Fisiologia, sanidade e controle de fitopatógenos em sementes florestais da Reserva Extrativista Quilombo do Frechal em Mirinzal - MA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/1980509864510

Palavras-chave:

Controle biológico, Bacillus methylotrophicus, Azadirachta indica

Resumo

O objetivo deste trabalho foi traçar o perfil fisiológico, sanitário e o controle de fitopatógenos em quatro espécies de sementes florestais. Antes dos testes, as sementes de juçara (Euterpe oleracea Mart.), jenipapo (Genipa americana L.), urucum (Bixa orellana L.) e cuia (Crescentia cujete L.) foram desinfestadas com álcool 70%, hipoclorito de sódio a 5% e água destilada.  Os testes de germinação, emergência e sanidade foram realizados conforme a RAS. No manejo alternativo, foram testados o isolado de Bacillus methylotrophicus e o óleo de nim, sendo realizado por meio de dois experimentos independentes em delineamento inteiramente casualizado (DIC), com quatro tratamentos e oito repetições. O experimento “um” foi realizado através da microbiolização das sementes com B. methylotrophicus e, no experimento “dois”, as sementes foram pulverizadas com óleo de nim a 15% com auxílio de pulverizador manual. As sementes de juçara, jenipapo, urucum e cuia obtiveram 9,0; 67,00; 17,50 e 63,5% de germinação; 0,5; 7,00; 0,5 e 63;5% de emergência; 22,81; 12,15; 15,66 e 8,73% de teor de água, respectivamente. Os fungos fitopatogênicos de maior incidência foram Penicillium sp., Aspergillus sp., Fusarium sp., nas sementes florestais de cuia, jenipapo, juçara e urucum, respectivamente. As sementes tratadas com óleo de nim e as microbiolizadas com B. methylotrophicus obtiveram controle significativo para Aspergillus sp.; Penicillium sp., em sementes de jenipapo; Lasiodiplodia sp. e Fusarium sp. em sementes de urucum. Portanto, o uso de B. methylotrophicus e óleo de nim pode ser considerado alternativa viável na redução de patógenos de sementes florestais.      

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wildinson Carvalho do Rosário, Universidade Estadual do Maranhão, São Luís, MA

Engenheiro Agrônomo, Me., Laboratório de Fitopatologia, Núcleo de Biotecnologia Agronômica, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Estadual do Maranhão, Cidade Universitária Paulo VI, Av. Lourenço Vieira da Silva, 1000, Jardim São Cristóvão, CEP 65055-310, São Luís (MA), Brasil.

Antônia Alice Costa Rodrigues, Universidade Estadual do Maranhão, São Luís, MA

Engenheira Agrônoma, Dra., Professora do Programa de Pós-graduação em Agroecologia, Departamento de Fitotecnia e Fitossanidade, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Estadual do Maranhão, Cidade Universitária Paulo VI, Av. Lourenço Vieira da Silva, 1000, Jardim São Cristóvão, CEP 65055-310, São Luís (MA), Brasil.

Anna Christina Sanazário de Oliveira, Universidade Estadual do Maranhão, São Luís, MA

Engenheira Agrônoma, Dra., Pesquisadora, Laboratório de Fitopatologia, Núcleo de Biotecnologia Agronômica, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Estadual do Maranhão, Cidade Universitária Paulo VI, Av. Lourenço Vieira da Silva, 1000, Jardim São Cristóvão, CEP 65055-310, São Luís (MA), Brasil.

Claudio Belmino Maia, Universidade Estadual do Maranhão, São Luís, MA

Engenheiro Agrônomo, Dr., Professor do Departamento de Fitotecnia e Fitossanidade, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Estadual do Maranhão, Cidade Universitária Paulo VI, Av. Lourenço Vieira da Silva, 1000, Jardim São Cristóvão, CEP 65055-310, São Luís (MA), Brasil.

