Retenção de água em substratos com hidrogel: influência das características do material e nível de adubação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/1980509843240

Palavras-chave:

Hidrorretentor, Condutividade elétrica, Fertilização

Resumo

Considerando-se que os substratos apresentam constituições físico-químicas diversas e que a liberação de íons do substrato, ou a adição de fertilizantes, eleva a condutividade elétrica da solução, este trabalho teve como objetivo avaliar a retenção de água em substratos com hidrogel com presença e ausência de adubação. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4 x 3 x 2, com quatro repetições. Os fatores constituíram de quatro tipos de substratos (casca de pinus compostada, pó-de-coco (fibra do mesocarpo triturada), turfa de Sphagnum e substrato comercial (à base de turfa de Sphagnum, vermiculita expandida, casca de arroz torrefada, calcário dolomítico e gesso agrícola), três formas de aplicação do produto hidrogel (sem aplicação, com aplicação sem pré-hidratação e com aplicação após hidratação) e duas formas de aplicação de fertilização de base (na presença e ausência). O hidrogel utilizado foi um copolímero de poliacrilato de potássio (K2S2O8). Os resultados apontam que a adição de hidrogel promove melhorias na capacidade de retenção de água dos substratos, contudo, é influenciada pela sua composição e pela presença de fertilizantes químicos. Quanto maior a Condutividade Elétrica (CE) do substrato, menor é o potencial de hidratação do hidrogel. A forma de aplicação do hidrogel, se seco ou pré-hidratado, não influencia a capacidade de retenção de água pelos substratos. O hidrogel aplicado no substrato, uma vez desidratado, mantém sua capacidade de reidratação.

Biografia do Autor

Orlando Sílvio Caires Neves, Universidade Federal da Bahia, Vitória da Conquista, BA

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2001), mestrado em Ciência do Solo pela Universidade Federal de Lavras (2003) e doutorado em Ciência do Solo pela Universidade Federal de Lavras (2005). Atualmente é professor Associado III da Universidade Federal da Bahia. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Nutrição Mineral de Plantas e Fertilidade do Solo. Pós-Doutor pela UFRGS.

Eduarda Demari Avrella, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS

Engenheira Florestal, Ma., Doutoranda em Fitotecnia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Av. Bento Gonçalves, 7712, CEP 91540-000, Porto Alegre (RS), Brasil.

Luciana Pinto Paim, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS

Engenheira Agrônoma, Ma., Doutoranda em Fitotecnia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Av. Bento Gonçalves, 7712, CEP 91540-000, Porto Alegre (RS), Brasil.

Claudimar Sidnei Fior, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS

Engenheiro Agrônomo, Dr., Professor Associado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Av. Bento Gonçalves, 7712, CEP 91540-000, Porto Alegre (RS), Brasil.

Referências

BERNARDI, M. R. et al. Crescimento de mudas de Corymbia citriodora em função do uso de hidrogel e adubação. Cerne, Lavras, v. 18, n. 1, p. 67-74, 2012.

BORTOLIN, A. et al. Investigação do processo de absorção de água de hidrogéis de polissacarídeo: efeito da carga iônica, presença de sais, concentrações de monômero e polissacarídeo. Polímeros, São Carlos, v. 22, n. 4, p. 311-317, ago. 2012.

BORTOLIN, A. et al. Macro- and Micronutrient Simultaneous Slow Release from Highly Swellable Nanocomposite Hydrogels. Journal Agricultural Food Chemistry, [s. l.], v. 64, n. 16, p. 3133-3140, 2016.

BOWMAN, D. C. et al. Fertilizer salts reduce hydration of polyacrylamide gels and affect physical properties of gel-amended container media. Journal of the American Society for Horticultural Science, Alexandria, v. 115, n. 3, p. 382-386, 1990.

CAVINS, T. J. et al. Monitoring and managing pH and EC using the PourThru extraction method. Horticulture Information Leaflet, [s. l.], v. 7, p. 1-17, 2000.

DE BOODT, M.; VERDONCK, O. The physical properties of the substrates in horticulture. Acta Horticulturae, Wageningen, n. 26, p. 37-44, 1972.

FERREIRA, D. F. Programa computacional Sisvar-UFLA, versão 5.7. [S. l.: s. n.], 2018.

