~:text=Considerando%20somente%20os%20que%20possuem,corresponde%20a%206%2C7%25%20da. Acessado em: 27 agosto 2020.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pr/araucaria/panorama. Acessado em: 03 agosto 2021.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pr/curitiba/panorama. Acessado em: 12 agosto 2021.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/fevereiro-2017-pdf/59931-app-censo-escolar-da-educacao-basica-2016-pdf-1/file. Acessado em: 16 out. 2020.

KE, Xiaoyan; LIU, Jing. Deficiência intelectual. IACAPAP e-Textbook of Child and adolescent mental health. Edição em Português, 2015.

LOPES, Gustavo Casimiro. O preconceito contra o deficiente ao longo da história. EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires, n. 173, 2013. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efd176/o-deficiente-ao-longo-da-historia.htm. Acessado em: 11 maio 2020.

MACHADO, Evelcy Monteiro; VERNICK, Maria da Glória Lima Pereira. Reflexões sobre a política de educação especial nacional e no estado do Paraná. Nuances: estudos sobre Educação, v. 24, n. 2, p. 49-67, 2013.

MAUERBERG-DECASTRO, Eliane et al. Attitudes about inclusion by educators and physical educators: Effects of participation in an inclusive adapted physical education program. Motriz: Revista de Educação Física, v. 19, n. 3, p. 649-661, 2013.

MAUERBERG-DECASTRO, Eliane; FIGUEIREDO, Gabriella Andreetta; CAMPBELL, Debra Frances. The reality of inclusion in physical education in the Brazilian school system. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 34, p. 11-28, 2020.

MENDES, Enicéia Gonçalves; TANNÚS-VALADÃO, Gabriela; MILANESI, Josiane Beltrame. Atendimento educacional especializado para estudante com deficiência intelectual: os diferentes discursos dos professores especializados sobre o que e como ensinar. Revista Linhas. Florianópolis, v. 17, n. 35, p. 45-67, set./dez. 2016. Disponível em: http://www.revistas.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723817352016045. Acessado em: 02 set. 2020.

MERCADO, Edna Aparecida. O significado e implicações da inserção de libras na matriz curricular do curso de pedagogia. Libras em estudo: Ensino-aprendizagem, p. 57, 2012.

MIQUELIN, Eric Carvalho et al. A educação física e seus benefícios para alunos do ensino fundamental. 2015.

MITTLER, Peter. Educação Inclusiva: Contextos Sociais. Porto Alegre: Artmed, 2003.

NACIF, Marcella Fernandes Patticié. et al. Educação Física Escolar: percepções do aluno com deficiência. Revista Brasileira Educação Especial, Marília, n. 1, p. 111-124, jan./mar. 2016.

ONU. Assembleia Geral das Nações Unidas. Declaração Universal dos Direitos Humanos, 1948. Disponível em: nacoesunidas.org › uploads › 2018/10 › DUDH. Acessado em: 20 abril 2020.

QI, Jing; HA, Amy S. Inclusion in physical education: A review of literature. International Journal of Disability, Development and Education, v. 59, n. 3, p. 257-281, 2012.

SILVA NETO, Antenor de Oliveira Silva. et al. Educação inclusiva: uma escola para todos. Revista Educação Especial, Santa Maria, n. 60, p. 81-92, jan./mar. 2018.

SILVEIRA, Kelly Ambrosio; ENUMO, Sônia Regina Fiorim; ROSA, Edinete Maria. Concepções de professores sobre inclusão escolar e interações em ambiente inclusivo: uma revisão da literatura. Revista Brasileira de Educação Especial, v. 18, n. 4, p. 695-708, 2012.

SIQUEIRA, Maria das Graças Soares; AGUILLERA, Fernanda. Modelos e diretrizes para uma educação inclusiva: revisão de literatura. Revista Educação Especial, v. 28, n. 52, p. 281-294, 2015.

UNESCO. Declaração Mundial sobre Educação Para Todos. Plano de ação para satisfazer as necessidades básicas educacionais. Jomtiem/Tailândia: UNESCO, 1990. Disponível em: https://www.unicef.org/brazil/declaracao-mundial-sobre-educacao-para-todos-conferencia-de-jomtien-1990. Acessado em: 20 abril 2020.

UNESCO. Declaração de Salamanca: sobre princípios, políticas e práticas na área de necessidades educativas especiais. Espanha, 1994. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdf. Acessado em: 20 abril 2020.

YANAGA, Thais Watakabe; COIMBRA, Renata Maria. A influência das ações de inclusão nos processos de resiliência de alunos da Educação Especial. Revista Educação Especial, Santa Maria, abril/jun. 2019.

Downloads

Publicado

2021-09-28

Como Citar

Wolski, B., Vargas, P. P. I., & Lopes, P. B. (2021). O processo de inclusão de alunos com deficiência nas aulas de Educação Física sob a perspectiva de professores do Município de Araucária/PR. Revista Educação Especial, 34, e47/1–28. https://doi.org/10.5902/1984686X64538