Bruno Rafael Marques, Universidade Federal do Maranhão, Pinheiro, MA

Graduando, Engenharia de Pesca, Pesquisador do Laboratório de Alimento Vivo e Aquicultura da Baixada Maranhense, Centro de Ciências Humanas, Naturais, Saúde e Tecnologia, Universidade Federal do Maranhão, Estrada Pinheiro/Pacas, Km 10, s/n, CEP 65200-000, Pinheiro (MA), Brasil.

Referências

ARAUJO, M. K. C. et al. Caracterização física das sementes de urucum (Bixa orellana L.), visando processos de pós-colheita. Energia na Agricultura, Botucatu, v. 34, n. 4, p. 592-600, 2019.

ARRUDA, S. A. et al. Physiological potential of jenipapo seeds stored in different packages. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 34, n. 2, p. 287-295, 2018.

AZEVEDO, C. F. et al. Germinação de sementes de cabaça em diferentes substratos e temperaturas. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, v. 5, n. 3, p. 354-357, 2010.

BEZERRA, G. A. et al. Uso de Bacillus spp. no controle de fitopatógenos em sementes de soja variedade BRS Valiosa RR. Revista Agroecossistemas, [s. l.], v. 5, n. 1, p. 68-73, 2013.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instruções para análise de sementes de espécies florestais. Brasília, DF: Mapa; ACS, 2013. 98 p.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília, DF: Mapa; ACS, 2009. 398 p.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Bioma Amazônia. Brasília, 2019. Disponível em: 461 https://www.mma.gov.br/biomas/amazônia. Acesso em: 30 set. 2020.

COSTA, C. K. et al. Identificação de δ tocotrienol e de ácidos graxos no óleo fixo de urucum (Bixa orellana Linné). Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Campinas, v. 12, n. 4, p. 508-512, 2013.

DOGNINI, A. C. Interferências das aplicações de Trichoderma spp. e Bacillus spp. na qualidade das sementes de cenoura. 2017. Dissertação (Mestrado) - Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2017.

DORNELAS, C. S. M. et al. Desenvolvimento na maturação de frutos e sementes de Urucum (Bixa orellana L.). Scientia Plena, [s. l.], v. 11, n. 1, 2015.

DOURADO, G. F. et al. Alternative seed treatment methods for plant pathogen control in sweet pepper crops. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, v. 15, n. 3, p. 101-110, 2020.

GANGULY, S. et al. Screening of Azadirachta indica seed oil against sap-stain and mould fungi in imported Tectona grandis and southern yellow pine wood through fumigation. Journal of Tropical Forest Science, [s. l.], v. 32, n. 2, p. 114-124, 2020.

MACIEL, C. G. et al. Trichoderma spp. no biocontrole de Cylindrocladium candelabrum em mudas de Eucalyptus saligna. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 36, n. 5, p. 825-832, 2012.

MELO JUNIOR, L. M. et al. Germinação de sementes e crescimento inicial de urucum (Bixa orellana L.) sob diferentes substratos submetidos a estresse salino. Revista Ambientale, Arapiraca, v. 11, n. 1, p. 56-69, 2019.

NASCIMENTO, W. M. O.; CÍCERO, S. M.; NOVEMBRE, A. D. L. C. Conservação de sementes de açaí (Euterpe oleracea Mart.). Revista Brasileira de Sementes, São Paulo, v. 32, n. 1, p. 24-33, 2010.

NASCIMENTO, I. O. et al. Effects of silicon and seed microbiolization with Bacillus methylotrophicus against leaf spot (Curvularia lunata) in rice. International Journal of Research - Granthaalayah, [s. l.], v. 8, n. 1, p. 203-212, 2020.

OBAYOMI, M. O.; SULEIMAN, B.; BASHIR, A. Y. Proximate and anti-nutrient composition of Afzelia africana and Crescentia cujete seeds. Ife Journal of Agriculture, [s. l.], v. 31, n. 2, p. 72-79, 2019.

OLIVEIRA, O. S. Tecnologia de sementes florestais: espécies nativas. Curitiba: Ed. UFPR, 2012. 404 p.