GERVÁSIO, E. S.; FRIZZONE, J. A. Caracterização físico-hídrica de um condicionador de solo e seus efeitos quando misturado a um substrato orgânico. Irriga, Botucatu, v. 9, n. 2, p. 94-105, maio/ago. 2004.

HOFFMANN, G. Verbindliche methoden zur untersuchungvom TKS und gartnerischen erden. Mitteilungen der VSLUFA, Heft, v. 6, p. 129-156, 1970.

MARQUES, P. A. A; CRIPA, M. A. M.; MARTIZEZ, E. H. Hidrogel como substituto da irrigação complementar em viveiro telado de mudas de cafeeiro. Ciência Rural, Santa Maria, v. 43, n. 1, p. 1-7, jan. 2013.

MOTA, P. R. D. et al. Condutividade elétrica da solução nutritiva e acúmulo de macro e micronutrientes no cultivo de crisântemo. Bragantia, Campinas, v. 72. n. 1, p. 81-89, 2013.

MOREIRA, R. A. et al. Efeito de doses de polímero hidroabsorvente no enraizamento de estacas de amoreira. Revista Agrarian, [s. l.], v. 3, n. 8, p. 133-139, 2010.

NAVROSKI, M. C. et al. Influência do hidrogel no crescimento e no teor de nutrientes das mudas de Eucalyptus dunnii. Floresta, Curitiba, v. 45, p. 315-328, 2015.

NAVROSKI, M. C. et al. Influência do polímero hidroretentor nas características do substrato comercial para produção de mudas florestais. Interciência, Caracas, v. 41, n. 5, p. 357-361, 2016a. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=33945552012. Acesso em: 05 fev. 2021.

NAVROSKI M. C. et al. Redução da adubação e melhoria das características do substrato com o uso do hidrogel na produção de mudas de Eucalyptus dunnii maiden. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 26, n. 4, p. 1155-1165, out./dez. 2016b. DOI: 10.5902/1980509825106

NEVES, O. S. C. et al. Influence of nitrates, phosphate, sulfate and salts of Ca, Mg and K, on hydrogel hydrtation capacity. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 44, e4408, 2020. DOI: 10.159/1806-908820200000008

PENNINGSFELD, F. Plant substrates for horticulture with special regard to Germany: a critical review. Plant and Soil, The Hague, v. 75, n. 3, p. 269-281, 1983.

PREVEDELLO, C. L.; BALENA, S. P. Efeitos de polímeros hidrorretentores nas propriedades físico-hídricas de dois meios porosos. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 24, n. 2, p. 251-258, 2000.

PREVEDELLO, C. L.; LOYOLA, J. M. T. Efeito de polímeros hidroretentores na infiltração da água no solo. Scientia Agraria, Curitiba, v. 8, n. 3, p. 313-317, 2007.

SAAD, J. C. C.; LOPES, J. L. W.; SANTOS, T. A. Manejo hídrico em viveiro e uso de hidrogel na sobrevivência pós-plantio de Eucalyptus urograndis em dois solos diferentes. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 29, n. 3, p. 404-411, jul./set. 2009.

SCHMITT, O. J. et al. P. Produção de estolhos de cultivares de morangueiro em função da condutividade elétrica da solução nutritiva. Horticultura Brasileira, Vitoria da Conquista, v. 34, n. 2, p. 294-301, abr./jun. 2016.

TATAGIBA, S. D. et al. Disponibilidade hídrica e doses de polímero hidrorretentor na produção de mudas clonais de eucalipto. Revista Engenharia na Agricultura, Viçosa, MG, v. 27, n. 4, p. 359-369, 2019. DOI: https://doi.org/10.13083/reveng.v27i4.938.

VENCE, L. B. Disponibilidad de agua-aire en sustratos para plantas. Ciencia del Suelo, La Plata, v. 26, n. 2, p. 105-114, 2008.

Downloads

Publicado

17-11-2021

Como Citar

Neves, O. S. C., Avrella, E. D., Paim, L. P., & Fior, C. S. (2021). Retenção de água em substratos com hidrogel: influência das características do material e nível de adubação. Ciência Florestal, 31(4), 1751–1767. https://doi.org/10.5902/1980509843240

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)