Formação ativa e expressiva de professores: “bagunçando o coreto” para estimular a inclusão!

Luzia Mara Silva Lima-Rodrigues

Resumo


O professor pode ter tecnologia à sua disposição, dispor as cadeiras em círculos ou conhecer várias ferramentas de intervenção, mas sem um profundo desenvolvimento pessoal ligado à Inclusão, as suas ações tenderão a estar distantes de uma Educação equitativa, de qualidade e para todos. Este artigo analisa o curso de formação contínua “Pedagogias Expressivas em Educação Inclusiva”, realizado em 10 edições, em Portugal, nos últimos 3 anos. O curso foi delineado com duas intenções: estimular os formandos a utilizar as Pedagogias Expressivas nas suas práticas educativas e utilizar as Pedagogias Expressivas para dar aos participantes uma formação pessoal, com impacto nas suas práticas educativas em favor da Inclusão. A análise dos relatórios apresentados pelos formandos dividiu-se em três categorias: as reflexões sobre o reconhecimento de si, as reflexões sobre o reconhecimento do e a interação com o outro, e as reflexões sobre a prática profissional. Desta análise resulta, sobretudo, que os formandos julgam ser fundamental “olhar para dentro de si” para integrar melhor o desenvolvimento pessoal com o profissional; em segundo lugar, assumem que a inversão de papeis com os diversos intervenientes do processo educativo permite um melhor conhecimento dos mesmos e leva a uma maior empatia, sendo esta fundamental para uma prática profissional mais inclusiva; e, por fim, os formandos identificam que o forte impacto da formação no seu desempenho profissional está no facto de o curso utilizar uma metodologia que aguça a reflexão sobre dimensão pessoal de cada um, tornando-a numa formação que, de certa forma, “incita a Inclusão”.


Palavras-chave


Pedagogias Expressivas; Formação de professores; Educação Inclusiva.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/1984686X28428

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação Especial agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

__________________________________________________