PARISI, J. J. D. et al. Patologia de sementes florestais: danos, detecção e controle, uma revisão. Summa Phytopathologica, Botucatu, v. 45, n. 2, p. 129-133, 2019.

PICOLOTTO, D. R. N. et al. Germinação de sementes de urucum em função de métodos de superação de dormência e temperaturas. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 43, n. 3, p. 232-238, 2013.

PRESTES, I. D. et al. Principais fungos e micotoxinas em grãos de milho e suas consequências. Scientia Agropecuaria, [s. l.], v. 10, n. 4, p. 559-570, 2019.

RAWAT, K. et al. Effectiveness of Neem (Azadirachta indica A. Juss) Oil against Decay Fungi. Science and Technology Journal, [s. l.], v. 5, n. 1, p. 48-51, 2017.

SÁ, M. N. F. et al. Microbiolização na qualidade de sementes e crescimento inicial de plantas de Vigna unguiculata L. Walp. Acta Brasiliensis, Patos, v. 3, n. 3, p. 111-115, 2019.

SALLA, F.; JOSÉ, A. C.; FARIA, J. M. R. Análise Ecofisiológica da Genipa americana L. Em banco de sementes induzido. Cerne, Lavras, v. 22, n. 1, p. 93-100, 2016.

SANTOS, A. F.; REGO, S. S. Hospedeiros, métodos de detecção e fungos encontrados em sementes florestais. In: SANTOS, A. F.; PARISI, J. J. D.; MENTEN, J. O. M. Patologia de Sementes Florestais. [s. l.]: Embrapa Florestas, 2011. p. 115-188.

SANTOS, M. D. et al. Eficiência do óleo de nim e do extrato pironim sobre o ácaro vermelho do tomateiro Tetranychus evansi Baker e Pritchard (acari: tetranychidae). Revista Ciência Agrícola, Rio Largo, v. 15, n. 2, p. 53-59, 2017.

SILVA, G. C.; SANTOS, C. C.; GOMES, D. P. Incidência de fungos e germinação de sementes de feijão-caupi (Vigna unguiculata L.(Walp) tratadas com óleo de nim (Azadirachta indica A. Juss). Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Botucatu, v. 16, n. 4, p. 850-855, 2014.

SILVA, M. S. B. S. et al. Redução de fitopatógenos de sementes de arroz através do tratamento com extratos vegetais e óleo de nim. Cadernos de Agroecologia, [s. l.], v. 6, n. 2, p. 1-4, 2011.

SOUSA, F. H. M. et al. Umedecimento do substrato, temperatura na germinação e vigor de sementes de Bixa orellana L. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, [s. l.], v. 10, n. 2, p. 31, 2015.

SOUZA, P. A. et al. Efeito da reidratação na germinação de sementes de açaí (Euterpe oleraceae Mart.). Revista de Ciencias Agroveterinárias, Lages, v. 17, n. 2, p. 286-291, 2018.

VALVERDE-RODRÍGUEZ, K.; MORALES, C. O.; GARCÍA, E. G. Germinación de semillas de Crescentia alata (Bignoniaceae) en distintas condiciones de temperatura, luminosidad y almacenamiento. Revista de Biología Tropical, [s. l.], v. 67, n. 2, p. 120-131, 2019.

VECHIATO, M. H.; PARISI, J. J. D. Importância da qualidade sanitária de sementes de florestais na produção de mudas. Biológico, São Paulo, v. 75, n. 1, p. 27-32, 2013.

Downloads

Publicado

24-06-2022

Como Citar

Rosário, W. C. do, Rodrigues, A. A. C., Oliveira, A. C. S. de, Maia, C. B., & Marques, B. R. (2022). Fisiologia, sanidade e controle de fitopatógenos em sementes florestais da Reserva Extrativista Quilombo do Frechal em Mirinzal - MA. Ciência Florestal, 32(2), 959–978. https://doi.org/10.5902/1980509864510

Edição

Seção

Artigos