Educação de surdos e deficientes auditivos: uma análise dos indicadores sociais

Raquel Elizabeth Saes Quiles

Resumo


Este trabalho apresenta de forma diagnóstica um panorama da educação de surdos e deficientes auditivos no Brasil, região Centro-Oeste e estado de Mato Grosso do Sul no período de 2007 a 2010. Seu objetivo principal se centrou no mapeamento das matrículas e modalidades de atendimento em que estão inseridos esses alunos. Para tanto, a fonte de dados do estudo foram os microdados do Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos Anísio Teixeira (INEP), divulgados nos censos escolares. Buscou-se analisar os dados considerando as propostas educacionais evidenciadas nas políticas públicas em Educação Especial em discussão no período do estudo, aprofundando, portanto, questionamentos relacionados à educação inclusiva. Os resultados encontrados demonstram que houve um crescimento no número de matrículas tanto de surdos quanto de deficientes auditivos nas três esferas – nacional, regional e estadual – e que a grande maioria desses alunos encontram-se matriculados no ensino regular, evidenciando um enfraquecimento da modalidade de educação especial durante os últimos anos. Conclui-se que o aumento de matrículas no ensino regular provavelmente responde à imposição das políticas educacionais brasileiras no período do estudo, que orientam à inserção de todos os alunos nessa modalidade de ensino. Porém, questiona-se as condições de inclusão dos alunos surdos e deficientes auditivos e, ainda, se esta seria a melhor opção de ensino especialmente para os surdos, que têm lutado por uma escola bilíngue, que respeite suas singularidades linguísticas, o que não necessariamente significa a escola inclusiva pensada nos moldes do atual governo brasileiro.


Palavras-chave


Deafness; Hearing disability; Social indicators; Inclusive education.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/1984686X4834

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação Especial agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

__________________________________________________